scorecardresearch ghost pixel

O que é marketing?

O conceito é aplicado em diferentes áreas empresariais e é responsável pela imagem que as empresas passam a seus clientes.

Para que uma empresa consiga se dar bem mercadologicamente, ela precisa de um bom marketing para fidelizar os clientes. Mas afinal, o que significa o termo que é sempre tão usado?

O marketing estuda os consumidores de produtos ou serviços de determinado órgão, para que a marca da companhia seja melhor posicionada. Além disso, a ferramenta busca aumentar o valor percebido dos itens para que a organização possa lucrar.

Mais do que aumentar as vendas, a técnica tem a finalidade de obter resultados a médio e longo prazo. Isso é feito por meio de uma construção de uma imagem positiva da empresa e também de uma boa relação com os clientes.

Marketing: como funciona?

Para que consiga atuar da melhor maneira dentro de um órgão, o marketing precisa atuar desde a criação da marca e do produto.

Dessa forma, é necessário, por meio da ferramenta, que as necessidades do público-alvo sejam estudadas. Assim, por meio da análise é essencial saber quais são as demandas reais dos consumidores para que os produtos os deixem ainda mais satisfeitos do que outros oferecidos por empresas concorrentes.

Assim sendo, a partir de estudos e obervações um plano de marketing é traçado. No documento deve conter quais serão as estratégias utilizadas para que a empresa consiga atingir seus clientes.

Além disso, no plano ainda deve ter o posicionamento da marca e os valores que vão ser agregados no produto. É função do marketing também estipular estratégias que busquem fidelizar os clientes.

Os responsáveis pelas técnicas aplicadas devem se preocupar com a assistência a a relação do cliente após a venda do produto, por exemplo. A propagação da boa imagem da marca é diretamente proporcional com o número de clientes satisfeitos que ela possui.

Muitas vezes, marketing e publicidade são confundidos, mas os dois termos possuem significados diferentes. O marketing é o todo, enquanto a publicidade é uma parcela dele, principalmente a de promoção.

Marketing Mix

O marketing, pegando como base a definição de Phillip Kotler, trabalha sobre quatro variáveis. Elas são conhecidas como “Marketing Mix” ou “os quatro P’s do Marketing”: preço, praça, produto e promoção.

Preço

Neste ponto, analisa-se o público-alvo e define o valor do produto, a partir de suas características. Além disso, os formatos de cobrança também são estipulados nesta variável.

Assim sendo, o valor do produto tem relação com aquilo que o consumidor está disposto a pagar por determinado item. Por isso, o marketing precisa agregar valor para aquilo que é vendido pela empresa e observar o melhor jeito deste produto se posicionar mercadologicamente.

Praça

O local onde o produto será vendido recebe a denominação de praça. O marketing trabalha essa variável atuando de maneira direta nesses lugares que são pontos de venda.

Assim sendo, todos os detalhes devem ser pensados. Desde o posicionamento do produto na prateleira, até a parte estética, que torna o ambiente mais agradável, são aspectos que devem ser levados em conta. Esse método é chamado de Trade Marketing.

Produto

O marketing precisa atuar desde a concepção do produto para que as demandas dos clientes sejam atendidas no momento que o item for comercializado. Portanto, é essencial que a ferramenta exalte algum ponto que torna aquele produto diferenciado quando comparado à concorrência.

Promoção

É neste ponto que a publicidade atua. A promoção é um somatório de estratégias que buscam divulgar o produto ou o serviço da empresa. Assim sendo, a finalidade da promoção é informar, convencer e fazer com que o produto seja lembrado pelos clientes.

Tipos de marketing

O marketing pode ser classificado de maneiras distintas. Cada formato busca abordar o cliente de um jeito, além de trabalhar com diferentes plataformas.

Alguns dos principais tipos de marketing são: outbound marketing; inbound marketing; marketing social; endomarketing; marketing digital; marketing de relacionamento; marketing de guerrilha; e marketing multinível ou marketing de rede.

Outbound marketing

O método é o modelo clássico de marketing, ou seja, aquele que vai em busca do consumidor. Neste caso, mensagens são criadas exclusivamente para o público-alvo, por meio do marketing direto.

Alguns exemplos desse modelo são cartazes, panfletos, internet, etc. São os meios de comunicação utilizados a favor das estratégias de promoção. Além da publicidade, emails, ligações, mensagens via celular e mala direta são outros meios utilizados para que o produto alcance o consumidor.

