Gestão: O que é?

Entenda qual é o papel dos gestores de uma empresa e em quais áreas essa ciência deve ser aplicada dentro de uma organização

A gestão visa fazer com os objetivos de determinada organização sejam alcançados de forma eficiente e concreta. Ela é uma área das ciências humanas que se dedica à administrar empresas.

Gerir está diretamente relacionado com os recursos disponíveis dentro de um órgão. Eles podem ser materiais e financeiros, tecnológicos ou de informação.

Portanto, um gestor tem a função de aproveitar, da melhor maneira possível, as estruturas que tem a sua disposição. Sejam elas as tecnologias, o capital ou os próprios funcionários.

Assim sendo, as objetivos estipulados em curto, médio ou longo prazo poderão ser alcançados de forma eficaz. Por isso, o conceito de gestão se baseia em quatro pilares: planejamento, organização e controle.

Partindo desses pontos, o gestor precisa, primeiro, definir as metas a ser atingidas. Depois, estabelecer o planejamento para que os objetivos sejam alcançados.

Além disso, diagnosticar possíveis problemas e procurar formar de evitá-los, ou minimizá-los, também é trabalho de um gestor.

Ademais, um gestor precisa estar sempre em busca de inovação para o órgão. Procurando fazer com que os processos da empresa sejam aperfeiçoados.

Uma organização tem sua parte administrativa composta estruturalmente pelos sistemas financeiro, comercial, logístico, social e tecnológico.

Sendo assim, a gestão de uma empresa precisa estar apoiada pelos conhecimentos técnicos de administração, mas também  caminhar por outras disciplinas como economia, direito, contabilidade e psicologia.

Áreas da gestão

A gestão empresarial pode ser dividida de maneiras distintas, de acordo com o tamanho da empresa e o seu segmento. Dentre esse formatos destacam-se:

  • Gestão comercial;
  • Gestão de estoque;
  • Gestão de pessoas ou gestão de recursos humanos;
  • Gestão de processos;
  • Gestão de projetos;
  • Gestão de qualidade;
  • Gestão de tecnologia da informação;
  • Gestão financeira.

Geralmente,  as palavras “gestão” e “administração” remetem diretamente às empresas. Contudo, esses termos não se limitam a isso. Eles podem ser aplicados também em casos de entidades sem fins lucrativos e órgãos públicos, por exemplo.

Novos modelos de gestão

As mudanças mais recentes na sociedade, estão gerando uma  uma busca por adequação das empresas aos novos tempos. Por isso, novos modelos atuais de gestão surgem de forma emergente.

Um desses modelos é a gestão estratégica que pressupões um trabalho constante de análise SWOT. Esse formato mapeia as oportunidades, ameaças, forças e até mesmo as fraquezas que a corporação possa ter.

Assim,  por meio do cruzamento das variáveis, a gestão estratégica vai adequar a empresa ao mercado. Já que esse método permite identificar as oportunidades, que focam no futuro e buscam  conseguir um crescimento gradual.

Um outro formato que tem um progresso perceptível e se torna tendência a cada dia é o da gestão perceptiva. Essa forma de gerir foca nas pessoas que fazem parte da empresa.

Desse modo, ele procura dar mais voz e espaço aos funcionários no momento de tomar as decisões no órgão. Deixando de lado o autoritarismo e a dureza.

Por isso, essa forma de gestão exige uma maior consciência dos funcionários quanto as funções que cada um deve realizar.

Essa percepção é fundamental para que, ao ter um maior comprometimento com as ações a serem feitas, os colaboradores participem ativamente do crescimento da empresa.

Gestão: O que é?
Avalie
Voltar ao topo

Deixe um comentário