O que é Inflação?

O termo é utilizado para definir como o preço de produtos e serviços aumentam no mercado. Quando muito alta, a inflação afeta negativamente a economia. Entenda como ela é calculada no Brasil e quais são suas principais causas.

A tendência de crescimento dos preços de bens e serviços de uma economia é descrito pela inflação.

Essa elevação precisa ser medida em porcentagem e o seu cálculo é feito comprado os preços atuais com os de um período anterior para uma quantidade fixa. Dessa forma, se obtém a inflação acumulada para o ano quando ela é calculada por mês.

Quando os preços são muito expandidos o poder de compra dos consumidores são reduzidos. Dessa forma, este processo fica conhecido pela diminuição do valor da moeda. Além disso, ela é considerada em alguns casos, como cálculo do juro real.

Há a possibilidade de o processo inverso acontecer e ele é denominado deflação.

Inflação no Brasil

Os índices, no Brasil, calculam a inflação do país. O principal deles é o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA). O qual se baseia no consumo da famílias que possuem rendimentos que vão de 1 a 40 salários mínimos.

Entre as décadas de 1980 e 1990, o Brasil teve a chamada hiperinflação. Ela ocorre quando os preços se elevam de maneira incontrolada. Naquela época, a inflação chegou a atingir 80% ao mês.

Posteriormente, com a implementação do Plano Real, que foi lançada em 1994, a inflação no país passou a ser controlada. Assim sendo, em 1999, ela passou a ter uma meta fixada e que o Banco Central precisa seguir.

No ano de 2017, a inflação atingiu 2,95%. Resultado que a deixou abaixo do piso meta.

O que causa a inflação?

Há diversos motivos que podem fazer com que os preços a economia sejam aumentados. Os principais são: gastos públicos, cartéis ou monopólios, custos de produção, produção baixa, indexação da inflação e inflação inercial.

Gastos Públicos

Quando se trata do governo, os preços podem aumentar por algumas causas. A implicação de impostos que são repassados ao consumidores é um motivo. Além disso, questões monetárias, como a impressão de dinheiro para o pagamento de gastos.

Cartéis ou monopólios

Os valores de produtos ou serviços podem ter aumentos exorbitantes quando há um número reduzido de empresas que os ofertam. O aumento se dá pela falta de concorrência.

Custos de produção

Assim como os impostos, os custos de produção ou venda são repassados aos consumidores. Logo, nenhuma empresa oferta produtos ou serviços abaixo de seus custos.

Produção baixa

Como a consumidores que estão dispostos a pagar mais caro por um produto, a produção abaixo da semana pode fazer com que os preços subam, em um mercado.

Indexação da inflação

A indexação, em economia, é conhecida pelos ajustes de preços. O que acontece, principalmente, em contratos e salários, levando em consideração a inflação que foi calculada anteriormente.

Inflação inercial 

A inflação inercial acontece quando os preços têm um aumento natural. Assim sendo, as empresas e os trabalhadores sabem que a inflação terá um aumento naquele ano. Dessa forma, os valores cobrados são aumentados se equivalendo ao poder de compra.

De qualquer forma, a economia fica com um clima desfavorável quando a inflação fica muito elevada.

Saiba também: O que o Keynesianismo? 

Veja mais sobre

O que é Inflação?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário