Concurso Bombeiros AM: Governador autoriza realização!

O concurso Bombeiros Amazonas 2020 está autorizado desde 2017. Mas ainda não há previsão da realização das próximas etapas. Caso aberto, certame poderá ter vagas para soldado.

Um novo concurso para o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBM AM) está autorizado desde 2018. A previsão inicial era que o edital tivesse sido divulgado em dezembro de 2017. No entanto, a comissão responsável por acompanhar os andamentos do certame só foi instituída no dia 04 de maio de 2018, em publicação feita no Diário Oficial do Estado.

O fato animou os candidatos em relação a possível publicação de edital ainda em 2018. Mas por conta de entraves, como período eleitoral, a publicação do edital foi adiada para 2019. No entanto, dezembro encerrou e sem novas previsões. Desta forma, o concurso deverá acontecer em 2020.

Assim, candidatos interessados em participar do concurso Bombeiros AM 2020 podem manter o ritmo de preparação e estudos, para que assim aumentem as chances de garantir melhores posições na classificação do certame.

Em novembro de 2019, em atendimento a um pedido do Estado do Amazonas, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu a decisão do Tribunal de Justiça Estadual (TJ-AM), que determinou a permanência de mais de 800 candidatos aprovados no concurso Bombeiros-AM realizado em 2009.

O concurso teve o seu resultado final homologado em março de 2010. No entanto, de todas as 1.239 vagas previstas apenas as destinadas ao quadro de soldados foram efetivamente preenchidas.

Segundo o Estado do Amazonas, o não preenchimento das outras vagas foi sustentado com base na Lei Estadual 3.437/2009. Essa legislação criou e inseriu a estrutura organizacional do Subcomando de Pronto Atendimento e Resgate (Subpar). Este ano, o TJ-AM determinou a convocação de 820 candidatos para a Subpar. Mas segundo o governo, a lei que instituiu o Subpar foi declarada inconstitucional pelo TJ-AM, assim a estrutura organizacional para os cargos se tornou inexiste.

O TJ-AM havia acolhido mandado de segurança dos candidatos, no qual apontaram direito líquido e certo à nomeação. Os candidatos foram aprovados dentro do número de vagas ofertado no edital, do qual fazia referência à lei declarada inconstitucional. Segundo os concorrentes, eles foram aprovados para o quadro de saúde do Corpo de Bombeiros e não para o órgão extinto.

Concurso Bombeiros AL 2020

Apesar das questões na esfera da Justiça, a expectativa é que o novo concurso seja liberado no primeiro semestre de 2020. Sem concursos há quase 10 anos, ainda não foi informada a quantidade de vagas disponíveis no concurso Bombeiros AM 2020.

Porém, em informação divulgada pela Folha Dirigida, a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou que um levantamento para verificar a atual situação do quadro do efetivo do CBM AM está em andamento.

A partir do levantamento, as próximas etapas do certame começam a ser desenvolvidas, como escolha da banca organizadora e divulgação de cronograma. Em março de 2017, quando foi anunciado o concurso, o então governador do estado, José Melo, ressaltou a grande necessidade de completar o quadro de servidores do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, que está em situação reduzida.

A necessidade de concursos públicos na área de Segurança Pública também foi pauta do ex-governador, Amazonino Mendes. Assim como o estadista anterior, ele reforçou a preocupação com os concursos da área.

Portanto, os aspirantes a este concurso devem esperar uma boa quantidade de oportunidades. Um dos cargos de maior procura e, com provável maior número de vagas, é o de soldado. Vagas para oficiais não devem ficar de fora do certame. Caso mantenha essa previsão, as vagas deverão ser para nível médio e superior.

Último concurso Bombeiros AM

Lançado em 2009, o certame ofertou 1.239 vagas para os cargos de soldado, masculino e feminino, 2º tenente (diversas especialidades), 3º sargento (diversas especialidades) e cabo auxiliar de saúde (diversas especialidades).

As vagas disponibilizadas foram para nível médio e superior. Os candidatos tiveram que passar por três etapas de seleção. A primeira consistiu em aplicação de prova objetiva, de múltipla escolha e, caráter eliminatório e classificatório.

