Concurso Brigada Militar RS: Saem editais com 190 vagas para soldado e oficial na Saúde

Atualmente a Brigada Militar do RS está com concurso em andamento. Confira informações sobre futuras seleções, editais, inscrições e mais

Ingressar em uma carreira pública está entre os objetivos de muitos por todo o Brasil. Principalmente no que diz respeito às carreiras de Segurança Pública. Uma das instituições que sempre proporciona oportunidades de vagas para ingresso via concurso público é a Brigada Militar do Rio Grande do Sul (Polícia Militar do Rio Grande do Sul).

Em 2018, a corporação ofereceu uma seleção para a carreira de oficial da Polícia Ostensiva e do Corpo de Bombeiros. O certame chegou a ser suspenso, mas depois foi retomado. O resultado da etapa discursiva aconteceu em 17 de maio de 2019.

Prepare-se e tenha a oportunidade de conquistar uma das vagas: Apostila Brigada Militar-RS – Polícia Ostensiva e Bombeiro MilitarCombo Brigada Militar-RS – Polícia Ostensiva e Bombeiro Militar e Curso Online Brigada Militar-RS – Polícia Ostensiva e Bombeiro Militar

Processo seletivo Brigada Militar RS 2020

Foram publicados, em 8 de janeiro de 2020, dois novos editais de processo seletivo para a Brigada Militar do Rio Grande do Sul. O certame destina-se ao Programa de Militares Estaduais de Saúde Temporários. Ao todo, estão sendo oferecidas 190 vagas para soldado e oficial.

Para o primeiro cargo são 145 vagas na função de técnico de enfermagem, sendo 120 para Porto Alegre e 25 para Santa Maria. A investidura requer ensino médio acrescido de curso técnico e registro no respectivo conselho profissional.

As outras 45 vagas são para oficiais temporários, na função de 1º tenente. Há chances para médicos e enfermeiros em diversas especialidades. Os interessados devem ter diploma de graduação, pós-graduação e ainda registro no respectivo conselho profissional.

Os selecionados celebrarão contratos por prazo de dois anos, prorrogáveis por igual período. Interessados em participar tiveram até o dia 22 de janeiro de 2020 para registrar a inscrição, que foi feita por meio do site da Brigada Militar do RS. Foram cobrados pagamento de taxas de R$ 85,63 (soldado) e R$ 195,02 (oficiais).

Candidatos serão avaliados por meio de diversas etapas e fases, divididas da seguinte forma:

Primeira fase:

  • Exame de saúde, eliminatório;
  • Exame de aptidão física, eliminatório;
  • Avaliação psicológica, eliminatório;
  • Prova de títulos, classificatória (apenas para oficial);
  • Entrevista técnica, classificatório.

Segunda fase: 

  • Investigação social;
  • Comprovação das condições de inscrição.

Terceira fase:

  • Curso de adaptação.

Mais informações: Edital Brigada Militar RS 2020 – Oficial e Edital Brigada Militar RS 2020 – Soldado

Concurso Oficiais Brigada Militar RS (PM RS e Bombeiros RS) – 2018

A Polícia Militar do Rio Grande do Sul divulgou, no dia 26 de janeiro de 2018, o edital do concurso para provimento de vagas na Brigada Militar do RS. Na PM RS, são disponibilizadas 200 vagas na carreira de Capitão – QOEM – Polícia Ostensiva as outras 50 são para o Corpo de Bombeiros. A carreira dá direito à remuneração inicial de R$ 11.620,55.

Veja o edital: Concurso Público Brigada Militar RS 2018

Além do salário compensador, a carreira militar garante ao aprovado além de plano de crescimento, estabilidade salarial, benefícios correspondentes a atividade desenvolvidas e além planos de saúde.

Os candidatos foram avaliados por meio de exames intelectuais (provas objetivas, discursivas e de títulos), prova oral, além de exames de saúde, capacitação física e psicológica. As provas da primeira etapa (objetivas e discursivas) tiveram aplicação prevista para o dia 15 de abril.

Contudo, foram adiadas para 17 de fevereiro de 2019 por conta da suspensão. Os exames foram aplicados, somente, na capital, Porto Alegre.

Mais informações podem ser verificadas por meio dos editais (Bombeiros e Polícia Ostensiva).

Suspensão concurso Oficiais Brigada Militar RS – 2018

Com edital divulgado no mês de janeiro, o concurso para Oficiais da Brigada Militar foi suspenso no início de março. A decisão pela interrupção foi do Tribunal de Contas do Estado (TCE RS), que emitiu a medida cautelar.

De acordo com o relator do processo, Algir Lorenzon, a suspensão do concurso estava relacionada com o pagamento da guia de recolhimento do valor da inscrição. De acordo com o edital, o boleto deveria ser pago no Banrisul, instituição presente apenas no estado do Rio Grande do Sul.

Estude com antecedência: Combo Brigada Militar-RS – Polícia Ostensiva e Bombeiro Militar

Assim, candidatos de outros estados estavam impossibilitados de participar da seleção pública. Isso caracteriza restrição ao livre acesso aos cargos públicos. Para estar em conformidade com a lei.

Outro ponto levantado pelo TCE-RS é em relação ao item 3.16 do edital, cujo conteúdo não delimita a idade para candidatos militares estaduais participarem do concurso. Assim, sendo estabelecido como limite máximo de idade, 29 anos, como para os demais candidatos.

Depois de mais de sete meses nessa situação, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) concedeu liminar derrubando a decisão do TCE-RS.

Concurso Brigada Militar RS (PM RS) – 2017

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul (PM RS e Bombeiros RS) divulgou, no Diário Oficial do Estado do dia 30 de outubro de 2017, o edital que rege o concurso para a Brigada Militar da PM RS.

A corporação oferta o total de 4.100 oportunidades destinadas à carreira de Praça de Polícia Ostensiva – Soldado 1ª Classe.

As provas objetivas foram aplicadas no dia 17 de dezembro em quatro municípios (Cachoeirinha, Gravataí, São Leopoldo, Novo Hamburgo), além da capital (contemplando Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre).

As provas versaram sobre conteúdos de Matemática, Língua Portuguesa, Informática, Direitos Humanos e Cidadania, Legislação Específica e Conhecimentos Gerais, totalizando 50 questões.

Candidatos interessados efetuaram suas inscrições no período entre os dias 31 de outubro e 20 de novembro, somente pelo site da banca organizadora. Para isso, precisaram realizar o preenchimento de formulário eletrônico e o pagamento de taxa no valor de R$ 80,00.

Mais informações podem ser verificadas por meio do edital.

Os candidatos foram avaliados por meio da aplicação de exames intelectuais (provas objetivas, discursivas e de títulos), prova oral, além de exames de saúde, capacitação física e psicológica. São, ao todo, cinco etapas.

Salário Brigada Militar RS (PM RS)

Segundo o último edital, que abriu vagas de Capitão da PM RS, ao término da formação, os aprovados contam com remuneração inicial de R$ 11.620,55 mais benefícios, cumprindo carga de 40 horas semanais.

Para soldado, o vencimento inicial ficou em R$ 3.760,54, também em cumprimento de jornada de trabalho de 40 horas.

Requisitos concurso Brigada Militar RS (PM RS)

O último certame teve a Fundação La Salle como banca organizadora. Como requisitos para investidura no cargo, o concurso exige a conclusão de ensino superior em Ciências Jurídicas/Sociais, idade entre 18 e 29 anos até o final do período de inscrições, altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens e CNH de categoria “B”, no mínimo.

Conteúdo programático concurso Brigada Militar RS (PM RS)

De acordo com o Edital DA/DRESA nº SD-P 01/2017, último aberto para Soldado, o conteúdo programático da prova objetiva e a estrutura da prova foram como demonstrado na tabela abaixo:

Já os candidatos às vagas do concurso para a carreira de nível superior da Brigada Militar realizaram prova objetiva sobre os seguintes conteúdos:

  • Língua Portuguesa
  • Direito Administrativo
  • Direito Civil
  • Direito Constitucional
  • Direito da Criança e do Adolescente
  • Legislação Aplicada a Função
  • Direito Internacional e Direitos Humanos
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Direito Penal Militar
  • Direito Processual Penal Militar

Estude com antecedência: Combo Brigada Militar-RS – Polícia Ostensiva e Bombeiro Militar

Concurso Brigada Militar RS (PM RS) – 2011

O concurso para a Brigada da PM RS abriu 100 vagas para a carreira de Soldado da Brigada Militar. Os candidatos, que deveriam ter ensino médio concluído, passaram por provas objetivas, além de exames de saúde, capacidade física, psicológico.

Os conteúdos cobrados foram Língua Portuguesa, Matemática, Direitos Humanos e Cidadania, Conhecimentos Gerais, Informática e Legislação Específica.

Prepare-se e tenha a oportunidade de conquistar uma das vagas:

Voltar ao topo

Deixe um comentário