Artigos

Concurso TRF 1º Região – Confira as últimas notícias

Órgão é responsável pela jurisdição de 14 estados brasileiros e tem concurso confirmado para este ano.

Concurso TRF

Quem deseja seguir carreira como servidor público em tribunais tem tido boas notícias neste ano! O número de certames confirmados e previstos é grande, acompanhando os atrativos salários e vantagens que os órgãos oferecem.

Se encaixam nesta estatística os Tribunais Regionais Federais. Separados por regiões, cada qual responsável pela jurisdição de determinado número de estados, os TRF’s têm proporcionado boas oportunidades. Um dos órgãos com certame confirmado para 2017 é o TRF 1ª Região.
Confira detalhes a seguir.

Sobre o TRF 1ª Região

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1) tem sede em Brasília e tem, sob sua jurisdição, os estados do Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Maranhão, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Piauí, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.

Compete aos Tribunais Regionais Federais, de acordo com a Seção IV, Art. 107 da CF de 1988, “julgar, em grau de recurso, as causas decididas pelos juízes federais e pelos juízes estaduais no exercício da competência federal da área de sua jurisdição; processar e julgar, originariamente, os juízes federais da área de sua jurisdição, as revisões criminais e as ações rescisórias de julgados seus ou dos juízes federais da região, os mandados de segurança e os “habeas-data” contra ato do próprio Tribunal ou de juiz federal, os “habeas-corpus”, quando a autoridade coatora for juiz federal, os conflitos de competência entre juízes federais vinculados ao Tribunal”.

Cargos e Remunerações do Concurso TRF 1ª Região

Está previsto o provimento de vagas nos cargos de técnico e analista judiciários exigindo, respectivamente, conclusão de ensino médio e superior.

Ao analista judiciário, cabe a execução de atividades de nível superior com o objetivo de fornecer suporte técnico e administrativo, favorecer o funcionamento e desenvolvimento da organização, possibilitar o cumprimento de ordens judiciai ou o acompanhamento da situação financeira e patrimonial do órgão.

Ao técnico, cabe a realização de ações em nível intermediário para fornecer auxílio técnico e administrativo, zelar pela segurança e garantir o processamento de dados. Como ambas as carreiras podem destinar-se a apoios especializados, a separação das atividades depende do posto específico escolhido.

Os servidores são contratados mediante regime estatuário, cumprindo carga horária semanal de 40h. Incluindo benefícios, os salários podem chegar a R$ 7.893,00 para técnico, R$ 11.921,00 para analista e R$ 14.000,00 para analista – oficial de justiça.

Concurso TRF 1 2011

O 5º Concurso Público para o TRF 1ª Região, contemplando técnicos e analistas administrativos e de apoio especializado, ocorreu em 2011, sob a organização da Fundação Carlos Chagas.

O certame promoveu a formação de cadastro de reserva nos cargos de Analista (especialidades Controladoria, Execução de Mandados, Administrativo e Judiciária) e Técnico (especialidades Operação de Computador, Administrativa e Segurança e Transporte).

Os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos (para todos os cargos), redação (para analista), prática de digitação (para técnico – administrativo), capacidade física (para técnico – segurança e transporte) e estudo de caso (para operação de computador).

O edital do certame está disponível para acesso através do link: https://goo.gl/lnSESZ

Concurso TRF 1 2014

Em 2014, o órgão realizou concurso para provimento de vagas em cargos especializados. Organizado pela Fundação Carlos Chagas, o certame ofertou quatro oportunidades para técnico – apoio especializado em Informática; nove vagas para analista, distribuídas entre as especialidades de Arquitetura, Medicina, Biblioteconomia e Engenharia Civil.

Os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos (para todos os cargos), redação (para analista) e estudo de caso (para técnico – especialidade informática).

O edital do certame está disponível para acesso através do link: https://goo.gl/1fRcjl

Dicas para passar no Concurso TRF 1ª Região

Um dos principais itens para se dar bem em um concurso é conhecer sua banca organizadora. Os últimos editais lançados pelo TRF 1ª Região foram organizados pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

A banca é conhecida por trabalhar conteúdos de maneira objetiva e direta, com questões de múltipla escolha. Todos os tópicos do edital costumam ser cobrados, levando o candidato à necessidade de estuda-lo bem.

Bastante atenção aos conteúdos de Legislação, Língua Portuguesa e Informática, nas quais são cobrados itens além de manuais, jurisprudências e aplicativos práticos. As provas desta banca são consideradas de nível médio a difícil.

Além do conhecimento da banca, é importante atentar-se ao peso das matérias constantes do conteúdo programático. Na parte dos conhecimentos específicos, todas as matérias são, normalmente, cobradas nas provas, carregando peso 3 em relação à pontuação, portanto, estude todo o conteúdo.

Uma parte que preocupa os candidatos são os critérios de desempate. No caso das provas do TRF, o primeiro critério é o fator idade (dando preferência aos maiores de 60 anos), seguido da maior nota na prova objetiva de conhecimentos específicos. Ou seja, mais um motivo para estudar bem todas as matérias.

Concurso TRF – 1ª Região 2018

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1) deve promover concurso público para provimento de vagas ainda em 2017. Uma comissão interna, cuja constituição consta na Portaria Diges n.126, trabalha no planejamento do edital, cuja expectativa é de divulgação para este ano.

Com orçamento previsto e aprovado em Lei Orçamentária Anual, o certame objetiva preencher postos nos cargos de analista e técnico judiciários, exigindo formação em níveis superior e médio, respectivamente. Os salários iniciais para os cargos variam de R$ 7.893,00 para técnico e R$ 11.921,00 para analista, incluindo auxílios. Há, também, a possibilidade de oportunidades para juiz federal substituto.

Caso o edital não seja divulgado ainda este ano as chances para um novo concurso do TRF 1º Região em 2018 aumentam devido a necessidade de renovação do quadro de funcionários.

Comentários