O que é liquidez?

O conceito se refere à agilidade que um investidor tem de conseguir desfazer um investimento sem que tenha um prejuízo com isso. Entenda o que é liquidez de investimento e quais os riscos presentes no processo

A facilidade que um ativo possui de ser transformado em dinheiro sem que perca seu valor de maneira significativa recebe a denominação de liquidez.

De maneira mais simplificada, o conceito pode ser explicado como a maneira ágil de um investidor de conseguir desfazer um investimento para voltar a ter o dinheiro em mãos, faz com que ele não tenha prejuízos.

Quando uma pessoa faz um investimento, ela troca uma quantia de dinheiro por um ativo. Este, por sua vez, pode ser um título público, uma caderneta de poupança, ações de empresas ou um imóvel, dentre outros.

No entanto, suponha que neste processo, o investidor tenha um imprevisto e precise daquele dinheiro de volta, imediatamente. Neste caso, ele precisará do bem ou direito que já tinha obtido. Contudo, há alguns investimentos que são mais fáceis de transformar em dinheiro do que outros. O que quer dizer que possui uma maior liquidez.

 Liquidez dos investimentos

A caderneta de poupança é um exemplo de investimento de alta liquidez. Dessa forma, quando o investidor precisa resgatar o que tem depositado na poupança, ele consegue fazer isso de maneira imediata.

Já um imóvel, possui um investimento de liquidez baixa. Isso significa que pode ficar meses à venda sem que apareça alguém para comprá-lo.

Portanto, é por este motivo que a liquidez tem o risco de não conseguir negociar um ativo sem que seu preço seja afetado. Ainda sobre o imóvel, por exemplo, para conseguir vendê-lo, o investidor teria que abaixar seu preço em relação ao mercado.

Dessa forma, o significado de liquidez tanto tem a ver com a dimensão de agilidade, quanto com a de conversão em dinheiro com a perda de valor.

Assim sendo, recomenda-se que o investidor leve em consideração os ativos de alta liquidez. No entanto, é preciso ter certeza de que não terá que resgatar o capital no curto prazo.

Contudo, aplicar em ativos de baixa liquidez também pode ser um caminho interessante. Neste caso, é importante que se tenha outros recursos para utilizar em decorrência de alguma emergência financeira. Além disso, os ativos precisam  ter uma perspectiva mais elevado a longo prazo.

Armadilha da liquidez

A armadilha da liquidez (liquidity trap) é um processo que acontece, na economia monetária, após uma série de reduções de juros para estimular o consumo, chegando a taxas que se aproximam de zero.

O método foi identificado pelo economista John Maynard Keynes. No processo, os juros ficariam tão baixos que os investimentos a longo prazo não seriam possíveis, em decorrência da falta de estímulos dos agentes econômicos.

Dessa forma, estes agentes optam por manter seus recursos em dinheiro ou realizar investimentos a curto prazo. Fator que contribui para que a recessão seja agravada.

Liquidez na análise de crédito

Há outra forma de entender a liquidez, a qual também pode ser uma medida dos recursos que uma empresa possui pra conseguir quitar as obrigações existentes com terceiros.

Então, para que ela possa ser medida, são utilizados os indicadores. Esses índices são os seguintes: liquidez corrente, liquidez seca, liquidez imediata e liquidez geral.

Para entender melhor sobre como os indicadores medem a saúde financeira de uma empresa leia também o que são índices de liquidez.

O que é liquidez?
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário