scorecardresearch ghost pixel



Brasileiros podem sacar até R$ 3,9 mil do FGTS; veja como

Milhões de trabalhadores de todo o país podem realizar duas retiradas do FGTS ainda em 2022. Saiba quem tem direito.



Alguns brasileiros terão a oportunidade de sacar até R$ 3,9 mil do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) em junho. Para ter acesso à grana, o trabalhador precisa ter aderido ao saque-aniversário. Entenda como funciona essa modalidade e quem pode participar.

Leia mais: Bolsonaro anuncia PEC de R$ 50 bi para reduzir preço do diesel, gasolina e gás de cozinha

Como funciona o saque-aniversário do FGTS?

A opção de saque é alternativa ao saque-rescisão, e permite a retirada anual de parte do saldo do FGTS no mês de nascimento do trabalhador. O dinheiro fica disponível por três meses, entre o primeiro dia útil do mês de aniversário e o último dia útil do segundo mês subsequente.



Sendo assim, quem nasceu em junho e aderiu está com a grana disponível. Já quem pretende aderir tem até o dia 30 para realizar a migração no app do fundo de garantia ou nas agências da Caixa Econômica Federal.

Valor do saque

O valor do saque depende da quantia disponível nas contas do FGTS do trabalhador, sendo acrescida uma parcela adicional fixa de até R$ 2,9 mil. Confira as faixas de saldo do saque-aniversário:

  • Até R$ 500,00 de saldo: saque de 50%;
  • Entre R$ 500,01 e R$ 1.000,00 de saldo: saque de 40%;
  • Entre R$ 1.000,01 e R$ 5.000,00 de saldo: saque de 30%;
  • Entre R$ 5.000,01 e R$ 10.000,00 de saldo: saque de 20%;
  • Entre R$ 10.000,01 e R$ 15.000,00 de saldo: saque de 15%;
  • Entre R$ 15.000,01 e R$ 20.000,00 de saldo: saque de 10%;
  • Acima de R$ 20.000,01: saque de 5%.


Parcela adicional fixa

Quem tem mais de R$ 500,01 nas contas vinculadas recebe uma parcela adicional, conforme mencionado. Dessa forma, o trabalhador consegue alcançar até R$ 3,9 mil ou mais. Confira o valor da parcela adicional:

  • Entre R$ 500,01 e R$ 1 mil de saldo: parcela adicional de R$ 50
  • Entre R$ 1.000,01 e R$ 5 mil de saldo: parcela adicional de R$ 150;
  • Entre R$ 5.000,01 e R$ 10 mil de saldo: parcela adicional de R$ 650;
  • Entre R$ 10.00,01 e R$ 15 mil de saldo: parcela adicional de R$ 1.150;
  • Entre R$ 15.000,01 e R$ 20 mil de saldo: parcela adicional de R$ 1.900;
  • Mais de R$ 20.000,01 de saldo: parcela adicional de R$ 2.900.




Voltar ao topo

Deixe um comentário