Concurso Polícia Federal: 3 mil vagas são esperadas!

Concurso PF 2020 abrange carreiras a nível médio e superior, nas áreas policial, administrativa e outras. Remunerações chegam a R$ 12 mil.

O ingresso em uma carreira na Polícia Federal (PF) é, sem dúvida, o grande sonho de muitos concurseiros. O prestígio e credibilidade da corporação, aliado às remunerações e benefícios, fazem deste concurso um dos mais concorridos do país.

Publicado no Diário Oficial de 15 de junho, o último edital ofertou 500 vagas de nível superior em diversos cargos. As provas objetivas e discursivas, conforme retificação, foram realizadas em setembro de 2018.

Apostilas preparatórias: Delegado de Polícia FederalAgente de Polícia Federal e Agente Administrativo

Atualmente, todas as fases do último concurso foram concluídas. Segundo o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, 1.200 aprovados serão chamados para o curso de formação. O quantitativo será igualmente distribuído em duas turmas: uma para 2019 e outra para 2020.

Segundo a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), a corporação registra um déficit de 4.330 servidores. Assim, as 180 vagas oferecidas no edital de 2018 não foram capazes de solucionar a problemática.

Concurso Polícia Federal 2020

As expectativas do concurso Polícia Federal 2020 são grandes. Isso é levado em conta pela enorme vacância e aposentadorias previstas. Na área administrativa, por exemplo, dos cerca de 3 mil servidores que estão na ativa, 679 já reúnem condições para entrar com pedido de aposentadoria.

Recentemente, no dia 29 de janeiro, o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Paiva, revelou que um pedido foi enviado ao governo solicitando autorização para seleção com 3 mil vagas.

“Nosso diretor-geral pediu mais 3 mil vagas de concurso. Nós esperamos que seja atendido, pelo menos, paulatinamente, abrindo algumas vagas agora e outras depois”, disse Edvandir.

Em entrevista à Folha Dirigida, o vice-presidente da ADPF, Luciano Leiro, confirmou que o pedido para as 3 mil vagas está sendo analisado pelo Ministério da Economia.

“Elas estão distribuídas por todos os cargos. Nós já temos essa quantidade de vagas, quase que um terço do efetivo total. Há 10.800 policiais hoje e temos 14 mil vagas. Ou seja, a diferença está solicitada pelo diretor-geral”, ressaltou.

Em 2019, a Polícia Federal havia confirmado um dos concursos solicitados ao Ministério da Economia com oferta de 600 vagas de agente policial. A exigência para concorrer ao cargo é possuir nível superior em qualquer área e carteira de habilitação. A remuneração inicial é de R$ 12.441,26.

Contudo, a Fenapef negou a afirmação da PF e disse que as 600 vagas serão distribuídas entre os cargos de agente, incluindo administrativo e policial. As remunerações iniciais para agente administrativo é de R$ 4.710,76.

Além disso, segundo informações da Folha Dirigida, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Antônio Boudens, confirmou em agosto um pedido para área de apoio, com 234 vagas. Também foi confirmado, ainda, o envio de pedido para o cargo de agente administrativo. Para o cargo, a exigência é nível médio. A remuneração é de R$ 4.710,76 mensais.

Carreira Requisitos Remuneração
Agente administrativo Nível médio  R$4.710,76
Agente policial Nível superior e CNH R$12.441,26

Em resumo, em dois pedidos de 2019 já são 834 vagas esperadas. As oportunidades abrangem áreas policial (600) e administrativa e outras (234) – nível médio e superior. Por isso, vale a pena manter-se informado a respeito das seleções da Polícia Federal. A expectativa é que o novo edital seja liberado logo nos primeiros seis meses de 2020.

Concurso Polícia Federal 2018 – Concurso PF 2018

Divulgado no mês de junho, o concurso PF 2018 ofertou inicialmente 500 vagas de nível superior divididas entre as carreiras abaixo:

  • Perito criminal federal (60 vagas);
  • Delegado de Polícia Federal (150 vagas );
  • Papiloscopista (30 vagas);
  • Escrivão de Polícia Federal (80 vagas);
  • Agente da Polícia Federal (180 vagas).

Os salários ofertados variaram entre R$ 12.940,69 e R$ 22.672,48. As jornadas de trabalho são de 40 horas semanais, em regime de dedicação exclusiva. Aprovados que forem lotados em áreas fronteiriças recebem ainda o Adicional de Fronteira, que é de R$ 91,00 por dia de trabalho, o que pode render até R$ 2 mil mensais.

Para concorrer às vagas de delegado foi preciso ter graduação superior em Direito, além de, ao menos, três anos de atividade jurídica comprovadas, após a colação de grau. As vagas de perito criminal foram específicas para 14 áreas, entre elas, Medicina, Engenharia (Civil, Elétrica, Agronômica), Química, Farmácia, Informática, entre outras. O requisito de escolaridade para as demais carreiras é formação superior em qualquer área de atuação.

A avaliação dos candidatos foi composta por:

  1. Provas objetivas e discursivas (aplicadas no mesmo dia);
  2. Teste de aptidão física (TAF);
  3. Exame médico;
  4. Avaliação psicológica (psicotécnico).

De acordo com a retificação do edital, a data de aplicação das provas teóricas foi alterada para o dia 16 de setembro de 2018. Houveram locais de prova em todas as capitais brasileiras, além do Distrito Federal.

Veja mais informações: Edital concurso PF 2018.

Histórico concurso Polícia Federal 2018

Confirmando as expectativas, o Cebraspe/Unb foi o responsável técnico pela execução do certame. A portaria autorizativa foi publicada na edição de 20 de abril do Diário Oficial da União. O concurso teve o objetivo de reestruturar o efetivo da PF, que sofre com o déficit de profissionais. Além disso, o certame anterior para agente foi realizado em 2014 e, em 2013, para delegado e escrivão.

O déficit trouxe nova preocupação no início de março. No dia 4 do referido mês, PF tornou-se responsável pela investigação de crimes virtuais contra mulheres. O sindicato da categoria enxerga a incumbência como louvável e reflexo da confiança no trabalho da legislação.

Remunerações e benefícios Polícia Federal

Com a publicação da Lei 13.371/2016, que prevê reajuste salarial para as carreiras da Polícia Federal, os vencimentos tiveram um aumento considerável. As parcelas de aumento foram dividas em três anos, e em janeiro de 2019 passaram a ser: 

  • Delegados e Peritos – Classe Especial R$ 31.394,91
  • Delegados e Peritos – Primeira Classe R$ 28.304,74
  • Delegados e Peritos – Segunda Classe R$ 23.000,00
  • Agentes e Escrivães – Classe Especial R$ 19.109,79
  • Agentes e Escrivães – Primeira Classe R$ 15.725,27
  • Agentes e Escrivães – Segunda Classe R$ 12.940,69

Para todos os cargos, a jornada de trabalho é de 40h semanais, em regime de dedicação exclusiva.

Prova e conteúdo programático concurso Polícia Federal

A primeira fase do concurso PF 2018 foi composta pelas provas de caráter teórico. Os exames foram aplicados no dia 16 de setembro de 2018. De acordo com o edital elas versaram sobre o conteúdo programático abaixo

Agente de Polícia Federal: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática e Contabilidade Geral.

Delegado: Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Internacional Público e Cooperação Internacional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Direito Previdenciário e Direito Financeiro e Tributário.

Escrivão de Polícia: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática, Contabilidade Geral e Arquivologia.

Papiloscopista: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico, Informática, Arquivologia, Biologia, Física e Química.

Perito Criminal: Língua Portuguesa, Informática, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos de acordo com a área do cargo.

Últimos concursos da Polícia Federal

O último concurso para agente da Polícia Federal havia sido realizado em 2014, sob organização do Cebraspe, com abertura de 600 vagas. Os candidatos foram submetidos a provas objetiva, discursiva, aptidão física e avaliações médicas e psicológicas. Os aprovados passaram, ainda, pelo Curso de Formação Profissional.

