CNMP realiza estudo orçamentário para concurso em 2019

Atualmente o Conselho Nacional do Ministério Público tem concurso em vigência, porém, já estuda a viabilidade da próxima seleção.

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) pode ter edital de concurso público no próximo ano. De acordo com informações apuradas junto a Assessoria de Comunicação do órgão, os estudos para o próximo certame já estão em andamento.

Ainda que o certame atual tenha a validade expirada somente no mês de maio de 2019, a viabilidade de uma nova seleção preenchimento de vagas do quadro efetivo do órgão já está sendo analisada.

Contudo, vale lembrar que ainda não há confirmação oficial a respeito do próximo concurso CNMP. Atualmente, de acordo com o Portal da Transparência, o quadro do conselho tem nove cargos vagos, sendo seis para técnico e três para analista.

Outra boa notícia é que a partir de janeiro de 2019 os servidores do Conselho terão os vencimentos reajustados. Os ganhos iniciais passarão a R$ 7.591,37 em cargos de técnico e R$ 12.455,30 nos de analista.

Criado em 2014, o CNMP atua em prol do cidadão executando a fiscalização administrativa, financeira e disciplinar do Ministério Público no Brasil e de seus membros, respeitando a autonomia da instituição.

Último concurso CNMP

A seleção mais recente do CNMP foi, também, a primeira seleção realizada pelo órgão. O edital foi publicado em 2015 e disponibilizou 87 vagas imediatas mais formação de cadastro de para cargos de técnico e analista, com a seguinte distribuição:

Analista 

  • Apoio jurídico especialidade Direito;
  • Apoio técnico especializado especialidade Arquivologia;
  • Apoio técnico especializado especialidade Comunicação Social;
  • Apoio técnico especializado especialidade Contabilidade;
  • Apoio técnico especializado especialidade Engenharia Civil;
  • Apoio técnico especializado especialidade Estatística.

Técnico 

  • Apoio técnico administrativo especialidade Administração;
  • Apoio técnico administrativo especialidade Segurança Institucional.

O certame, que teve organização da Fundação Carlos Chagas (FCC), reuniu mais de 64 mil inscrições. A carreira de técnico administrativo especialidade Administração recebeu o maior número de inscritos, 34.178.

A avaliação dos candidatos foi feita por meio de prova objetiva e discursiva, que constou de uma redação. Ambas tiveram caráter habilitatório e classificatório O conteúdo programático da prova objetiva foi constituído pelas matérias de Língua Portuguesa, Legislação de Interesse Institucional,  Raciocínio Lógico-Matemático e Conhecimentos Específicos.

As normativas do certame estão integralmente disponíveis no Edital concurso CNMP 2015.

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário