Calendário PIS/Pasep está chegando ao fim! Veja quem pode receber até R$ 1.045!

Segundo a Caixa, cerca de 2,4 milhões ainda não sacaram o benefício. O valor pago pode chegar a até um salário mínimo para quem trabalhou os 12 meses de 2018.

O calendário de pagamento do abono salarial PIS/Pasep para quem trabalhou em 2018 encerra já no dia 29 de maio (próxima sexta-feira). Segundo a Caixa Econômica Federal, cerca de 2,4 milhões de pessoas ainda não sacaram o benefício.

O valor pago pode chegar a até um salário mínimo, R$ 1.045,00, para quem trabalhou os 12 meses. A quantia varia proporcionalmente de acordo com o tempo trabalhado, caso esse período seja apenas de um mês a pessoa recebe 1/12 do mínimo, R$ 87,08 que é arredondado para R$ 88,00.

Se o trabalhador perder o prazo e não conseguir sacar até dia 29, pode entrar com ordem judicial no período de até cinco anos, informando o motivo que o impediu de resgatar o dinheiro. Contudo, esse processo pode ser burocrático e demorar para ser finalizado.

Qual é diferença entre PIS e Pasep?

O PIS é o abono salarial destinado aos trabalhadores de empresas privadas e pago pela Caixa, já o Pasep é pago pelo Banco do Brasil ao servidores públicos. O calendário do PIS segue mês de aniversário, já o Pasep é pago de acordo com o número de inscrição do servidor no benefício.

Condições para receber o PIS/Pasep

Não são todos os trabalhadores que tem direito de receber o PIS/Pasep, é necessário que se encaixem nas seguintes condições:

  • ter exercido profissão com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018;
  • ter recebido, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês;
  • estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; e
  • a empresa onde trabalhava ou trabalha precisa ter informado os dados corretamente no sistema RAIS do governo.

Como sacar?

PIS

  • Caixas eletrônicos da Caixa ou lotéricas: funcionários de empresa privada, que tenham Cartão Cidadão e senha cadastrada;
  • Agência da Caixa: disponível para quem não possui Cartão Cidadão e senha. Necessário apresentar documento de identificação;
  • Depósito direto na conta: para clientes da Caixa que tenham conta com saldo superior a R$ 1,00 e movimentação.

Pasep

  • Depósito na conta: para clientes do Banco do Brasil;
  • Agências do BB: para todos os servidores públicos por meio de apresentação de documento de identificação.

Veja também: Quem tem direito ao novo saque do FGTS de R$ 1.045?

Voltar ao topo

Deixe um comentário