Apostilas preparatórias: Delegado de Polícia FederalAgente de Polícia Federal e Agente Administrativo

Em 2013, também pelo Cespe/Unb, a corporação abriu certame para provimento de 564 vagas entre agentes administrativos (nível médio) e cargos em nível superior (Administrador, Arquivista, Assistente Social, Contador, Engenheiros Civil, Eletricista e Mecânico, Psicólogo. A avaliação foi feita por meio de provas objetiva e discursiva.

Já em 2012, a mesma banca organizou o edital para contratação de 150 vagas no cargo de Delegado, realizado em duas etapas. Na primeira, constando de provas objetivas e discursivas, exames de médico e de aptidão física, avaliação de títulos e prova oral. Os aprovados em primeira fase seguiram para o Curso de Formação.

Últimas provas concurso Polícia Federal

Como visto, os últimos concursos para a Polícia Federal foram organizados pelo antigo Cespe/Unb, atual Cebraspe, com conteúdos e etapas específicos para cada cargo. Os conteúdos para a prova de agente em 2014 foram Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Administração, Contabilidade, Economia, Direito Penal, Administrativo, Processual Penal e Constitucional e Legislação Especial.

Edital: Concurso Polícia Federal 2014 – Edital nº 55 – DFP/DFP

Em 2013, além dos conhecimentos específicos, foram cobrados, para os cargos de nível superior, Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Noções Direito Administrativo e Constitucional. Para os cargos de nível intermediário, também foram cobradas Atualidades. Na redação, também de caráter eliminatório e classificatório, os candidatos tiveram que produzir um texto dissertativo de até 30 linhas com tema proposto pela banca.

Edital: Concurso Polícia Federal 2013 – Edital nº 28 DGP/DPF

Já para o cargo de delegado, o conteúdo programático constava de Direito Constitucional, Administrativo, Penal, Processual Penal, Civil, Processual Civil, Previdenciário, Financeiro, Tributário, Internacional Público, Empresarial e Criminologia.

Edital: Concurso Polícia Federal 2012 – Edital nº 11 DGP/DPF

Concorrência PF – Candidato por vaga concurso Polícia Federal

Em 2018, no último concurso realizado, foram registradas mais de 147 mil inscrições. Confira o detalhamento por cargo:

  • Delegado: 17.816 inscritos / 118,77 candidatos por vaga;
  • Agente: 92.671 inscritos /  514,84 candidatos por vaga;
  • Escrivão: 12.663 inscritos / 158,29 candidatos por vaga;
  • Papiloscopista: 6.452 inscritos / 215,07 candidatos por vaga.

Para perito criminal, a área mais concorrida foi a 12 (medicina), com 1.701 inscritos concorrendo a duas vagas, ou seja, demanda total de 850,50 candidatos por vaga. No certame de 2014, a demanda média de candidatos por vaga para agente foi de 163,50, considerando cotistas e vagas para pessoas com deficiência.

Em 2013, no concurso para cargos de níveis médio e superior, a demanda geral foi de 573,32 candidatos por vaga (veja aqui). Já para delegado, em 2012, a concorrência foi de 310,89 candidatos por vaga (veja aqui).

Inscrições concurso Polícia Federal

No último concurso, os interessados puderam se inscrever entre os dias 19 de junho e 7 de julho de 2018, incluindo a prorrogação. As inscrições foram realizadas pelo site da banca organizadora, o Cebraspe. Confira os valores designados para taxa de inscrição:

  • Agente – R$ 180,00
  • Escrivão – R$ 180,00
  • Papiloscopista – R$ 180,00
  • Perito criminal e delegado – R$ 250,00

O período de inscrições sucede a escolha da comissão e da empresa organizadora. Conforme for aberto novo edital em 2020, os trâmites deverão seguir da mesma forma.

Apostilas preparatórias: Delegado de Polícia FederalAgente de Polícia Federal e Agente Administrativo

Concurso Polícia Federal: 3 mil vagas são esperadas!
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário