scorecardresearch ghost pixel



Cuidado: Criminosos usam Instagram para aplicar golpes através da vende de produtos baratos

Outros usuários relataram ter passado por situações parecidas



Muita atenção ao usar o Instagram, recentemente muitas pessoas começaram a fazer tweets falando sobre o novo golpe, acontece que criminosos estão roubando senhas de contas da rede social para publicar imagens de produtos e eletrodomésticos mais baratos do que o normal, com o objetivo de roubar dados dos usuários.

Leia também: Entenda porque o Instagram começou a exigir vídeos dos rostos dos usuários

Uma usuária da rede social, denunciou um caso desse no Twitter, segundo o relato, ela teria visualizado uma publicação no story, onde uma amiga supostamente estaria vendendo os eletrodomésticos de sua casa. Em cada post era colocado o produto e o valor dele. Ao se interessar por uma lavadora, a usuária mandou uma mensagem para a dona da conta. Mas, como o produto, não ia caber no espaço desejado ela acabou não fechando a venda.



“As mensagens trocadas não me deixaram em dúvida. A minha sorte é que a máquina não caberia no espaço que eu tenho e aí acabei não comprando. Agora, minha amiga conseguiu recuperar a conta e começou a avisar as pessoas que responderam aos stories. Eu, entre elas”, disse.

Depois de ter feito a publicação em sua conta no Twitter, outros usuários relataram terem vivenciado a mesma situação.

Dicas para evitar o novo golpe do Instagram

Ative a autenticação de dois fatores

Essa autenticação é uma boa estratégia para evitar que a sua conta caia nas mãos dos hackers. A partir do momento em que ela é atiçada, o usuário precisará inserir um código ao tentar fazer login em um dispositivo novo.

A rede social também te dá a possibilidade de verificar a lista com o nome dos aparelhos que tiveram acesso recente a sua conta. Para isso, entre no próprio Instagram, em “Configurações”, “Segurança” e “Atividade de login”. Caso você não reconhaça algum dos dispositivos logados, é possível desconectar-se dele.

E vale lembrar, não informe seus dados pessoais, como nome completo, CPF, endereço e telefone, para contas desconhecidas, mesmo que seja para uma compra, como foi o caso citado. Nunca se sabe se a outra pessoa usará essas informações de má fé.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário