scorecardresearch ghost pixel



Parcelas mensais do novo vale-gás a R$ 120? Conheça o cálculo

Atualmente, 5,5 milhões de famílias recebem a ajuda, porém, esse número pode aumentar para um quantitativo ainda maior.



Durante a pandemia da Covid-19 muita gente acabou tendo os rendimentos comprometidos, o que piorou drasticamente a situação financeira das famílias. E para amenizar esses impactos, o governo federal criou o chamado vale-gás, previsto para ser ampliado em breve.

Leia mais: ANS suspende a venda de 70 planos de saúde

O valor de repasse do benefício não é fixo e equivale a 50% da média de preço do botijão de gás de 13 kg. Em junho, a quantia definida foi de R$ 53. Atualmente, são atendidas 5,5 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade, porém, esse número pode aumentar para um quantitativo ainda maior.



Conforme anunciado pelo governo e representantes, está em discussão uma proposta de Emenda à Constituição (PEC) que deverá receber a decisão de aumento do vale-gás. Caso a medida seja aprovada, o valor do benefício poderá subir, no repasse do valor integral do botijão de gás, atualmente com preço médio de R$ 120 no Brasil.

Inicialmente, a previsão era aumentar o vale-gás para R$ 100. No entanto, de acordo com o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o intuito é aumentar a renda das famílias, o que será preciso reajustar o valor do programa.

Lembrando que para ser aprovado, o novo vale-gás precisa passar por votação no plenário além de receber a sanção do presidente Bolsonaro. Considerando o cenário político favorável, são grandes as chances de implementação da medida, fato que deve ocorrer meses antes das eleições 2022.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário