Canais de Distribuição

Entenda como funciona a interligação entre empresas, as quais buscam garantir que o produto chegue até o consumidor

Os canais de distribuição podem ser explicados como um grande conjunto de empresas e indivíduos que estejam interligados entre si com a finalidade de garantir com que a mercadoria chegue ao consumidor final.

Assim sendo, esse conceito pode ser denominado, também, de canal de marketing ou de canal comercial.

A distribuição precisa ter uma função logística que diz respeito a circulação física do produto, e também do marketing. O segundo item envolve os serviços e os contatos que envolvem o produto.

Dessa forma, os canais de distribuição podem ser da própria empresa ou envolver terceiros. Alguns e-commerces são exemplos de vendas diretas de mercadorias por parte das organizações.

No entanto, quando essa possibilidade se torna inviável, a empresa distribui seus produtos por meio de intermediários. Fazem parte desse grupo agentes, representantes, corretores, atacadistas e varejistas, além de inúmeros outros.

São interdependentes aqueles órgãos que criam um canal de distribuição. Isso acontece quando uma empresa precisa da outra para disponibilizar  o produto ou serviço para consumo.

Importância do canal de distribuição

A escolha dos canais de distribuição do produto ou serviço é fundamental para o sucesso do negócio. Dessa forma, será parte essencial da estratégia de marketing.

Por isso, é necessário optar pelo canal correto que vai garantir que o produto chegue no cliente certo na hora mais correta. Além disso, a maneira de distribuir terá o impacto no custo do produto.

Vale destacar que esse canal de distribuição pode, portanto, auxiliar a formar uma empresa mais competitiva. Sem esquecer também de criar um gargalo que vai impedir o crescimento da organização.

Tipos de canais de distribuição

Os canais de distribuição vão precisar de atenção em várias quesitos.  Eles são fundamentais para o êxito do negócio, e desse modo, formam uma parcela primordial da estratégia de marketing.

Portanto, há três tipos desses canais. São eles: direto, indireto e híbrido.

Direto

A própria empresa vai distribuir o seu produto diretamente até o seu consumidor final. Por exemplo: são as marcas de cosméticas que irão possuir pelas revendedoras que atuem de porta em porta.

Indireto

Para fazer com que o seu produto chegue ao consumidor, portanto, a empresa vai utilizar o serviço de intermediários. Por exemplo: quando você compra algo e uma transportadora faz a entrega.

Híbrido

Empresa que usa intermediários, porém assume parte do processo de contato com os clientes. Exemplo: empresa que divulga produtos e indica os distribuidores para efetuarem a venda física.

Níveis de canal de distribuição

A quantidade de intermediários envolvidos nesse processo será o que vai definir os níveis do canal de distribuição. Veja:

Canal de nível 0

É quando o fabricante irá se relacionar diretamente com o seu consumidor final.

Canal de nível 1

Nesse canal, o fabricante venderá o seu produto para um grande distribuir. A atuação será no mercado de varejo, onde é possível alcançar diretamente o seu consumidor final.

Canal de nível 2

A indústria irá repassar o produto a um distribuidor que venderá exclusivamente para o varejo. Desse modo, o próprio varejo irá efetuar a venda ao consumidor final.

Canal de nível 3

É o canal mais tradicional e vai envolver quatros níveis: distribuidor, representante, varejo e cliente.

Tipos de distribuição

Existem três tipos principais de distribuição. Dessa forma, a empresa precisa escolher quais são os melhores canais de distribuição. Além de analisar sobre quais possuem maior controle.

  • Distribuição exclusiva – O intermediário terá um pacto de exclusividade sobre a venda deste produto. Por exemplo: as concessionárias de veículos.
  • Distribuição seletiva – A empresa tem um número restrito de canais de distribuição e um bom exemplo é uma loja de roupas de grife.
  • Distribuição intensiva – A estratégia vai visar atingir o maior número de consumidores possíveis. Por exemplo: gêneros alimentícios, bebidas e itens de higiene.
Canais de Distribuição
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário