Artigos

Concurso Secretaria do Tesouro Nacional – STN 2017 – Confira as últimas notícias

Confira as últimas notícias sobre o Concurso da Secretaria do Tesouro Nacional 2017 / 2018, um dos certames com pedido previsto para este ano.

Concurso Secretaria do Tesouro Nacional

Mais uma oportunidade de concurso federal para 2017! Está em análise, no Ministério da Fazenda, pedido de concurso para as carreiras de assistente técnico administrativo, técnico e auditor de finanças e controle da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

O grande incentivo para os servidores aprovados para o STN, além dos salários vantajosos, é a contratação em regime estatuário, que garante estabilidade. Confira detalhes sobre o concurso e histórico do órgão.

Sobre a Secretaria do Tesouro Nacional

Órgão da administração pública direta, integra o organograma do Ministério da Fazenda. Criada em 1986, durante o Governo Sarney, a STN tem como funções tratar da administração financeira, da contabilidade federal, emissão e implementação de operações que envolvam os títulos da dívida pública do Brasil, recolhimento de impostos e contribuições para a Receita Federal, bem como de outros recursos que ingressem na Conta Única do Tesouro Nacional. Também em encarregada pelas Finanças do Brasil (Finbra), que é o relatório sobre despesas e receitas de cada município do Brasil.

Quadro atual

O Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon) afirma que, até o final deste ano, 147 colaboradores efetivos deverão pedir aposentadoria. Isso engrossa o déficit apresentado pelo quadro de servidores do órgão. Segundo o Unacon, para poder aliviar tal demanda, o ideal seria a contratação de, ao menos, 100 novos auditores e 500 técnicos. Vale lembrar que, para alguns cargos, não há provimento de vagas por concurso público por um bom tempo.

Cargos e remunerações

Caso seja aprovado, o concurso STN 2017/2018 deve ofertar vagas nas carreiras de técnico federal de finanças e controle (nível médio) e auditor federal de finanças e controle (nível superior). Atualmente, as remunerações dos servidores destas carreiras são de R$ 6.882,57 e R$ 17.391,64, respectivamente. No entanto, as mesmas passarão por reajustes escalonados nos próximos dois anos, podendo chegar a R$ 7.741,31 e R$ 19.655,06 em 2019.

Concurso Secretaria do Tesouro Nacional 2013

O Tesouro Nacional realizou seu último concurso em 2013, sob a organização da Escola de Administração Fazendária (Esaf). Foram ofertadas 240 vagas para a carreira de analista, com especialidade nas áreas de TI, Desenvolvimento Institucional, Contábil e Econômico-Financeira, exigindo formação em curso superior.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, envolvendo conhecimentos gerais e específicos. Maiores detalhes podem ser obtidos por meio do edital, disponível pelo link: https://goo.gl/C7szuA

Dicas para passar no Concurso da Secretaria do Tesouro Nacional

Como o concurso ainda não foi aprovado, não se pode afirmar qual será sua banca organizadora. Mas, a tirar pelo último, este foi organizado pela Esaf. Conhecer a banca organizadora é um dos pontos fundamentais para se sair bem nas provas, portanto, segue algumas dicas referentes a esta.


A banca é conhecida por sua confiabilidade, mostrando-se como organizadora séria, sem casos de fraudes em seus exames. Possui grau mais elevado de dificuldade, já que costuma cobrar provas mais complexas em matérias como língua portuguesa e exatas.

As questões são de múltipla escolha e exige pontuação mínima nas disciplinas para classificação do candidato. Como o grau de dificuldade das provas é alto, o ideal é que o candidato se prepare bem em todas as matérias pois, há casos em que o inscrito fez boa pontuação em uma disciplina mas, foi desclassificado por nota ruim em outra.

Suas provas de Português costumam ser mais estruturalistas, cobrando temas de cunho filosófico ou sociológico. São comuns questões do tipo “assinale a alternativa que não pode ser a conclusão do texto” ou “a alternativa que continua o texto”, além da cobrança de coerência, coesão e estrutura do parágrafo.


Cobra interpretação textual, bem como aplica questões híbridas, ou seja, envolvendo mais de conteúdo em cada alternativa. Em Direito, cobra jurisprudência e doutrina, utilizando autores como Di Pietro, Bandeira de Mello e José Afonso da Silva. Nas provas de Informática, a preferência é pela cobrança de Linux, Hadware, Redes, Internet e Segurança da Informação.

Dicas: saiba gerenciar seu tempo, já que as provas são mais elaboradas e complexas. Faça provas de concursos anteriores para direcionar seus estudos quanto aos temas mais frequentemente cobrados.

Concurso Secretaria do Tesouro Nacional 2018

O pedido de autorização para realizar um novo concurso público já se encontra sob análise do Ministério da Fazenda e tem até o dia 31 de maio para ser enviado ao Ministério do Planejamento. A expectativa é grande, a partir do momento em que o órgão apresenta alto déficit em seu quadro de servidores.

Caso o edital não seja divulgado ainda este ano as chances para um novo concurso da Secretaria do Tesouro Nacional em 2018 aumentam devido a necessidade de renovação do quadro de funcionários.

Comentários