Concurso Caixa 2019: Notícias, previsões e concursos anteriores

Acompanhe as notícias e previsões para este ano. Veja também tudo que você precisa saber para se preparar para este concurso.

A Caixa Econômica Federal (CEF), ou simplesmente Caixa, é uma instituição financeira pública fundada em 1861. A admissão de seus funcionários, salvo algumas exceções, são feitas mediante a realização de concursos públicos.

O concurso da Caixa, ocupa, atualmente, o posto de mais concorrido da história do Brasil. Em 2014, quando foram ofertadas nove vagas imediatas, além de cadastro de reserva, o registro foi de 1.176.614 inscritos.

Desde a publicação deste edital, que foi o último lançado pelo banco, muitos percalços surgiram no caminho dos aprovados. Veio a crise financeira e política, além de um longo período de recessão no país.

Comece a estudar: Apostila Apostila CAIXA – Técnico Bancário e Curso Online Caixa Econômica Federal – Técnico Bancário

Isso refletiu diretamente na realização de concursos públicos federais. Durante algum tempo, além de não abrir novas vagas, os órgão deixaram de convocar candidatos remanescentes de suas seleções, como é o caso da CEF.

Ao que tudo indica, 2018 foi um no providencial no sentido de recuperação, que começou a dar os primeiros sinais ainda em 2017. No sentido dos concursos públicos federais, houve uma retomada significativa, e novas oportunidades surgiram no decorrer do ano.

Concurso Caixa 2019

Sem novidades no que se refere a concursos públicos há mais de quatro anos, são grandes as expectativas para o concurso Caixa 2019. Mas ao que tudo indica, os interessados em participar da seleção terão que esperar por mais algum tempo.

Isso porque a publicação de um novo edital está diretamente ligada às convocações do concurso Caixa 2014. Todo o desenrolar da situação pode ser conferido abaixo.

Recentemente, a mudança de um  normativo interno dentro da CEF despertou receio e desconfiança em muita gente. Acontece que a mudança dava brecha para que novas contratações fossem feitas sem a necessidade de concurso público, ou seja funcionário terceirizados.

Na época, a Caixa Econômica anunciou de pronto que não havia nenhuma intenção de realizar esse tipo de contração. Segundo o ex-dirigente do banco, Gilberto Occhi, as mudanças se deram em função de adequação da legislação aprovada às regras da CEF.

Programa de demissão voluntária Caixa

Apesar de as expectativas serem as melhores, é preciso ressaltar que a Caixa Econômica passa por momentos delicados. Em fevereiro de 2017 foi aberta a primeira etapa de um Plano de Demissão Voluntária (PDV).

Na época, a instituição estabeleceu a meta de que ao menos 10 mil servidores aptos fizessem adesão ao programa. O objetivo, afinal de contas, era a economia de R$ 1,8 bilhão só em 2018. Porém, na primeira abertura, somente 4.429 empregados aderiram ao PDV. Por isso, em julho do mesmo ano, o programa foi reaberto.

Entre os meses de fevereiro e março de 2018 foi aberta a segunda etapa do programa. Dessa vez, com previsão desligamento de 2.964 funcionários e estimativa de economia anual de 500 milhões, a partir de dezembro de 2018.

Para realizar o acordo, o funcionário precisa cumprir uma série de requisitos relacionados a sua vida trabalhista. Cabe a ele decidir se entrará no PDV, e à Caixa aceitar a proposta de desligamento.

Outro ponto preocupante em relação ao futuro da estatal é o anúncio de fechamento de agências. Em março de 2017, o então presidente do banco, Gilberto Occhi, anunciou intervenção em até 120 agências deficitárias.

Entre os procedimentos de intervenção, foram cotados fechamento, fusão, encolhimento da estrutura, além de remanejamento para novos locais.

Concurso Caixa 2014

Publicado em 22 de janeiro de 2014, sob responsabilidade do Cebraspe/UnB, o edital do concurso da Caixa contou com oportunidades válidas para todo o país. O certame possibilitou a formação de cadastro de reserva de nível médio para a função de técnico bancário.

Houve também oferta de nove vagas imediatas em postos de nível superior. Foram contempladas as seguintes funções:

  • Engenheiro Agrônomo
  • Engenheiro Civil
  • Engenheiro Elétrico
  • Engenheiro Mecânico
  • Médico do Trabalho

A avaliação dos candidatos de nível intermediário foi realizada em duas etapas: provas objetivas e discursivas, e exames médicos admissionais. Os candidatos de nível superior, passaram além dessas, por prova de títulos.

As normativas do edital estabeleceram que os candidatos estiveram sujeitos a investigação social e/ou funcional durante toda a realização do certame, desde a inscrição até as eventuais admissões.

Houve locais de provas, teóricas e de títulos, em todas as capitais brasileiras, além do Distrito Federal. A aplicação das mesmas aconteceu no dia 30 de março daquele ano, e tiveram duração de 4h30 ou 5h, dependendo do cargo.

Como mencionado no início do artigo, a quantidade de inscritos foi um record no país. Dentre os 1.176.614 candidatos, 1.156.744 concorreram aos postos de técnico bancário. Por ser destinado somente a cadastro de reserva, não foi possível estabelecer a demanda por vaga.

Para as cinco áreas de nível superior, foram contabilizadas 19.870 solicitações. Este número resultou em uma concorrência média de 2.483,75 inscritos por vaga.

Outras informações podem ser conferidas nos editais:

Convocações concurso Caixa 2014

O edital de homologação do resultado final do concurso Caixa 2014 (cargo de técnico bancário) foi publicado no Diário Oficial do dia 17 de junho do mesmo ano. Inicialmente a validade da seleção seria de um ano, a partir desta data.

Porém, o edital previa a possibilidade de homologação por igual período. Assim, no Diário Oficial de 08 de maio de 2015, foi publicado o edital de prorrogação do prazo de validade do certame.

Nestes termos, a vigência foi estendida até o dia 16 de junho de 2016. Confira as respectivas publicações:

Porém, em janeiro de 2016, uma ação pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal e Tocantins (MPT – DF/TO) pediu a prorrogação do certame por tempo indeterminado para a função de técnico bancário.

A intenção é de que houvesse um tempo maior para o banco chamar os candidatos aprovados que aguardavam em cadastro de reserva. Cerca de 33 mil candidatos foram considerados aprovados, mas apenas 8% do total foi, de fato, convocado.

As últimas informações a respeito do assunto são de março de 2018. Na época, o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, publicou uma matéria em seu site informando a data do julgamento da Ação Civil Pública (ACP), impetrada pelo (MPT – DF/TO), sobre a não contratação dos aprovados no certame.

O julgamento seria no dia 21 de março, mas acabou adiado em função de um novo pedido de vistas feito pelo desembargador Mário Macedo Caron. Entretanto, o juiz Gilberto Augusto Leitão Martins votou pela manutenção da sentença da juíza Natália Queiroz Rodrigues, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília, que adiou a validade do concurso até o trânsito em julgado.

Além disso, a magistrada condenou a Caixa a apresentar, em até seis meses, um estudo sobre o quadro de servidores, para em seguida realizar a convocação pelo menos dois mil empregados. Tudo isso levando em consideração a cláusula 50 do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) de 2014.

Carreiras, atribuições e requisitos concurso Caixa

De acordo com o último edital publicado (nº 01/2014), a oferta de vagas de nível médio foi totalmente destinada a função de Técnico Bancário Novo. Confira quais são os requisitos e atribuições do cargo. Todas as informações estão de acordo com as disposições do edital.

  • Técnico bancário novo

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

Missão do cargo: atividade administrativa destinada a prestar atendimento aos clientes e ao público em geral, efetuando operações diversas, executando atividades bancárias e administrativas,
incluindo a comercialização de produtos e serviços, efetivação de cálculos e controles numéricos, inserção e consulta de dados em sistemas operacionais informatizados e auxílio em sua manutenção e em seu aperfeiçoamento, bem como realização de operações de caixa, quando habilitado, de forma a contribuir para a realização de negócios, possibilitando o alcance das metas, o bom desempenho da Unidade e a satisfação dos clientes internos e externos.

Atribuições: prestar atendimento e fornecer as informações solicitadas pelos clientes e público; efetuar todas as atividades administrativas necessárias ao bom andamento do trabalho na Unidade; operar microcomputador, terminais e outros equipamentos existentes na Unidade; instruir, relatar e acompanhar processos administrativos e operacionais de sua Unidade; efetuar cálculos diversos referentes às operações, programas e serviços da Caixa; elaborar e redigir correspondências internas e(ou) destinadas aos clientes e ao público; preparar o movimento diário;
manter atualizadas operações, programas e serviços implantados eletronicamente, dentre outras.

Comece a estudar: Apostila Apostila CAIXA – Técnico Bancário e Curso Online Caixa Econômica Federal – Técnico Bancário

Quanto ganha um funcionário da Caixa Econômica Federal?

Esta é uma pergunta muito frequente feita por quem pretende pleitear uma vaga em futuros certames. De acordo com o edital de 2014, para a função de técnico bancário novo, o vencimento ofertado era de R$ 2.025,00.

No mesmo ano, o banco publicou edital de nível superior para médico do trabalho e engenheiros (diversas áreas). Os salários foram de R$ 4.021,00 e R$ 8.041,00, respectivamente.

Além dos vencimentos básicos, os funcionários podem contar ainda com alguns benefícios, como:

  • Evolução salarial ao longo de sua trajetória profissional na Caixa
  • Participação nos lucros e nos resultados

Vale a pena continuar estudando para o concurso da Caixa?

Levando em conta todos os percalços do último do concurso da Caixa Econômica, muitos candidatos ainda se perguntam se vale a pena continuar estudando. Apesar de tudo, este é um dos certames mais tradicionais, e mais buscados, de todo o país.

Prova disso é o número record de inscritos registrado na última seleção.

Em 2019, com o início de um novo governo federal, todas as expectativas estão voltadas à retomada do crescimento da economia. Isso trará benefícios para toda a sociedade, inclusive na esfera dos concursos públicos.

Logo no início do ano os concurseiros podem aguardar pela divulgação da Lei Orçamentária aprovada para o ano. Nela, devem conter os certames previstos no orçamento para 2019. A ansiedade para que a situação do concurso de 2014 seja resolvida é grande.

Assim que seu desfecho se concretizar, é possível que novas oportunidades sejam publicadas. Então, mesmo que nenhum edital esteja à vista, manter o ritmo de estudos é fundamental para garantir boas colocações no concurso Caixa 2019.

O que estudar para o concurso da Caixa?

De acordo com o edital publicado em 2014, os candidatos foram avaliados mediante a realização das seguintes etapas:

Há muitas pessoas, que ainda sem a previsão de um novo edital, já começaram a se preparar para futuras oportunidades. Entre essas pessoas, uma pergunta frequente é “o que estudar para o concurso da Caixa”?

É difícil estabelecer uma resposta concreta para essa pergunta antes da abertura do próximo certame. Porém, uma das formas de começar a se preparar, é tomar como base o edital anterior. De acordo com ele, o conteúdo programático foi composto pelas seguintes matérias:

Conhecimentos básicos para todos os polos:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Raciocínio Lógico
  • Atualidades
  • Ética
  • Legislação Específica

Conhecimentos específicos para todos os polos (exceto para Tecnologia da Informação DF, RJ e SP)

  • Atendimento
  • Conhecimentos Bancários

Conhecimentos específicos para os polos de Tecnologia da Informação DF, RJ e SP

  • Tecnologia da Informação
  • Conhecimentos Bancários

Esses candidatos passaram ainda por prova discursiva, composta por redação, com o seguinte tema “Impactos positivos e negativos dos avanços tecnológicos na vida moderna”.

Já os candidatos aos postos de nível superior, foram avaliados pelas etapas abaixo.

Conhecimentos básicos (engenharia – todas as áreas): Língua Portuguesa, Noções de Informática, Matemática, Noções de Direito, Ética e Responsabilidade Social Empresarial.

Conhecimentos básicos (médico do trabalho):  Língua Portuguesa, Noções de Informática, Ética e Atualidades.

Todos os candidatos de nível superior passaram ainda por prova objetiva e discursiva a respeito de conteúdos específicos presentes no edital.

Histórico de concursos Caixa

Concurso Caixa – 2010

O antecessor do edital de 2014 também ofertou oportunidades para a carreira de técnico bancário novo, que exige como escolaridade nível médio completo. A banca organizadora também foi o Cebraspe, e na ocasião, foram disponibilizadas vagas pra diversos estados brasileiros, além do Distrito Federal.

O intuito do concurso Caixa 2010 foi apenas a formação de cadastro de reserva. Naquela época, a remuneração inicial era de R$ 1.452,00, com acréscimo de muitos benefícios. Os inscritos foram avaliados por meio de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório.

Edital Concurso Caixa nº 01/2010

Concurso Caixa – 2012

Sob execução da Fundação Cesgranrio, este edital ofertou oportunidades de nível superior, em cadastro de reserva, nas carreiras de Advogado, Arquiteto, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista e Engenheiro Mecânico.

Os vencimentos básicos iniciais ofertados foram de R$ 7.734,00.

Assim como em outros editais, a abrangência das vagas foi nacional, com locais de prova em diversas cidades.

De acordo com o edital, os concorrentes foram avaliados em quatro etapas:

  1. Provas objetivas
  2. Provas discursivas
  3. Avaliação de títulos
  4. Exames Admissionais

Edital Concurso Caixa nº 01/2012

Inscrições concurso Caixa 2019

Até o momento, não há nenhuma previsão de um novo edital. Entretanto, assim que este for autorizado, os candidatos precisar ficar atentos. Isso porque depois da publicação no Diário Oficial, o período de inscrições começa dentro de poucos dias.

A título de curiosidade, em 2014 as taxas de inscrição tiveram os seguintes valores:

  • Nível Médio: R$ 37,00
  • Nível Superior: R$ 74,00

Comece a estudar: Apostila Apostila CAIXA – Técnico Bancário e Curso Online Caixa Econômica Federal – Técnico Bancário

Concurso Caixa 2019: Notícias, previsões e concursos anteriores
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário