scorecardresearch ghost pixel

Concurso PC RN 2020: Sai edital com 301 vagas em diversos cargos; Ganhos de até R$ 25 mil

Postos exigem nível superior como requisito básico, com exceção da função para delegado, que requer formação em Direito.

Boa notícia! O novo concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PC RN) teve finalmente seu edital divulgado. O documento foi publicado no Diário Oficial da União do Estado do Rio Grande do Norte do dia 25 de novembro de 2020.

O certame já havia iniciado os trâmites burocráticos em 2016, porém, devido uma série de entraves, sua abertura não foi concretizada. Anteriormente, atos decisórios praticados pela comissão, o que inclui o processo de escolha da banca organizadora do concurso, foram iniciados e estavam em andamento.

No entanto, em novembro de 2018, houve a publicação de um termo que revogava os procedimentos licitatórios. Várias irregularidades foram encontradas na formação do certame, incluindo a presença de uma estagiária como membro da comissão interna.

Após a emissão do Ministério Público do estado de uma recomendação para que todos os procedimentos fossem reiniciados, os processos tiveram que começar do zero novamente. Isso foi preciso para que o certame pudesse ocorrer legalmente e dentro das normas administrativas.

Em novembro de 2019, foi informado que em breve seria divulgado o nome da empresa vencedora para organizar o certame para provimento efetivo da corporação, o que não aconteceu. Além disso, a delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, havia informado que a intenção era lançar o edital em abril deste ano. Porém, com a pandemia de coronavírus, as decisões tiveram de ser postergadas.

Concurso PC RN 2020

O novo concurso PC RN teve o edital de abertura divulgado na oferta de 301 vagas, que por sua vez, estão distribuídas da seguinte forma:

  • Delegado: 47;
  • Escrivão: 24; e
  • Agente de Policia: 230.

Todos os cargos exigem nível superior como requisito básico. No caso das vagas de delegado, em especial, a formação deve ser em Direito. Além disso, os candidatos também deverão possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) expedida pelo órgão de trânsito competente, com categoria B ou superior.

No que se refere aos ganhos, para o cargo de delegado, o salário inicial é de R$ 16.670,59 que, ao final da carreira, atinge o patamar de R$ 25.632,97. Para os cargos de agente e escrivão, o salário inicia em R$ 4.731,91 e chega ao final em  R$ 10.468,63. Tais vencimentos são pertinentes a uma jornada de 40 horas com possibilidade de revezamento.

Juntamente aos excelentes salários, são oferecidas gratificações para Chefia de Investigação e Chefia de Cartório, além dos adicionais por tempo de serviço e de férias.

Sobre as etapas de seleção, ao todo são seis fases, a saber:

  • Provas objetivas;
  • Provas discursivas;
  • Avaliação física (exceto para o cargo de escrivão);
  • Prova prática (somente para o escrivão);
  • Exame psicotécnico; e
  • Curso de Formação.

As provas objetivas têm previsão de aplicação no dia 7 de março, das 8h às 13h30, no caso do posto de agente e escrivão, e das 8h às 12h30, para quem almeja a posição de delegado. Sobre o local de realização do exame, foi escolhida a capital Natal como sede das seleções.

Aumento no quantitativo de aprovados

A governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), sancionou a Lei Complementar nº 673 que modifica a Lei Orgânica e o Estatuto da Polícia Civil. Dessa forma, o concurso PC RN terá um quantitativo maior de candidatos aprovados na prova objetiva, aptos a realizarem as etapas conseguintes do certame. De acordo com o dispositivo:

“Serão convocados para participar do Curso de Formação Profissional Policial, quinta etapa do certame, até três vezes o número de vagas constante do edital do concurso público deflagrado, compreendido neste os candidatos habilitados até a quarta etapa do concurso, de acordo com o cargo objeto de inscrição”.

Nesse caso, a concorrência também foi ampliada. Para a governadora, quanto maior o número de candidatos, menores serão as limitações de ordem operacional, evitando assim que o preenchimento das vagas seja afetado. Vale destacar que a mandatória será aplicada à área policial da corporação.

Provas, etapas e conteúdo concurso PC RN 2020

Ao todo, a prova objetiva contará com 100 questões, distribuídas da seguinte maneira:

Agente e Escrivão

  • Língua Portuguesa (20 perguntas);
  • Raciocínio Lógico-Matemático (dez);
  • Noções de Informática (dez);
  • Noções de Administração (dez);
  • Noções de Contabilidade (dez);
  • Noções de Direito Constitucional (dez);
  • Noções de Direito Penal, Processual Penal e Legislação Extravagante (15);
  • Noções de Direito Administrativo (dez); e
  • Noções de Medicina Legal (cinco).

Delegado

  • Direito Constitucional (15);
  • Direito Penal (15);
  • Direito Processual Penal (15);
  • Legislação Penal e Processual Penal Extravagante (15);
  • Direito Administrativo (15);
  • Direito Financeiro e Tributário (cinco);
  • Direito Ambiental (cinco);
  • Medicina Legal (cinco);
  • Criminalística (cinco); e
  • Criminologia (cinco).

O candidato deverá acertar, no mínimo, 50 questões para ser aprovado. Apenas os primeiros 600 aprovados no cargo de delegado, via ampla concorrência, terão as provas discursivas corrigidas. Já no caso dos cargos de agente e escrivão, serão corrigidas apenas as avaliações dos primeiros 1.500 e 600 selecionados, respectivamente, também inseridos na categoria de ampla concorrência.

Prova Discursiva

No último certame, na etapa que engloba a Prova Discursiva, os candidatos foram submetidos a elaboração de um texto de, no máximo, 30 linhas, valendo 10 pontos. Aqui, são avaliados critérios como conteúdo, conhecimento do tema, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

Avaliação Física

Por fim, há a avaliação física do concurso PC RN, que é formulada a partir das seguintes etapas:

Inscrições concurso PC RN 2020

Interessados em participar do novo concurso PC RN devem ficar atentos ao prazo das inscrições, que acontecem a partir das 14h do dia 27 de novembro e permanecem abertas até as 16h da data de 21 de dezembro, por meio do site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora.

Para participar, os candidatos deverão desembolsar uma quantia referentes à taxa de inscrição do certame, nos valores de R$ 120 (para agente e escrivão) ou R$ 150 (para delegado). O prazo para solicitar isenção da cobrança será entre os dias 27 de novembro a 1º dezembro.

Para mais informações, acesse:

Concurso PC RN 2008 – Último edital trouxe 438 vagas

Realizado há 12 anos, o último concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte ofertou 438 vagas para as carreiras previstas, ou seja, delegado, agente e escrivão. Todas as carreiras exigem superior completo, sendo específico em Direito para delegado. O certame contou com o Cebraspe como banca organizadora.

Os candidatos foram avaliados a partir das seguintes etapas:

  • Prova escrita objetiva (conhecimentos básicos e específicos);
  • Prova escrita discursiva;
  • Avaliação física;
  • Exame psicotécnico;
  • Curso de Formação.

Apesar de não realizaram prova de avaliação física, concorrentes às vagas de escrivão, em especial, foram submetidos a teste prático de digitação. Enquanto as duas primeiras tiveram caráter classificatório e eliminatório, as demais etapas, apenas eliminatório. Todas as fases foram realizadas na capital do estado, Natal.


Voltar ao topo

Deixe um comentário