Caixa: Empréstimo consignado para negativados com FGTS de garantia

A modalidade está disponível para trabalhadores de iniciativa privada e com a carteira assinada. Saiba como solicitar e as vantagens.

Uma nova modalidade de empréstimo está sendo oferecida pela Caixa Econômica Federal. Esta não exige consultas ao SPC/Serasa, pois se trata de um empréstimo consignado para celetistas. Por isso, é voltado para trabalhadores de iniciativa privada e com registro na carteira de trabalho.

Além disso, com a nova modalidade, o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pode ser utilizado como garantia de empréstimo. Porém, caso o nome do cliente conste em órgãos de proteção ao crédito, parte do fundo será utilizado para pagamento da dívida.

Empréstimo Caixa: juros, prazo e solicitação

Com essa novidade, as taxas de juros são menores e os preços mais flexíveis, podendo chegar até 48 meses. A vantagem é que esse empréstimo pode ser solicitado pela internet ou em caixas eletrônicos. Além disso, ainda é possível solicitar em qualquer agência física de banco.

Empréstimo Caixa: vantagens

O empréstimo consignado oferece as seguintes vantagens:

  • Sem consulta ao SPC/Serasa;
  • Taxas menores;
  • Juros mais baixos;
  • Contrato facilitado.

Empréstimo Caixa: quem pode solicitar

Para solicitar o empréstimo consignado da Caixa, é necessário que o local de trabalho do cidadão tenha convênio com a Caixa. Além disso, o trabalhador deve estar em exercício com a carteira assinada. Dessa forma, muitos são excluídos.

Empréstimo Caixa: FGTS como garantia

Não é uma novidade que a economia do país anda instável. Por isso, acaba sendo importante contar com o FGTS para a garantia de crédito. Ainda mais, vale destacar que este empréstimo é mais em conta, já que os juros são mais baixos.

Mas, o usuário deve saber usar o recurso com inteligência, para quitar dividas mais caras e normalizar finanças. Sendo assim, o cliente deve fazer o cálculo do orçamento e conferir se o empréstimo é a melhor solução e se não causará prejuízos futuros.

Leia também: FGTS atrasado pode ser solicitado na justiça até 12 de novembro

Voltar ao topo

Deixe um comentário