Dicas MATADORAS de como passar no Concurso PRF 2018

Confira dicas sobre como passar em um dos certames mais aguardados do ano, com 500 vagas autorizadas para policial rodoviário

A tarde do dia 28 de fevereiro de 2018 trouxe a mais aguardada notícia pelos concurseiros: a autorização do concurso para a Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF 2018). O anúncio foi feito pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, durante entrevista coletiva.

Ao todo, foram autorizadas 500 vagas para Policial Rodoviário Federal. O edital ainda não tem data oficial de lançamento, mas, segundo o líder da recém-criada pasta, será publicado em 2018. Por isso, os concursandos devem intensificar sua rotina de estudos. Afinal, o Concurso PRF 2018 terá concorrência acirrada, portanto, pede preparação de alto nível.

Para te ajudar, separamos algumas informações básicas e dicas essenciais para guiar seus estudos e, assim, obter boas colocações no Concurso PRF 2018. Vamos lá?

Concurso PRF 2018: o que saber?

Primeiro, algumas informações básicas sobre o certame. Pelo autorizado, o Concurso PRF 2018 trará 500 vagas na carreira de policial rodoviário federal. O cargo exige graduação em qualquer área de formação e oferece remuneração inicial de R$ 9.501,98, incluindo o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

Apostila preparatória PRF baseada nos editais de 2014 e 2013: AGENTE ADMINISTRATIVO e POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL

Os candidatos deverão ser avaliados por meio de provas objetivas, discursivas, exame de capacidade física, avaliação de saúde e psicológica, investigação social e avaliação de títulos. Os aprovados seguirão para o curso de formação.

As provas poderão ser organizadas conforme abaixo:

Como passar na prova do Concurso PRF 2018?

A aprovação em um concurso público é o sonho de milhares de candidatos que dedicam longas horas do dia aos estudos. O Concurso PRF 2018 é um dos mais aguardados e deverá receber alto índice de candidatos. Por isso, o bom preparo é fundamental na conquista da tão preciosa vaga. Veja algumas dicas que separamos para te ajudar a alcançar seu objetivo.

1 – Prepare-se antes do edital

Concursos públicos têm sido, cada vez mais, concorridos, o que demanda maior tempo de preparo. Portanto, não espere o edital sair para começar a estudar. Quanto mais tempo antes da prova se dedicar, maior conhecimento acumulará. Sendo assim, tenha como base editais anteriores e similares e organize seu cronograma a partir daí. Quando o documento atualizado sair, você precisará, apenas, ajudar as disciplinas inseridas no conteúdo programático.

2 – Monte um plano de estudos diário

Mantenha uma rotina de estudos constante, se possível, nos mesmos horários. Isso vai te fazer criar o hábito de separar aquela parte do dia para estudar. Caso tenha a disponibilidade de ficar, apenas, dedicado aos estudos, tente separar 09h diárias, dando intervalos de 15 minutos a cada duas horas. Se precisar conciliar trabalho e estudos, o ideal é ter entre 3,5h e 4h para estudar.

Sugestão de Plano de Estudos para a PRF (baseado em 4h diárias) 

Revisar, semanalmente, o conteúdo estudado faz com que as disciplinas não fiquem perdidas. E não pule a parte da resolução de exercícios, inclusive, de provas anteriores e de corporações similares, como as polícias estaduais e instituições de trânsito (Detran).

Atente-se às disciplinas de Língua Portuguesa, Direito, Legislação de Trânsito (estude o Código de Trânsito e normas do Conselho Nacional de Trânsito) e Física (principalmente, candidatos graduados nas Ciências Humanas).

Aula Raciocínio Lógico:

Código de Trânsito Brasileiro:

Dicas de estudo por disciplina

Língua Portuguesa: colocação pronominal, conjunção, emprego de modos e tempos verbais, uso da vírgula, voz verbal, crase e regras básicas da concordância

Aula de Português:

Direito Constitucional: Princípios Fundamentais; Direitos e Deveres Individuais e Coletivos (arts. 01º a 05º da Constituição de 88)

Direito Penal: Crimes contra o patrimônio; Crimes contra a Administração Pública

Direito Processual Penal: Inquérito Policial disposto no Título II do Código de Processo Penal, entre os artigos 4° e 23; Prisões, Liberdade Provisória e Medidas Cautelares

Legislação Relativa à PRF: Art.144 da Constituição Federal – Perfil Constitucional – Funções Constitucionais; Decreto nº 1.655/1995; Art. 20 da Lei nº 9.503/1997; Decreto nº 6.061/2007; Lei 8.112/90

Direitos Humanos: as cinco gerações dos Direitos Humanos; Direitos e Garantias Fundamentais; Formulação e Implementação de Políticas Públicas

Aula Direitos Humanos – Teoria Geral (Conceitos e Premissas Filosóficas):

Aula Ética:

Legislação Especial: Lei 11343/06 – Lei 8069/90  – Apreensão em Flagrante de Adolescente Infrator pela Prática de Ato Infracional Análogo ao Crime de Tráfico de Drogas; Lei 10826/03 – Arma desmuniciada e suas implicações; Tráfico de Drogas e Causa de Aumento pela Utilização de Transporte Público; Lei 8072/90  – Rol Taxativo e Extorsão OL TAXATIVO E EXTORSÃO QUALIFICADA; Lei 9605/98 – Crimes Ambientais e Dupla Imputação

Física: Cinemática, Mecânica, Leis de Newton, Óptica Geométrica, Ondas, Efeito Doppler, Ondas Sonoras

Aula de Física:

Prova discursiva: conhecimentos específicos abordados em texto dissertativo-argumentativo (avaliar e justificar seu posicionamento em relação a determinado fato construído em torno de conhecimentos específicos). Situações hipotéticas em torno do conhecimento. Na última prova, foram cobradas informações acerca de contrabando. No caderno, foi proposto o tema, pedindo que o candidato redigisse um texto atendendo aos seguintes itens:

  • Definir o crime de contrabando e indicar as circunstâncias que integram o tipo penal
  • Comentar as principais mercadorias e cargas contrabandeadas no território brasileiro
  • Explanar os problemas decorrentes do contrabando de mercadorias e cargas para a economia nacional e saúde pública
  • Sugerir medidas e ações efetivas das forças públicas para o combate ao contrabando de cargas e mercadorias no país

3 –  Busque material de qualidade

De posse de seu plano de estudos, é hora de buscar o material de apoio. Apostilas são, apenas, um norte sobre o que estudar, mas, jamais devem ser a única fonte de conhecimento. O nível da prova é puxado e vai exigir preparação completa.

Procure livros especializados nas disciplinas, principalmente, as da área do Direito. Manuais de Direito podem ser explicativos, citando jurisprudência de maneira mais didática. Alguns autores recomendados são Natália Masson, Marcelo Novelino e Rogério Grecco.

Complemente com vídeo-aulas, principalmente, aquelas voltadas para o concurso, em específico. Bancos de questões são, sempre, excelentes alternativas. Ademais, materiais em PDF são bons métodos de revisar a matéria e fixar pontos mais importantes.

Caso tenha dificuldade em se orientar, busque a ajuda de um coaching. Ele poderá auxiliar na escolha de materiais de qualidade e específicos para o certame. E, JAMAIS, busque apostilas e materiais pirateados. Além do risco de não recebê-los, a qualidade é inferior aos originais.

Apostila preparatória PRF baseada nos editais de 2014 e 2013: AGENTE ADMINISTRATIVO e POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL

4 – Defina metas

Montando seu plano de estudos, defina suas próprias metas e vá acompanhando a sua evolução. Isso pode ser mensurado por meio de simulados.

5 – Escolha seu  local de estudos

Nem sempre é possível ir, todos os dias, para uma biblioteca para estudar. Então, na sua casa mesmo, escolha um local onde terá maior tranquilidade e menos efeitos de distração. E, não se deixe levar pelas redes sociais. Por mais que tente se policiar, aquela olhadinha na timeline pode roubar preciosos minutos de estudo.

6 – Motive-se diariamente

A rotina de estudos é puxada e, com certeza, sempre bate aquela incerteza sobre a aprovação. Mas, não desanime! Motive-se com depoimentos de quem já foi aprovado, com informações sobre a corporação e, principalmente, com os frutos que irá colher ao ser nomeado.

7 – Controle seu emocional

Bem relacionado ao item anterior, este é fundamental desde a preparação até o momento da prova.

8 – Conheça a banca organizadora

Normalmente, a banca definida para a organização dos concursos da PRF é o Cebraspe. É uma das mais difíceis, porém, mais justas, segundo concurseiros mais experientes. Portanto, conheça o perfil da empresa através de provas anteriores, além da forma como cobra o conteúdo e pontua cada disciplina.

Aliás, o Cebraspe é uma das bancas que mais cobram o conhecimento global do conteúdo programático. Então, chegue à prova dominando todas as disciplinas sem, apenas, decorá-las.

O banco de provas anteriores está disponível pelo endereço:www.cespe.unb.br/concursos/

9 – Cuide de sua saúde física e mental

O Concurso PRF 2018 terá, entre suas etapas, o Teste de Aptidão Física (TAF) e psicotécnico. Com isso, o candidato deverá cuidar de seu preparo físico e mental para não ter problemas sérios na hora do exame.

Se o candidato não tiver bom preparo físico deve reservar, ao menos, algumas horas semanais para o treino. Ademais, deve atentar-se para alimentação balanceada e o mínimo de 06h diárias de sono.

As provas do TAF são compostas por testes de impulsão, flexão em barra fixa, corrida de 12 minutos e flexão abdominal. O mínimo em cada exercício varia entre candidatos dos sexos feminino e masculino.

Uma sugestão de treinos semanais feita pelo especialista Elon Junio para a revista Exame: segunda, quarta e sexta para treinos de barra, salto e corrida; terças, quintas e sábado para barra, abdominal e natação. Não se esqueça do alongamento pré e pós treino, além do aquecimento antes dos exercícios.

Dica: aplicativo Teste Avaliação Física, disponível no Google Play. O app é destinado ao cálculo de notas obtidas no TAF por meio da avaliação do condicionamento físico.

10 – Reserve um tempo para o lazer

Sim, é importante dedicar-se aos estudos por boas horas do dia. Mas, o cérebro funciona como um copo. Quanto mais cheio, menos conteúdo extra vai entrar. Portanto, além do intervalo de, pelo menos, 15 minutos a cada duas horas, reserve parte do dia para o descanso.

Assista televisão, filmes ou séries, passe um tempo com família e amigos, dê caminhadas no parque, enfim, encontre sua válvula de escape. Assim, você dará tempo para seu cérebro se reoxigenar para receber conteúdos de forma mais eficaz.

Veja mais detalhes sobre o Concurso PRF 2018 aqui.

Dicas MATADORAS de como passar no Concurso PRF 2018
5 (100%) 1 vote
Voltar ao topo

Deixe um comentário