Faturamento

O faturamento será calculado a partir de todos os benefícios que a empresa tiver conseguido em um determinado período de atividade econômica.

O faturamento será calculado a partir de todos os benefícios que a empresa tiver conseguido em um determinado período de atividade econômica.

Aprender sobre faturamento é muito interessante, porque permite diferenciar dois pontos essenciais da empresa. Trata-se da receita e do custo, porque a subtração entre ambos, é que dará o resultado do lucro ou prejuízo.

Muitos acham que a conta para apurar as atividades é complicada, porém a realidade é que é um simples mito. Bastando apenas efetuar tudo o que foi ganhado e do outro lado aquilo que foi gasto com as atividades.

O resultado disso vai representar se existiu lucro ou prejuízo e é nisso que o faturamento entra em ação. A postagem tem a proposta de mostrar os tipos de faturamentos que existem e em seguida as diferenças com o lucro.

O que é o faturamento?

O faturamento será calculado quando todos os benefícios (ganhos) que a empresa conseguiu nesse período seja contabilizado. É adequado pensar que será justamente essa questão que irá ter feito diferença para entender mais.

Esses benefícios são os rendimentos ou mesmo ganhos que a organização teve por meio de duas vendas ou serviços prestados. Trata-se do da receita, ou seja, todo o dinheiro que entrou para essa organização em questão.

Esses rendimentos são considerados a partir dos preços que foram cobrados pela empresa por efetuar as vendas. Sem esquecer dos serviços que foram prestados, ou seja, é de grande valia ter atenção nessas questões.

Vale destacar que mesmo se não tenham sido recebidos em caixa, porém ao tê-los efetuado ou passado aos clientes a sua fatura. Um exemplo é quando algo é vendido por R$200,00, esse será o faturamento sobre esse produto.

Faturamento Bruto

O faturamento bruto que a empresa possuir deverá ser calculado a partir das suas vendas e serviços que foram prestados. É necessário que sejam incluídos os impostos sobre o faturamento que veio a acontecer.

Um excelente exemplo é o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que é cobrado pelo estado. Vale destacar que é sempre que existir qualquer tipo de movimentação, ou seja, vai acontecer constantemente.

O faturamento bruto tem papel extremamente interessante para que no final das contas a conta seja feita da forma correta. É primordial ter cuidado para não confundir com o  lucro, porque vão existir sempre diferenças.

Faturamento

Faturamento líquido

Todo o faturamento líquido vai ser demonstrado sem esses impostos e vão indicar o quando a empresa faturou. Pelo fato de não incluir esses impostos cumulativos, mediante a atividade, sendo conhecido por Receita Bruta.

O conceito de receita vai passar a incluir os fluxos da empresa de maneira sempre muito mais detalhada. Por meio desta receita bruta é que o resultado de todas as vendas e serviços prestados por essa empresa é formado.

Já a receita líquida passará a excluir os descontos comerciais, os impostos sobre a venda e até mesmo as devoluções das mercadorias. Entender esse ponto é crucial para que tudo possa ficar de uma forma bem mais acertada.

Diferenças entre faturamento e lucro

A principal diferença entre o faturamento e o lucro é de que não se consideram os custos das atividades da empresa. Óbvio que no cálculo que vai apurar quanto foi faturado e o lucro engloba outras questões, veja abaixo:

  • De um lado, é preciso computar a receita;
  • Do outro, engloba todo o custo;
  • A conta final fica: Lucro = Receita – Custo.

De maneira geral, a diferença entre a Receita e o Custo é que vai determinar se existiu lucro ou prejuízo. A conta em si não é nada complicada e o faturamento vai entrar justamente na parte de Receita que a empresa tem.

Faturamento
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário