Processo Seletivo CRA – GO

CRA - Conselho Regional de Administração de Goiás, oferece várias oportunidades para profissionais de todos os níveis de ensino. Salários podem chegar a R$ 4.500,00.

A partir das 10 horas do dia 20 de junho de 2016 iniciam as inscrições para o processo seletivo n° 01/2016 do CRA/GO – Conselho Regional de Administração do Estado de Goiás, tendo como empresa organizadora, o Instituto Quadrix. Os aprovados irão trabalhar em Goiânia.

No total, são oferecidas 287 oportunidades, destas, sete são para preenchimento imediato e 280 destinadas para formar cadastro de reserva. As vagas são para profissionais com ensino fundamental, médio e superior.

Os salários ofertados variam entre R$ 997,53 e R$ 4.500,00, acrescidos de auxílio alimentação (R$ 450,00) e vale transporte (R$ 3,70).

As vagas são para Copeiro (a), Auxiliar de Serviços Gerais, Assistente Administrativo II, Motorista, Assistente Administrativo I, Administrador I, Fiscal e Analista Administrativo II.

Apostilas preparatórias: Apostilas completas para os cargos do CRA – GO: Assistente Administrativo I e II e Auxiliar de Serviços Gerais

As inscrições foram prorrogadas e devem ser realizadas somente pelo site: http://www.quadrix.org.br, até o dia 18 de agosto de 2016. A taxa de participação será de R$ 27,00 (ensino fundamental), R$ 49,00 (ensino médio) e R$ 65,00 (ensino superior)


Os candidatos serão selecionados através de provas objetivas e discursivas, dependendo da vaga escolhida, devendo ser realizadas nas cidades de Goiânia e Brasília.

O processo seletivo será válido por 12 meses, a contar do resultado definitivo do certame, podendo eventualmente sofrer prorrogação somente única única vez, pelo mesmo período.

RESUMO - Processo Seletivo CRA – GO
Orgão CRA - Conselho Regional de Administração de Goiás
Quantidade de Vagas 287
Cadastro Reserva Sim
Nível de Escolaridade
Salário de R$ 997,53 até R$ 4.500,00
Início das inscrições 20/06/2016
Término das inscrições 18/08/2016
Localidade
Valor da Inscrição de R$ 27,00 até R$ 65,00
Voltar ao topo

Deixe um comentário