Concurso Bombeiros AP 2019: Novo edital foi anunciado pelo governador

Sem novas seleções desde 2012 o Corpo de Bombeiros Militar do Amapá terá um novo concurso em 2019.

Concurseiros amapaenses têm uma boa chance de ingressar em um carreira pública por meio das vagas do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM AP). Para realizar contratações para o seu quadro efetivo, a corporação necessita realizar concursos públicos.

O último foi aberto em 2012, contando com vagas para soldado combatente, músico e oficial. Desde então, mais de seis anos se passaram, fazendo com que a ansiedade para a abertura de uma nova seleção seja cada dia maior.

A boa notícia é que o próximo concurso Bombeiros AP será realizado em breve. No dia 6 de dezembro de 2018 o governador do estado, Waldez Goés, anunciou que em 2019 haverá novo certame para a corporação.

Com o anúncio do novo edital, vale frisar que estabelecer preparação consistente é indispensável para conquistar uma vaga. Portanto, conheça os principais detalhes da seleção e comece a sua rotina de estudos o quanto antes.

Concurso Bombeiros AP 2019

Um dos certames mais aguardados no estado, finalmente, o concurso Bombeiros AP 2019 será realizado. O anúncio foi feito pelo governados do estado, Waldez Goés. Apesar de ter afirmado que o edital sairá em 2019, o líder do executivo não deu detalhes sobre a quantidade de vagas e cargos contemplados pela seleção.

O concurso, assim como a entrega de novos quarteis, formação continuada e promoções, fazem parte das ações de valorização do CBM AP.

Não há data para a liberação do regulamento, uma vez que, antes disso é necessário formalizar a autorização, constituir a comissão interna, escolher a banca organizadora e definir detalhes do edital e cronograma. Tal processo leva algum tempo até ser finalizado.

Por conta do tempo decorrente desde a publicação do último edital, as expectativas para a autorização do concurso Bombeiros AP era grande. A ansiedade ganhou proporções ainda maiores quando corporações de várias regiões do país anunciaram seus editais.

Em 9 de março de 2018 o governador do estado assinou um Projeto de Lei de Organização Básica do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá. No mesmo dia foi reforçada a intenção de reforçar a segurança pública do estado.

Saem na frente aqueles candidatos que já possuem uma boa rotina de estudos. Assim, para buscar uma boa colocação, comece a se preparar o quanto antes, principalmente com base em editais e provas anteriores.

Concurso Bombeiros AP 2012

Publicado em janeiro daquele ano, o concurso Bombeiros AP 2012 abriu três editais distintos. Juntos, eles somaram 230 oportunidades, sendo 170 para soldado combatente, 30 para soldado músico e 30 para oficial.

Para concorrer a uma das oportunidades, os candidatos tiveram que comprovar graduação de nível superior, idade mínima de 18 e máxima de 30 anos, além de altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens, entre outros.

O concurso público foi realizado pela Secretaria de Estado de Administração – SEAD e executado pela Fundação Universa. Os candidatos inscritos foram avaliados por meio das etapas a seguir:

  • Prova objetiva
  • Exame de saúde
  • Exame de capacidade física
  • Análise documental
  • Prova de aptidão (somente para a carreira de soldado músico)

Concorrentes aprovados em todas as etapas para as vagas de soldado foram considerados aptos a se matricular no Curso de Formação de Soldado Combatente ou Soldado Músico, com duração de seis meses. Aqueles que foram aprovados para a carreira de oficial se matricularam no Curso de Formação de Oficiais Combatentes, cuja duração foi de três anos.

Na ocasião, foram registrados 5.539 inscritos, sendo 2.984 para soldado combatente, 62 para músico e 2.493 para oficial.

A contar da data de publicação da homologação do resultado final o certame teve validade de 12 meses, prorrogáveis por mais 12 meses. Outros detalhes podem ser acessados nos editais, disponíveis pelos links a seguir:

Edital concurso Bombeiros AP (soldado combatente)

Edital concurso Bombeiros AP (soldado músico)

Edital concurso Bombeiros AP (oficial combatente)

Quanto ganha um Bombeiro no AP?

Essa é uma das perguntas mais frequentes para quem intenciona ingressar na corporação. De acordo com o último edital, publicado em 2012, durante a formação, os soldados em formação tinham salário de R$ 1.240,06. Ao término do período, o vencimento inicial previsto era de R$ 2.027,66.

Já os oficiais, durante os três anos de formação tinham remuneração de R$ 3.186,01. Findado este período, na condição de aspirante a oficial, o salário previsto era de R$ 4.461,57.

Contudo, por conta do tempo passado desde a abertura das últimas vagas, o novo edital deve contar com valores atualizados.

Prova concurso Bombeiros AP

Na primeira fase todos os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, contendo 50 questões de múltipla escolha sobre as matérias abaixo:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Física
  • Química
  • Biologia
  • História
  • Geografia

Outra etapa importante do concurso Bombeiros AP 2012 foi o exame de capacidade física. Ele constou dos seguintes exercícios:

  • Testes de força para membros superiores e cintura escapular: flexão e extensão de cotovelos na barra fixa e flexão e extensão de cotovelos com apoio de frente sobre o solo (flexão de braço).
  • Teste de força, coordenação motora e agilidade de membros inferiores: salto em distância e salto em altura.
  • Teste de resistência abdominal: abdominal tipo remador.
  • Teste de velocidade de deslocamento: corrida de 50 metros.
  • Teste de resistência aeróbia: corrida de 12 minutos.
  • Teste de deslocamento no meio liquido: natação – 100 metros.

Inscrições concurso Bombeiros AP

Um dos pontos mais esperados pelos candidatos é a abertura das inscrições. As solicitações serão enviadas exclusivamente pela internet, pelo site da organizadora, que deve ser definida em breve.

A taxa de inscrição do último concurso foi fixada em R$ 68,00 para todas as  carreiras.

Concurso Bombeiros AP 2019: Novo edital foi anunciado pelo governador
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário