Concurso Polícia Civil – PC AL 2018: Autorização publicada no Diário Oficial

Certame foi anunciado no início do ano passado e deverá ofertar oportunidades para agente, escrivão e delegado, com iniciais de até R$ 14 mil.

Sem realizar concursos desde 2012, a Polícia Civil de Alagoas (PC AL) deverá ganhar reforços em breve. Foi publicada no Diário Oficial do Estado a autorização para a realização de concurso para a PC AL.

O quantitativo e os cargos ainda não foram divulgados. Agora, o próximo passo é atender à solicitação de fazer um levantamento sobre a atual situação dos quadros das delegacias do estado. Depois de ter ciência da atual situação, será discutido de acordo com o orçamento do estados as funções e a quantidade de vagas disponibilizadas pelo edital.

O concurso foi incluído na Lei aprovada, no final de 2016, pelo governador do estado para normatizar os certames realizados em Alagoas. O texto da Lei 7.858 rege quanto a diversos pontos, dentre eles, o prazo mínimo de 30 dias para inscrições, contados a partir da liberação do edital; além de vetar a realização de concursos com necessidade de pessoal inferior a 5% do quadro.

A Lei 7.858 também prevê a reserva de 20% das vagas para pessoas com deficiência e isenção de taxas de inscrição para candidatos desempregados, inscritos em programas governamentais de assistência e doadores de sangue.

Concurso PC AL – 2018

O concurso PC AL teve autorização enviada ao gabinete civil em dezembro de 2016. Foram solicitadas 300 vagas distribuídas entre as carreiras de agente (200), delegado (20) e escrivão (80). As três carreiras exigem graduação, sendo específica em Direito para delegado.

O governador do estado, Renan Filho, garantiu a realização de concursos em 2017, porém, o certame da PC AL acabou não acontecendo. Portanto, a expectativa é de que o edital seja lançado neste ano, mesmo porque a corporação não realizada certames há seis anos.

O concurso PC AL 2018 deverá avaliar seus candidatos por meio de provas objetivas e discursivas; avaliações prática e de capacidade física; avaliação psicológica e prova de títulos; investigação social, pessoal e exames médicos. Os aprovados passarão, ainda, pelo Curso de Formação Policial.

Cargos, salários e atribuições

O concurso deverá ofertar vagas nas carreiras de delegado, agente  e escrivão. Abaixo, seguem mais detalhes acerca de cada cargo.

Delegado: exige graduação específica em Direito. Tem, dentre suas principais atribuições, executar atividades de direção, supervisão, coordenação, planejamento, orientação, execução e controle da administração da polícia judiciária,  investigações e operações policiais, instaurar e presidir procedimentos policiais. Remuneração inicial média de R$ 14 mil.

Escrivão: deve ter concluído ensino superior em qualquer área. Dentre suas principais funções, estão cumprir as formalidades processuais; lavrar termos, autos e mandados dentro dos prazos necessários aos procedimentos policiais de investigação, dentre outras. Remuneração inicial média de R$ 3.800,00.

Agente: exige formação de nível superior em qualquer área. Dentre suas atribuições, estão investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dentre outras. Remuneração inicial média de R$ 3.800,00.

Uma observação quanto à remuneração para agente e escrivão: o governo sancionou lei que reajusta os salários para as duas categorias. Dependendo do tempo de serviço e cursos de formação, o salário pode chegar a R$ 10.763,58.

Os servidores da Polícia Civil de Alagoas cumprem jornada de 40h semanais.

Concurso PC AL – 2012

O último concurso realizado pela PC AL foi no ano de 2012, tendo o Cespe/Unb como banca organizadora. O certame ofereceu vagas para escrivão (120), delegado (40) e agente (240). Foram contabilizadas 18.879 inscrições.

Os candidatos passaram por provas objetivas, discursivas e de capacidade física (todos os cargos), prática de digitação (escrivão), avaliação de títulos (delegado), além de avaliação psicológica, investigação social e de conduta pessoal, finalizando com exames médicos. Os aprovados foram matriculados no Curso de Formação Policial.

A quarta turma dos candidatos aprovados foi convocada em janeiro de 2018. Nesta convocação, nove candidatos remanescentes para o cargo de agente foram matriculados no curso de formação. Segundo noticiado em jornais locais, as convocações acontecem após polêmica envolvendo chamada de 91 aprovados quando o previsto eram, apenas, 61.

Provas Concurso PC AL

O edital do Concurso ainda não foi publicado, mas, o candidato poderá adiantar seus estudos, tendo em vista a alta expectativa em torno de sua realização. Os preparativos podem ser iniciados pelo edital anterior. As etapas intelectuais constaram de provas objetivas e discursivas. Houve, ainda, aplicação de prova prática para escrivão. As etapas foram, assim, aplicadas:

Agente:

Delegado:

Escrivão:

Maiores detalhes sobre o certame presentes em seu edital.

Sobre a banca organizadora

Ainda não há informações quanto à banca organizadora do próximo concurso. No entanto, podemos traçar um breve perfil da responsável pelo certame anterior, o Cebraspe (Cespe/Unb).

  • Conhecida pela regra de “uma resposta errada anula uma certa” – portanto, o ideal é não “chutar” respostas sobre as quais não tenha certeza
  • Exige a compreensão global do conteúdo programático, e não disciplinas decoradas. Por isso, o alto nível de preparo das provas
  • Provas de Português cobram atualidades por meio de textos de autores conhecidos ou retirados da internet
  • Comum a cobrança de conceitos de internet, navegador explorer e pacotes office
  • Tem bibliografias preferidas nas provas de Direito, como Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes e José dos Santos Carvalho Filho
  • Cobra bastante conteúdo de Jurisprudência

Para verificar provas anteriores, acesse: http://www.cespe.unb.br/concursos/

Inscrições Concurso PC AL – 2018

O certame já está oficialmente autorizado. Por isso, deverá ter seu edital divulgado em breve. Seguindo a lei estadual aprovada em 2016, a partir da publicação do edital, as inscrições podem ser lançadas em até 30 dias. Por isso, o candidato deve intensificar seus estudos e ficar atento aos próximos comunicados.

Concurso Polícia Civil – PC AL 2018: Autorização publicada no Diário Oficial
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário