O que faz um engenheiro químico?

Profissional atua no setor da indústria. Dependendo do cargo ocupado e do tempo de profissão, a remuneração pode passar de R$ 21 mil.

O engenheiro químico é o profissional que desenvolve técnicas para a extração de matérias-primas, e faz a transformação físico-química desses materiais para desenvolver produtos que são utilizados no nosso dia-a-dia, como plástico, papel, têxteis e tintas, em escala industrial.

Um engenheiro químico pode trabalhar em processos de industrialização de praticamente todo tipo de produto, por isso sua atuação e, consequentemente, o mercado de trabalho são bem amplos.

Este profissional atua no desenvolvimento de produtos e equipamentos, projeta a construção e a montagem de fábricas, usinas e estações de tratamento, supervisiona processos de produção e pesquisa tecnologias e processos mais eficientes e menos agressivos ao meio ambiente.

O engenheiro químico pode trabalhar em indústrias de diversas áreas, como alimentícia, farmacêutica, petroquímica, cosmética, têxtil, de produtos de limpeza, de materiais de construção, de biotecnologia, entre outros.

Atuação e mercado de trabalho

Um engenheiro químico possui quatro áreas de atuação:

  • Projetos – Nesta área, ele lida com processos químicos em grande escala, projeta e constrói fábricas, e cuida dos processos de produção, instalações, equipamentos, estocagem e procedimentos de segurança.
  • Desenvolvimento – O profissional fica responsável por criar ou aperfeiçoar produtos e analisar se eles são viáveis técnica e economicamente, além de aprimorar processos e a tecnologia de fabricação.
  • Processo Industrial – O engenheiro químico que atua nesta área irá pensar e implantar métodos para aumentar a produtividade reduzindo custos e garantindo a segurança no trabalho. De forma geral, ele planeja e supervisiona operações industriais, as equipes e etapas da produção.
  • Meio ambiente – Neste caso, o engenheiro químico precisa definir métodos de preservação ambiental ao longo da cadeia produtiva. Ele também deve desenvolver tecnologias limpas e tratar resíduos industriais.

Atualmente, a maior demanda vem das indústrias e do setor agroindustrial. Também vem crescendo a procura por engenheiros químicos na área ambiental e na produção mineral.

De acordo com o site Love Mondays, um engenheiro químico com experiência ganha em média R$ 8,3 mil reais. No entanto, dependendo do cargo ocupado e do tempo de profissão, a remuneração pode passar de R$ 21 mil.

Formação

O curso de Engenharia Química tem duração de 5 anos. Parte da carga horária é ocupada por aulas práticas em laboratório. Durante a graduação, o estudante de Engenharia Química irá cursar disciplinas como:

  • Ciência dos Materiais
  • Físico-química
  • Química Analítica (Qualitativa, Quantitativa e Instrumental)
  • Química Orgânica
  • Bioquímica
  • Termodinâmica
  • Modelagem, Controle, Simulação e Otimização de Processos
  • Cinética Química e Reatores
  • Processos Químicos e Bioquímicos
  • Tecnologia Ambiental
  • Tecnologia de Alimentos e Bebidas
  • Tecnologia Inorgânica e de Materiais
  • Tecnologia Orgânica
  • Processos Industriais e Qualidade
  • Ética e Meio Ambiente

Para se formar, é necessário fazer o estágio obrigatório e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Veja mais sobre

O que faz um engenheiro químico?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário