O que faz um economista?

O profissional atua em âmbito público e privado, buscando melhorias financeiras e investimentos corretos. Os salários podem chegar a R$ 40.050,00.

O economista é o profissional responsável por estudar, pesquisar e planejar projetos de ampliação e preservação de patrimônios públicos e particulares.

Além disso, o economista pode lidar com questões de grande escala, como projetos de investimentos nacionais e internacionais. Pode também atuar como pesquisador em institutos e universidades.

Formação em Economia

Para se tornar um economista, é necessário cursar Economia, que tem duração média de 4 anos. Possui principalmente disciplinas teóricas sobre assuntos mundiais, temas políticos e econômicos.

Assim, algumas das matérias ministradas durante o curso são:

  • Administração de Recursos Humanos;
  • Contabilidade;
  • Direito Aplicado aos Negócios;
  • Economia Monetária e Financeira;
  • Matemática;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Teoria Macroeconômica
  • Teoria Microeconômica;
  • Sociologia.

Em princípio, a faculdade costuma atrair pessoas que possuem afinidade com matérias como história e geografia, além de possuir habilidades com a matemática, ter senso crítico e raciocínio rápido.

O que um Economista pode fazer

O economista pode atuar em diversos setores, além de poder trabalhar como autônomo, oferecendo consultorias. Para melhor explicitar, explicaremos sobre algumas áreas de atuação:

Orientação Financeira:

O economista pode trabalhar indicando para determinada empresa ou pessoa, o momento ideal para realizar algum investimento. Além de analisar o contexto para essa ação, o profissional também orientará sobre as taxas de juros de cada tipo de financiamento e fontes de recursos financeiros, mais conhecidos como fontes de fomento.

Mercado Financeiro:

O profissional pode atuar internamente em empresas, analisando a movimentação do caixa e fazendo projetos para orçar investimentos, descobrindo sua validade.

Além disso, pode acompanhar e informar órgãos públicos sobre processos econômicos da organização, visando melhorar a economia interna.

Auditoria:

O trabalho de auditoria por parte de um economista é relacionado a gestão. O economista analisa o fluxo de caixa e o funcionamento econômico da empresa, e ao final demonstra quais devem ser as medidas adotadas para melhorar a condição financeira da empresa.

Comércio Exterior:

O profissional irá observar a economia global e de países de seu interesse. Essa pesquisa deve comparar a economia desses países com a economia brasileira, afim de buscar possibilidades de investimentos e inspirações para melhorias.

Planejamento Estratégico:

O economista deve realizar um planejamento estratégico bem estruturado, com riscos e oportunidades de investimentos, para determinar o crescimento da empresa e quais serão seus futuros passos.

Desse modo, o profissional deve avaliar se a empresa está seguindo seu foco de atuação, se deve investir e aumentar suas vendas, além de buscar soluções para possíveis problemas.

Salário de um Economista

De acordo com uma pesquisa realizada no mercado de trabalho, foram encontrados diversos salários para esse profissional. O salário inicial de um economista pode variar entre R$ 3.050,67 e R$ 6.100,00. Já um economista chefe, que possui maior tempo de mercado, pode obter salários na faixa dos R$ 40.050,00.

Por fim, a média salarial pode se alterar de acordo com o estado, com a função exercida e com o tempo de mercado do profissional.

Veja mais sobre

O que faz um economista?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário