scorecardresearch ghost pixel

Letra de câmbio – LC

O termo é um tipo de título de crédito e que deve ser realizado de maneira escrita. Saiba mais sobre o conceito, o qual precisa cumprir requisitos para que possa ser validado enquanto documento

A letra de câmbio  é um método utilizado como opção de investimento de renda fixa, os quais são feitos por meio de instituições financeiras.

Assim sendo, o LC  é uma categoria de título de crédito que é feito por escrito e que vincula uma ordem de pagamento de uma pessoa para outra.

Saiba mais sobre título de crédito

Letra de câmbio conceitos

A letras de câmbio funcionam como uma forma de captação de recursos financeiros para que o capital possa ser emprestado por meio de um contrato de financiamento.

Esse empréstimo pode ser feito para pessoas físicas ou jurídicas. Portanto, as LCs existem a partir de créditos, os quais são utilizados pela instituições financeiras aceitantes.

Dessa forma, o “saque” é o nome que se dá para a emissão deste formato de crédito. Ele compõem a LC a partir de três pontos:

  • Sacador: o que emite a ordem de pagamento;
  • Sacado: a quem a ordem é emitida;
  • Tomador: o beneficiário desta ordem.

Para que a letra de câmbio seja aceita ele depende diretamente do “aceite” da ordem de pagamento pelo sacado. Assim sendo, o sacador pode criar uma ordem para ele mesmo, tornando-o sacador.

Exemplificando, suponha que um sacador ao obter um bem ou serviço de um certo tomador tem a possibilidade de enviar a LC para uma instituição financeira.

Logo, quando ela aceita, se torna o sacado. Assim sendo, essa instituição passar a ser uma credora ao enviar o dinheiro para o beneficiário.

A letra de câmbio tem alguns requisitos específicos para que possa ser validada como um documento. Esses pontos são os seguintes:

  • O termo “letra de câmbio”, inserido no próprio texto, não somente no alto do título;
  • O valor monetário que precisa ser pago;
  • O nome do sacado;
  • O nome do tomador;
  • Data e local onde a letra é sacada;
  • Assinatura do sacador

Há a descaracterização como título de crédito, caso qualquer um dos quesitos de validade sejam descumpridos.

Letra de câmbio investimentos

A LC é um método de investimento que possui uma rentabilidade integrada. Isso acontece pelo fato de as empresas financeiras concederem crédito para os clientes que possuem, por meio da captação de recursos.

Nas instituições financeiras o risco do investimento é menor do que nos bancos. Apesar de ser menores se possuírem um fundo garantidor (FGC) os perigos são amenizados, já que o FGC funciona como um seguro para os investimentos de até R$ 250 mil, caso venha a falir.

Dessa forma, quanto mais durar  o investimento, maior será sua rentabilidade. Além do mais, em relação ao prazo, há três remunerações distintas. São elas: prefixadas, pós-fixadas e híbridas.

Prefixadas

Antes mesmo de o investimento ser realizado, já se sabe qual será a rentabilidade que será resgatada ao seu final. Portanto, caso a taxas de juros subam durante o prazo, isso significa que o investimento vai ficar abaixo do real.

Pós-fixadas

Ao contrário das prefixadas, neste caso, só é possível saber qual será a rentabilidade no final do investimento. Conforme as variações do mercado financeiro, o rendimento também varia.

Híbridas

As híbridas se tratam de um tipo de investimento que tem dois indexadores. Tais como a taxa de juros e o IPCA, por exemplo, sendo que uma precisa ser fixa e a outra variável.

Como investimentos, as letras de câmbio fazem parte ainda do imposto de renda, o qual pode variar entre 22,5% à 15% sobre os rendimentos. Assim sendo, os que as tornam distintas são os períodos em que o capital fica investido. A menor alíquota é para maiores de 2 anos.


Voltar ao topo

Deixe um comentário