Concurso PRF prevê autorização de 4 mil vagas; Salário inicial é de R$ 10.357,88

Segundo o presidente da FenaPRF, a expectativa é de que haja certames anuais até 2022.

Atenção concurseiros! Novidades para o novo concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF 2020). Ainda em pauta no Ministério da Economia, responsável pela autorização do certame, a estimativa no número de vagas tem previsão otimista: 4.435.

Da disponibilidade total, 4.360 serão para o cargo de policial rodoviário federal (nível superior) e 75 para o preenchimento das vagas de agente administrativo (nível médio). Segundo Deolindo Carniel, presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), a expectativa é de que haja novos certames para o órgão anualmente até 2022.

Se adotado esse modelo de seleção, o número total de vagas a serem liberadas pode acabar sendo dividido em vários editais. O diretor-geral da corporação, Adriano Furtado, afirma que o objetivo é ter o quadro de servidores completo até o fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro, com um total de 13.098 policiais rodoviários em atuação.

Edital PRF-2020

Se autorizada parte das vagas para o certame ainda este ano, os interessados em fazer parte da instituição devem se atentar aos requisitos cobrados por cada cargo. Por exemplo, ingressos na carreira de policial rodoviário federal, além de curso superior em qualquer área, precisam dispor de carteira de motorista acima da categoria B.

De acordo com o último edital do concurso PRF, de 2018, a remuneração inicial do cargo é de R$ 10.357,88, já incluso o auxílio-alimentação (R$ 458). Do outro lado, quem pleitear uma das vagas para agente administrativo pode receber inicialmente R$ 4.022,77; ambas as funções contam com jornada de 40 horas semanais.

Provas PRF-2020

Organizado pela Cebraspe, o último concurso da instituição ofertou 500 vagas e contou com aplicação de provas objetivas, dissertativas, exames de saúde, exames de capacidade física, avaliação psicológica, curso de formação, entre outros.

Confira o que foi exigido para a parte objetiva dos exames:

Prova Objetiva – Policial Rodoviário Federal (edital 2018):

  • Língua portuguesa;
  • Informática;
  • Raciocínio lógico-matemático;
  • Noções de física;
  • Ética no serviço público;
  • Geopolítica brasileira;
  • Legislação de trânsito;
  • Noções de direito administrativo;
  • Noções de direito penal e processual;
  • Direitos humanos e cidadania;
  • Legislação especial.

Prova objetiva  – Agente Administrativo (edital 2014):

  • Língua portuguesa;
  • Raciocínio lógico;
  • Ética e conduta pública;
  • Direito Administrativo;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de arquivologia;
  • Noções de administração;
  • Informática;
  • Legislação relativa à PRF.

Para mais informações, confira o Edital do concurso PRF 2018.

Leia ainda: Concursos nacionais 2020 têm 3.499 vagas abertas! Até R$ 13.711,95!

Voltar ao topo

Deixe um comentário