Na segunda etapa, todos os candidatos passaram por exames médicos, de caráter unicamente eliminatório. Já na terceira, os candidatos considerados aptos nas etapas anteriores foram submetidos a testes de capacidade física, de caráter eliminatório.

Dentro do limite de vagas, os candidatos aprovados em todas as etapas foram considerados aptos a se matricular no Curso de Formação Profissional. Em caso de candidatos aprovados além da quantidade de vagas, houve formação de cadastro de reserva.

Para matrícula no Curso de Formação Profissional foram observados os seguintes requisitos:

  • Ser brasileiro nato;
  • Certificado de quitação militar;
  • Certificado de quitação eleitoral;
  • Idade mínima de 18 anos e máxima de 37 anos para os cargos de 3º Sargento, Cabo e Soldado e mínima de 18 anos e máxima de 40 anos para 2º Tenente;
  • Não ter sido condenado perante as justiças criminais, comuns ou militares, seja na esfera federal ou estadual;
  • Outros requisitos específicos para militares ativos, em situação de reserva, dispensa se serviço militar descritos com detalhes no edital;

O concurso foi válido por dois anos, e prorrogado por mais dois anos depois da data de homologação, conforme previsto no Edital concurso Bombeiros AM 2009.

Cargos e Salários

No último edital foram oferecidas vagas para diferentes cargos em nível médio e superior. As jornadas de trabalho e os salários foram oferecidos foram:

  • Segundo Tenente – R$ 4.147,77 + gratificação de atividade médica – 36h semanais em regime de plantões
  • Terceiro Sargento – R$ 2.534,05 – 24/48 horas em regime de plantões
  • Cabo Auxiliar de Saúde – R$ 1.839,39 – 24/48 horas em regime de plantões
  • Soldado – R$ 1.512,86 – 24/48 horas em regime de plantões

Prova e conteúdo programático concurso Bombeiros AM

Com a iminência de abertura de um novo edital, concorrentes que estão estudando há algum tempo saem na frente na hora de participar das avaliações. O próximo certame ainda não tem uma banca definida, mas os candidatos podem basear os estudos também no que foi cobrado na última prova.

O último certame do Corpo de Bombeiros do Amazonas foi realizado pela Comissão Permanente de Concursos – COPEC, do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas.

Na prova objetiva, para todos os candidatos, foram aplicadas 60 questões de conhecimentos gerais e específicos, de acordo com o cargo pretendido.

Concorrentes a vagas de soldado fizeram apenas prova de conhecimentos gerais, com questões dispostas da seguinte maneira:

  • Matemática (20)
  • Língua Portuguesa (20)
  • História do Brasil e do Amazonas (10)
  • Geografia do Brasil e do Amazonas (10)

Candidatos aos cargos de 2º Tenente nas especialidades de Médico Clínico, Pediatra e Ortopedista as questões foram organizadas em:

  • Língua Portuguesa (10)
  • Conhecimentos gerais de medicina e medicina de emergência (30)
  • Conhecimentos específicos da área (20)

E por último, concorrentes aos cargos de 2º Tenente, 3º Sargento Auxiliar de Saúde e Cabo Auxiliar de Saúde responderam às seguintes questões:

  • Língua Portuguesa
  • Conhecimentos específicos da área

Foram observados pesos diferentes para as pontuações das questões de acordo com cada área de conhecimento e vaga desejada. Para aprovação, os candidatos deveriam acertar no mínimo 50% da prova sem obter nota 0 (zero) em nenhuma matéria.

Inscrições concurso Bombeiros AM

Como o cronograma do concurso que está previsto ainda não foi lançado, os candidatos podem ter uma ideia sobre os valores e duração do período de inscrições, a partir do último edital. As inscrições do últimos concurso para Bombeiros AM foram realizadas exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico da banca organizadora (www.concursoscopec.com.br).

A taxa de recolhimento para inscrições foi fixada no valor de R$ 80,00 para candidatos de ensino médio e R$ 100,00 para nível superior. Candidatos amparados por leis de isenção, puderam fazer o requerimento de dispensa da taxa.

Concurso Bombeiros AM: Governador autoriza realização!
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário