Faturamento

O cálculo do faturamento é realizado a partir dos ganhos que a empresa teve ao vender ou realizar algum serviço

O faturamento de uma empresa é calculado tendo como base todos os benefícios que o órgão alcançou com a sua atividade econômica em um período determinado.

Essas vantagens são os ganhos ou rendimentos da companhia por meio da realização de suas vendas ou pelos serviços prestados pela organização.

A partir dos preços cobrados pela empresa, seja pela venda de um produto ou por sua prestação de serviço, é que esses rendimentos são levados em conta.

Isso acontece mesmo quando o órgão não tenha recebido nada em caixa, mas por ter efetuado e passado aos clientes a sua fatura. Quando uma mercadoria de 50 reais, por exemplo, é vendida, o faturamento da empresa sobre o produto é esse mesmo preço.

Faturamento Bruto e Faturamento Líquido

Faturamento Bruto

O faturamento bruto que a empresa possuir deverá ser calculado a partir das suas vendas e serviços que foram prestados.Assim,  é  necessário que  os impostos sobre o faturamento que veio a acontecer sejam incluídos.

Um exemplo é o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que é cobrado pelo estado.

O faturamento bruto tem papel extremamente importante para que no final as contas sejam feitas da forma correta. Portanto, é essencial ter cuidado para não confundi-lo com o  lucro, para que não haja  diferenças.

Faturamento

Faturamento líquido

Todo o faturamento líquido de uma empresa vai ser demonstrado sem esses impostos e eles vão indicar o quanto a companhia faturou em determinado período.

Desse modo, o faturamento líquido também pode ser chamado de Receita Bruta. Isso acontece pelo fato de o método não incluir os impostos acumulativos, de acordo com as atividades que as empresas exercem.

O conceito de receita passa a incluir os fluxos da empresa de maneira sempre muito mais detalhada. Por meio desta receita bruta é que o resultado de todas as vendas e serviços prestados por essa organização é formado.

Já a receita líquida passará a excluir os descontos comerciais, os impostos sobre a venda e até mesmo as devoluções das mercadorias. Assim sendo, entender esse ponto é crucial para que o processo possa ser levado de uma forma bem mais acertada.

Diferenças entre faturamento e lucro

A principal diferença entre o faturamento e o lucro é que o primeiro não considera os custos das atividades da empresa em seu cálculo.

Já o segundo, é o resultado final dos rendimentos e dos gastos que o órgão teve que percorrer até gerar alguma riqueza.

  • De um lado, é preciso computar a receita;
  • Do outro, engloba todo o custo;
  • A conta final fica: Lucro = Receita – Custo.

De maneira geral, a diferença entre a Receita e o Custo é que vai determinar se existiu lucro ou prejuízo. Dessa forma, o lucro calculado subtraindo os gastos que a empresa teve até conseguir gerar rendimento.

Caso, ao realizar o cálculo, o resultado seja negativo, isso quer dizer que a organização teve prejuízo. Esse termo, então, passa a substituir a palavra lucro, nesse caso.

Faturamento
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário