Empréstimo de até R$ 21 mil para MEI da Caixa. Saiba como solicitar!

Objetivo é ajudar donos de pequenos negócios, formais ou informais, a investir no negócio e gerar o crescimento da empresa.

Microempreendedores individuais (MEIs) podem solicitar junto à Caixa uma linha de crédito especial. Trata-se do Microcrédito Produtivo Orientado Caixa. O objetivo é ajudar donos de pequenos negócios, formais ou informais, a investir em equipamentos, mercadorias, materiais, proporcionando o crescimento da empresa. 

A linha de crédito oferece valores a partir de R$ 300,00 e, após renovações, pode atingir a marca de R$ 21 mil. Além disso, ainda é possível parcelar a dívida em até 24 vezes, com taxas de juros a partir de 1,99% ao mês.

Condições de participação

Interessados em participar do programa de Microcrédito Produtivo Orientado da Caixa devem atender os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ser empreendedor ou proprietário de uma empresa na qual o faturamento anual seja de até R$ 20 mil;
  • Ser correntista Caixa, nas modalidades de conta corrente, poupança ou conta Caixa Fácil;
  • Não ter nome ou CPF restritos em órgãos de proteção ao crédito, como SPC, Serasa, CADIN e SINAD;
  • Ter recebido orientação negocial ou financeira;
  • Ser aprovado na análise de crédito e capacidade de pagamento das parcelas.

Atenção! A Caixa informa que o uso do dinheiro deverá ser de exclusividade em aplicações no negócio ou empresa, sendo proibida a sua utilização para outros fins.

Leia também: Liberada conta na Caixa para quem tem renda a partir de R$ 50

Vantagens e como contratar

Quem é microempreendedor e se enquadra nos critérios de participação pode usufruir de todas as vantagens oferecidas pelo serviço. A começar pela taxa de juros: 1,99% ao mês. Além disso, não incide sobre a contratação a cobrança de IOF (alíquota de 0%). Apenas a Tarifa de Abertura de Crédito (TAC) cobrada, nesse caso, 3%.

Para a contratação, o interessado deve realizar um cadastro no Portal do Empreendedor, informando a atividade exercida na lista de ocupações e formalizar a empresa. Em seguida, basta o solicitante se dirigir a uma agência Caixa com os seguintes documentos em mãos:

  • Documentos pessoais do MEI (RG e CPF);
  • Comprovante de endereço residencial do MEI;
  • Certificado de Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI) e/ou Certidão Simplificada da Junta Comercial.

Para finalizar o pedido, é necessário preencher a Ficha de Cadastro de MEI. Caso tenha a solicitação aprovada, o crédito será depositado automaticamente na conta do proprietário. Outra forma de contratar o serviço é pelo canal digital Caixa Sim ou pelo telefone 0800 726 0101. 

Leia ainda: Banco do Brasil oferece opção de empréstimo para negativados durante crise do coronavírus

Voltar ao topo

Deixe um comentário