Ainda dentro do outbound marketing, há também o marketing indireto. Esse método trabalha de um jeito mais discreto, como o merchandising, por exemplo.

O termo se aplica àquelas propagandas que aparecem em filmes, novelas ou quaisquer outros conteúdos, de maneira subliminar.

Inbound marketing

Traduzido para o português o método significa marketing de atração e trabalha com a lógica contrária daquela que é utilizada pelo marketing tradicional.

Neste formato, ao invés de ir atrás de seus clientes, o marketing faz com que os consumidores procurem a empresa. Assim sendo, não há publicidade e sim uma produção de conteúdo que seja diretamente relacionada com o que o público-alvo demanda.

Um exemplo pode ser uma marca de equipamentos esportivos. O órgão cria uma rede de blogues viajantes que contam todas suas experiências pelo mundo. Quem tiver o interesse nos produtos vai atrás por meio dos vídeos.

Marketing Social

Nesta categoria, as empresas buscam apoiar e patrocinar eventos culturais e causas voltadas para o social, com o intuito de criar uma imagem positiva da marca.

Endomarketing

O endomarketing trabalha de uma maneira mais interna. O objetivo aqui é utilizar o marketing para os colaboradores da própria empresa e não os clientes. Assim sendo, o órgão consegue obter um maior envolvimento da equipe em todos os processos.

Marketing digital

De forma simples o marketing digital pode ser definido como aquele que é feito através da internet. Assim sendo, dentro deste conceito outros formatos podem ser englobados.

Por exemplo, em caso de propagandas no Youtube o outbound marketing é usado. Já em blogues de conteúdo é o inbound marketing uma das melhores opções. O consumidor digital é considerado mais disperso, devido a grande diversidade de conteúdo que ele tem em mãos.

Portanto, é necessário que o marketing faça o uso de métrica, números e tecnologias para conseguir identificar quais são os comportamentos de quem consome seus serviços ou produtos. todo o planejamento é realizado com a finalidade de atender as demandas do público.

Assim sendo, há técnicas para que os mecanismos sejam otimizados e façam com que o site seja aperfeiçoado. O Seach Engine Optimization, SEO, é uma das ferramentas utilizadas.

Além disso, o retargeting e remarketing são alguns termos comuns no marketing digital. Os conceitos buscam personalizar os anúncios da internet, de acordo com o interesse de cada usuário.

Marketing de relacionamento

Manter uma boa relação com aqueles clientes que a empresa já conquistou é fundamental. Por isso, o marketing de relacionamento é um conjunto de ações que busca cultivar esse relacionamento.

Algumas das principais técnicas são um tratamento cordial nos canais de comunicação e também um bom atendimento após a venda do produto.

Marketing de guerrilha

O marketing de guerrilha surgiu nos anos 1980 com o intuito de fazer com que pequenas empresas trabalhassem de forma criativa e original a fim de alcançar grande visibilidade.

O objetivo do conceito é conseguir ter um grande impacto diante do público, com um investimento baixo. Denominado marketing viral, o modelo passou a ser utilizado também por grandes organizações.

A viralização alcança um número grande de pessoas e, por isso, o método é utilizado para que haja um compartilhamento espontâneo na internet. Um vídeo no Youtube ou um flashmob, por exemplo, são estratégias utilizadas por alguns órgãos.

Marketing multinível ou marketing de rede

Este método surgiu no século XX e é um dos modelos mais antigos de marketing. Neste formato a estratégia é fazer com que o produto chegue diretamente ao cliente sem precisar de atravessadores.

Assim sendo, os próprios vendedores distribuem os itens e, ao mesmo tempo, faz a sua divulgação boca a boca. Um exemplo comum são as vendas de produtos de beleza. Eles são vendidos por meio de catálogos e chegam às clientes por meio de uma rede de vendedoras.

Marketing pessoal, o que é?

É  o termo utilizado para definir um conjunto de técnicas que busca promover a imagem de algum indivíduo. O conceito auxilia na construção de carreira e é essencial no mundo dos negócios.

Portanto, para quem deseja se destacar profissionalmente, o marketing pessoal é umas das grandes ferramentas a ser utilizadas. Um dos grandes exemplos de quem usa o o termo são os influenciadores digitais, que a todo momento precisam investir em sua imagem.


Voltar ao topo

Deixe um comentário