Lucro líquido e lucro bruto

Lucros bruto e líquido se diferenciam de acordo com os custos variáveis e custos totais. Os dois permitem chegar ao valor geral da lucratividade.

Nos estudos sobre economia, o termo lucro refere-se ao valor obtido a partir de uma atividade após calculados os custos para que ela seja feita. A diferença superior ao custo, quando positiva, é caracterizada como a lucratividade. Esse valor é o que define o desempenho de um negócio.

Em resumo, o lucro é calculado subtraindo as receitas dos custos, também conhecido por resultado do período. Caso o resultado seja negativo, não há lucro, mas sim prejuízo. Outra forma de entender esse conceito é por meio do resultado bruto e resultado líquido.

Diferença entre Lucro Líquido e Lucro Bruto

Os lucros bruto e líquido se diferenciam de acordo com os fatores que cada um considera, sendo os custos variáveis e custos totais. Os dois permitem chegar ao valor geral da lucratividade, que é fundamental para entender a situação de uma empresa.

De maneira geral, o lucro bruto considera apenas custos variáveis ligados à produção, como matéria-prima, que aumenta quanto mais é produzido. Já o lucro líquido considera todos os custos da empresa, sejam eles variáveis ou fixos, que incluem despesas, impostos e salários.

Toda empresa busca ter uma boa lucratividade, acima do prejuízo. Portanto, o levantamento desses indicadores é necessário para que sejam observados os pontos fracos do negócio e onde deve haver melhoria.

Lucro Líquido

O lucro líquido é o rendimento que permanece após a subtração de todos os custos – fixos ou variáveis – do negócio. A soma desses custos chama-se “custo total” e indica todas as saídas de dinheiro.

O resultado obtido com esse índice é o que importa na hora de calcular o lucro líquido. A receita líquida, portanto, é somada a partir da receita bruta mais as deduções.

Além dos custos variáveis, o lucro líquido considera tudo aquilo que sai de dinheiro ou é pago pela empresa. É uma espécie de resultado final.

Como calcular o lucro líquido?

Temos os custos totais do negócio a partir do levantamento de todos os custos e despesas do negócio. Para o lucro líquido, o cálculo pode ser feito por meio da seguinte fórmula:

  • Lucro líquido = Receitas Totais – Custos Totais

Exemplo:

  • Receita total (R$ 2.500.000)
  • Custos variáveis (R$ 700.000)
  • Salários (R$ 280.000)
  • Impostos fixos (R$ 80.000)
  • Igual a lucro líquido de R$ 1.440.000,00 (R$ 2.500.000 – R$ 1.060.000).

Após o cálculo do lucro líquido, ainda é necessário considerar o valor da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Lucro Bruto

O lucro bruto, por sua vez, refere-se ao rendimento da empresa após deduzidos os custos variáveis. Ele é a diferença positiva entre a receita total (preço produto x quantidade de vendas) e o custo do ou serviço.

De modo simplificado, ele considera os gastos da empresa com a produção ou com a prestação do serviço. Também pode ser entendido como o valor que se gasta para esses fins.

Como calcular lucro bruto?

A cálculo do lucro bruto considera apenas os custos diretos e relacionados à produção. A nível de exemplo, quando são produzidas 10.000 ou 20.000 unidades de um produto, os custos serão diferentes. Seu cálculo, portanto, é feito a partir da seguinte fórmula:

  • Lucro Bruto = Receitas Totais – Custos Variáveis

Exemplo:

  • Quantidade produzida: 50.000 unidades;
  • Preço de venda: R$ 50;
  • Custo por unidade produzida: R$ 12.
  • Imposto por unidade vendida: R$ 2.
  • Receitas totais = R$ 2.500.000 (50.000 x R$ 50)
  • Custos por produção = R$ 700.000 (50.000 x R$ 12 + 50.000 x R$ 2)
  • Lucro bruta = R$ 1.800.000.

Para calcular o lucro bruto de vendas, a conta a feita utilizando a seguinte fórmula: receita total = preço do produto + número de produtos vendidos.

Por fim, para determinar a margem de lucro bruto, é necessário dividir o valor do lucro bruto com o de faturamento bruto. O percentual atingido é corresponde à margem de lucro e precisa estar acima dos custos.

Confira também: O que é default em economia?

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário