Concurso PC PB – 2018: Previsão de aposentadorias exigem novo certame

Concurso PC PB pode estar próximo! Quase 700 servidores, entre policiais e delegados, deverão se aposentar neste ano, agravando o déficit no quadro funcional.

Quase dez anos sem realizar concurso público e previsão de quase 700 aposentadorias. Este é o cenário enfrentado, atualmente, pela Polícia Civil da Paraíba (PC PB). Além do hiato desde o último certame, as contratações de últimos remanescentes datam de 2015.

Portanto, a realização do Concurso PC PB 2018 é urgente! O objetivo é reoxigenar o quadro funcional e evitar que os serviços prestados à população sejam prejudicados.

Vale lembrar que, apesar do déficit no quadro funcional, a PC PB se destaca em operações investigativas. Recentemente, a corporação deflagrou a Operação Panoptes, que investiga a atuação de quadrilhas no esquema conhecido como Máfia dos Concursos.

Concurso PCPB 2018

Em entrevista concedida em novembro de 2017, o presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil da Paraíba, Steferson Nogueira, alertou sobre dados preocupantes. Segundo ele, a previsão é de 90 delegados e cerca de 500 policiais ativos da corporação se aposentem. No quadro de delegado, o montante corresponde a 60% de seu efetivo.

A situação não é recente. Dados divulgados em 2013, pelo Jornal da Paraíba, dão conta de que o quadro dos funcionários da polícia civil do Estado deveria ser de 8530, porém, o real número é 1800 policiais civis em operação.

Por isso, é grande a expectativa em torno da autorização do Concurso PC PB 2018. Como o tempo decorrido desde a realização do último certame é grande, praticamente, todos os cargos podem ser contemplados.

Ao ser autorizado, o certame deverá avaliar os candidatos por meio de provas objetivas, discursivas, práticas de digitação, teste de capacidade física, avaliações médicas e psicológicas, prova de títulos e investigação social. As etapas podem variar conforme o cargo pretendido.

Cargos, salários e atribuições

Como mencionado, o hiato desde a realização do último concurso é grande. Portanto, há grandes chances de o próximo edital contemplar boa parte do quadro funcional da PC PB. Vejamos detalhes das principais carreiras.

  • Agente: exige formação de nível superior em qualquer área. Tem, dentre suas funções, operação de equipamentos de comunicação; condução de viaturas policiais e zelar por sua manutenção; realizar diligências, investigações e prisões (em flagrante ou por mandado); entrega de correspondências e intimações; dentre outras. Remuneração inicial média de R$ 4.700,00, cumprindo jornada de 40h semanais.
  • Escrivão: exige graduação em qualquer área. Entre suas atribuições, estão a condução de viaturas (se necessário); execução de trabalhos cartorários; expedição de certidões e cópias de documentos; dentre outras. Remuneração inicial média de R$ 4.700,00, cumprindo jornada de 40h semanais, cumprindo jornada de 40h semanais.
  • Delegado: exigem formação de nível superior em Direito. Entre suas atribuições, estão o planejamento, programação, organização, direção, coordenação, supervisão e controle das atividades de polícia judiciária, apuração de infrações penais e polícia administrativa.  Remuneração inicial prevista de R$ 8.900,00, cumprindo jornada de 40h semanais.
  • Perito: exige formação de nível superior na área específica de atuação, além de possível registro em órgão de classe. O perito exerce atividades periciais nos em laboratório e locais de crime, elaborando relatórios de análises, assim como zelar pela guarda de provas e evidências. Remuneração inicial média de R$ 6.444,00.

Vale lembrar que as remunerações estão sujeitas a alterações e reajustes.

Concursos PCPB 2008

O último concurso realizado pela PC PB foi na data de 2008, tendo o Cespe/Unb como banca organizadora. O certame ofertou 1.162 vagas distribuídas entre cargos de níveis médio e técnico, conforme descrito abaixo:

  • Nível Superior:
    Delegado de Polícia – 33 vagas
    Perito Oficial Criminal – 35 vagas
    Perito Oficial Químico Legal – 16 vagas
    Perito Oficial Médico-Legal – 26 vagas
    Perito Oficial Odonto-Legal – 16 vagas
    Agente de Investigação – 569 vagas
    Escrivão de Polícia – 214 vagas
  • Nível Médio:
    Papiloscopista – 05 vagas
    Técnico em Perícia – 24 vagas
    Necrotomista – 24 vagas
    Motorista Policial – 200 vagas

O certame selecionou os candidatos por meio de provas objetivas, discursivas, práticas de digitação, teste de capacidade física, avaliações médicas e psicológicas, prova de títulos e investigação social.

O concurso teve validade de dois anos, após sua homologação, passível de prorrogação por igual período. Em 2015 o governo do Estado nomeou 30 aprovados na Polícia Civil do Estado. A lista com um perito criminal, dois técnicos em perícia e 27 agentes de investigação foi publicada no Diário Oficial do Estado.

Provas Concurso PCPB

A expectativa em torno da realização do certame é grande, portanto, os candidatos devem adiantar seu processo preparatório. O ideal é basear-se no que foi aplicado no concurso anterior.

No Concurso PC PB 2008, foram aplicadas provas objetivas, discursivas, práticas de digitação, teste de capacidade física, avaliações médicas e psicológicas, prova de títulos e investigação social.

Os conteúdos foram, assim, divididos:

http://www.cespe.unb.br/concursos/PCPB2008/arquivos/EDITAL_01_2008___POLICIA_CIVIL___REPUBLICAO_POR_INCORREO.PDF

Voltar ao topo

Deixe um comentário