Concurso Correios 2018: Fique por dentro de todas as novidades

Fique por dentro de todas as novidades relacionadas ao concurso público 2018 dos Correios. Editais anteriores, conteúdo programático, inscrições e mais.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) é uma das instituições mais antigas do país. Sua história está entrelaçada com a narrativa do Brasil. Os correios possuem sede em Brasília – DF e regionais em todas as unidades federativas.

Em todo o território brasileiro são 12.914 unidades operacionais (atendimento, tratamento, distribuição e logística). Por ter regionais em todos os estados brasileiros o quantitativo de vagas para este certame é sempre alto.

Outro fator a ser levado em consideração, é que dentro do quantitativo de vagas, há sempre muitas vagas para nível de escolaridade médio. Atualmente, estas são as vagas mais procuradas pelos concurseiros do Brasil.

Apostilas preparatórias: Agente dos CorreiosComum aos Cargos de Nível Médio e Superior

O último grande concurso para as principais carreiras foi realizado há quase sete anos. Desde então, muitas pessoas estão se preparando para uma nova seleção da ECT. Bons salários, plano de carreiras, cargos e salários, benefícios e gratificações estão entre os atrativos das vagas dos Correios.

Se você pretende ingressar nas carreias da ECT, fique por dentro de todas as novidades e comece a se preparar o quanto antes. Confira abaixo as principais informações relacionadas ao concurso público dos Correios.

Concurso Correios 2018

Ainda não há nenhuma sinalização oficial de realização deste certame em 2018. Porém, muitas informações já foram divulgadas. Entre essas informações há muitos dados e declarações controversos, partindo de diferentes fontes.

De acordo com informações recebidas pela assessoria de comunicação do órgão, não há previsão de novos concursos este ano. Ainda segundo a mesma fonte, atualmente os Correios estão redimensionando sua força de trabalho, hoje com 106 mil empregados, para melhoria dos processos internos.

Trabalhadores do órgão reclamam de sobrecarga de trabalho e junto com órgãos representativos, como a Fentect – Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares, pedem a realização de novos concursos públicos para efetivos, em substituição aos trabalhadores terceirizados.

Segundo dados da Fentect, a defasagem no quadro permanente dos Correios chega a 20 mil funcionários. Por isso, o órgão intenciona fazer um pedido de realização de concurso público o quanto antes.

De acordo com a assessoria da ECT, estão sendo feitos estudos a respeito da quantidade de funcionários na ativa e também sobre a necessidade de novos servidores. Assim que os encaminhamentos em relação a esta demanda foram concluídos, o pedido deve ser feito.


Além disso, o último concurso dos correios para os cargos de Agente, Técnico e Especialista foi realizado há quase 7 anos e já está com a validade expirada. Ou seja, os servidores aprovados que não foram chamados não podem mais ser nomeados.

Um verdade “balde de água fria” foi jogado sobre as expectativas dos concurseiros com rumores de reunião promovida em fevereiro. Nesta, participaram membros da diretoria que aprovaram medida para o fechamento de 513 agências em diversas regiões do Brasil. Com isso, mais de 5 mil funcionários seriam demitidos, número que pode aumentar.

Os fechamentos, segundo justificado pelo ex-presidente dos Correios, Guilherme Campos, seriam devido ao fato de que as agências fechadas situam-se próximas àquelas comandadas por franqueados. Por isso, o atendimento aos clientes seria feito por estes agentes privados.

Ao que tudo indica, os dados firmados nesta reunião são sigilosos. Tanto que seus participantes assinaram termo de confidencialidade, em virtude do alto número de demissões.

Sendo assim, mesmo diante do déficit no quadro funcional, ainda não há previsão de abertura, mas uma dica válida em relação aos requisitos, é em caso de critérios que podem ser ajustados ou regularizados, o candidato organizá-los o quanto antes. Uma vez que a data de abertura do certame não é conhecida, é importante estar sempre com a situação regular em relação aos termos de posse.

São requisitos necessários para que os candidatos aprovados tomem posse nos cargos: ter idade mínima de 18 anos, ter nacionalidade brasileira, possuir certificado ou diploma de conclusão de curso e requisitos exigidos, de acordo com o cargo pretendido, estar em dias com as obrigações eleitorais e com as militares (se candidato do sexo masculino).

Histórico de concursos Correios

Em 2017 o Correios realizou concurso público. Porém, este se restringiu a carreiras especializadas. Foram oferecidas 88 vagas para nível médio/técnico e superior.

As vagas foram destinadas aos profissionais Técnico em Segurança do Trabalho (21 vagas), Auxiliar de Enfermagem (12 vagas), Médico do Trabalho (44 vagas), Arquiteto ou Engenheiro com especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho (9 vagas) e Enfermeiro do Trabalho (2 vagas).

Apostilas preparatórias: Agente dos CorreiosComum aos Cargos de Nível Médio e Superior

Essas contratações foram regidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Por meio do edital Nº4/2018 o resultado final deste certame foi homologado e publicado no Diário Oficial da União em 1º de fevereiro de 2018. A contar desta data, a validade do concurso é de 12 meses, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

Acesse o edital aqui.

O último grande concurso dos correios foi realizado em 2011. Por meio do edital Nº 11 – ECT, foram disponibilizadas 9.190 vagas, mais formação de reserva, para diversas carreiras de nível médio e nível superior. A oferta se estendeu a todos os estados brasileiros.


Foram contempladas carreiras de analista de correios, analista de saúde, atendente, auxiliar de enfermagem do trabalho, carteiro, enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho, operador de triagem e transbordo e técnico em segurança do trabalho.

Saiba mais informações consultando o edital disponível aqui.

Em 2015, um concurso público para os Correios foi anunciado. Porém, o Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST), do Ministério do Planejamento, suspendeu o certame.

Na época, o anúncio do adiamento veio depois de os concursos federais terem sido suspensos como uma das formas de contenção de gastos. Seriam abertas cerca de 2.000 vagas, mais formação de cadastro de reservas, de nível médio para as funções de Carteiro e Operador de Triagem.

Principais carreiras e benefícios Correios

De acordo com a planilha de Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Correios, de 2008 e atualizado em 2017, as funções e remunerações do quadro de funcionários da ECT estão descritas abaixo.

São carreiras de nível médio dos Correios:

Agente dos Correios – Atendente Comercial, Operador de Triagem e Transbordo, Atendente Comercial e Suporte. Segundo a planilha as remunerações para estas funções estão entre R$ 1.084,35 e R$ 3.604,50.

Técnico de Correios nos estágios de desenvolvimento Jr, Pl e Sr – Operacional, Atendimento e Vendas e Suporte. De acordo com o nível, os vencimentos dessa categoria estão entre R$ 1.929,03 e R$ 6.841,26.

Especialista de Correios – Operacional, Comercial e Suporte. Os profissionais dessa área fazem jus a salários entre R$ 5.062,52 e R$ 7.168,24.

Os profissionais de nível superior dos Correios podem ser contratados nas áreas de:

Analista de Correios nos estágios de desenvolvimento Jr, Pl, Sr e Máster – Administrador, Administrador Postal, Advogado, Analista de Sistemas, Arquiteto, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Engenheiro, Estatístico, Museólogo, Pedagogo, Psicólogo, Outros Profissionais de Nível Superior e Técnico em Comunicação Social. Dependendo do estágio, as remunerações estão entre R$ 4.039,75 e R$ 15.841,19.

Além dessas funções, os Correios contam ainda com profissionais cujas carreiras são de nível médio/técnico e superior e de Cargos Específicos como: Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, Enfermeiro do Trabalho e Médico do Trabalho.

Em média, as jornadas de trabalho são de 40h ou 44h semanais. Os profissionais contam ainda com alguns benefícios e gratificações como vale-transporte, plano de saúde, auxílio-creche ou auxílio babá, dentre outras.

Concorrência e inscrições concurso Correios

Um ponto que sempre desperta preocupação dos concurseiros é em relação às inscrições. Uma vez que os candidatos não conseguem realizar a solicitação ou perdem o prazo de abertura, muito tempo de estudo e toda a preparação para o concurso são perdidos.

Vale a pena verificar quais são os procedimentos, caso um novo edital seja publicado neste ano. Nos dois últimos editais publicados pelo órgão, as inscrições foram realizadas exclusivamente via internet. A finalização acontece mediante pagamento do boleto da taxa de inscrição.

Em 2017, para as funções especializadas, este valor foi de R$ 50,00 para os níveis técnicos. Para vagas de nível superior a taxa ficou em R$ 70,00.

Apostilas preparatórias: Agente dos CorreiosComum aos Cargos de Nível Médio e Superior

No concurso de 2011, onde mais de 9 mil vagas de nível médio foram disponibilizadas, a concorrência em todos os estados brasileiro foi gigantesca. A quantidade de inscritos chegou ao número de 1.051.256 de pessoas.

As vagas mais concorridas foram as de atendente comercial, com 667.798 candidatos inscritos. Algumas oportunidades registraram a concorrência de mais de 2.300 candidatos por vaga. O que fez deste um dos concursos mais disputados do país.

Conteúdo programático e provas anteriores concurso Correios

O certame de 2011 (Nº 11 – ECT) foi executado sob responsabilidade do Cebraspe. A cobrança foi de 120 questões. Os candidatos tiveram que julgar itens em certo ou errado, conforme as questões tradicionais dessa banca.

O conteúdo programático do certame trouxe alguns temas comum a todos os cargos. São eles:

  • Matemática
  • Língua Portuguesa
  • Informática

Vale lembrar que apesar de serem conteúdos muito básicos, o Cespe é uma banca que cobra principalmente raciocínio por parte dos candidatos. Portanto, é preciso ter um conhecimento amplo sobre estes temas. E também a capacidade de análise e interpretação de textos e dados.

Como dito anteriormente, muitos candidatos estão se preparando para esta seleção há algum tempo. Vale lembrar que esta é uma vantagem em relação aos demais concorrentes. Um cronograma de estudos sólido e elaborado com bastante antecedência em relação a abertura do edital está entre as principais dicas de especialistas em concursos públicos.

Uma das bases do conteúdo de Língua Portuguesa e de toda a prova, é a interpretação de textos. Este é o primeiro tema do conteúdo da matéria no edital de 2011. Abaixo, você acompanha gratuitamente uma videoaula sobre o tema:

Apostilas preparatórias: Agente dos CorreiosComum aos Cargos de Nível Médio e Superior

Concurso Correios 2018: Fique por dentro de todas as novidades
Avalie
Voltar ao topo




Deixe um comentário