O que é ERP?

ERP é uma ferramenta de gestão que pode ser traduzido como “planejamento dos recursos da empresa”, sendo um sistema integrado de gestão empresarial.

É muito importante entender que o ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning, podendo ser traduzido como “planejamento dos recursos da empresa”. Sendo um grande sistema integrado de gestão empresarial que tem esse objetivo.

O mais interessante é pensar que esse vai ser um planejamento dessa empresa que está em questão. Desse modo, é fundamental ir aprendendo sobre essas questões que serão de grande valia para as partes envolvidas.

O ERP funciona como um banco de dados empresarial e é essencial que possa reunir muitas operações. Obviamente que em uma única plataforma, como por exemplo: manufatura, finanças, logística e recursos humanos.

O que é o ERP?

Em primeiro lugar, o sistema ERP vai referir-se ao modelo informático que é usado em muitas empresas. Podendo ser conhecido principalmente pelos softwares desenvolvimentos pela empresa alemã SAP.

Em primeiro lugar, o ERP facilita a organização das informações armazenadas nos computadores da companhia. O objetivo não é nada complicado e vai ser primordial estar atento em muitos pontos, confira melhor a seguir:

  • Eliminando as redundâncias;
  • Oferece uma visão global mais clara;
  • Cria processos automatizados;
  • Por fim, facilita a distribuição das informações e ainda por todas as áreas envolvidas no negócio.

Exemplo

Para mostrar todas as informações sobre o ERP é essencial citar um exemplo que poderá fazer sentido para todos. Dessa forma, é o momento mais acertado para citar e a seguir você vai ter a oportunidade de conferir tudo.

  • O representante de vendas vai registrar a encomenda no sistema, podendo disparar a informação pela empresa;
  • O setor de produto será avisado que é necessário fabricar o móvel que foi encomendado;
  • A área responsável por essa gestão de suprimentos também irá efetuar o registro desse pedido. Para que seja possível controlar o estoque dessas matérias-primas será necessário para a sua produção;
  • Caso seja necessário repor o estoque, a área de suprimentos irá cuidar disso. Ademais, o setor financeiro deve ser gasto com a aquisição de matérias-primas;
  • O departamento financeiro receberá o aviso de que deverá efetuar a cobrança por aquele móvel vendido;
  • Essas novas informações de custos e desse faturamento irá chegar aos responsáveis por essa contabilidade;
  • A área de logística poderá se programar, desde o começo, para a entrega dessa encomenda. A partir disso, dá para calcular o tempo necessário para esse tipo de fabricação.

Em resumo, o ERP vai permitir que todas essas informações possam ser acompanhadas em tempo real. Obviamente que todos os setores e ainda de forma sintética, indo desde o pedido até sua entrega.

Vantagens e desvantagens do ERP

Aprender mais sobre as vantagens e desvantagens do ERP é de grande valia para as partes envolvidas nisso. Dessa forma, é a hora mais acertada para conferir e ainda bem que a seguir você terá a oportunidade de ver tudo:

Vantagens

Um sistema ERP racionaliza o fluxo dessas informações dentro da empresa, porque melhora a comunicação. Além disso, também permite guardar os dados não apenas para consultas sobre o andamento de um pedido.

Sem esquecer das análises futuras, portanto, o registro de todo o processo facilita a identificação das falhas. Ao automatizar a comunicação entre os setores mais importantes da empresa, o ERP facilita todo esse processo.

Desvantagens

Um sistema ERP é customizado, portanto, precisando adequar-se às necessidades que cada empresa tem. É essencial que a companhia tenha um setor de tecnologia da informação para escolher o melhor parceiro.

Em suma, a automatização total desse sistema pode deixar a empresa dependendo de um único software. O mesmo ficará vulnerável a cada uma dessas falhas, pois o programa pode não oferecer um suporte rápido o suficiente.

O que é ERP?
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário