O que faz um Neurologista?

Médico especializado faz o diagnóstico e tratamento de doenças que afetam o sistema nervoso. Os ganhos podem passar de R$ 26 mil mensais.

O Neurologista é um médico especializado no diagnóstico e tratamento dos distúrbios que afetam o sistema nervoso (cérebro, medula espinhal, nervos) e a junção neuromuscular (músculos e nervos).

O sistema nervoso está interligado a todo o organismo, e é responsável pela percepção de estímulos externos. Seu mau funcionamento pode afetar diversas funções, como os movimentos musculares, aspectos sensoriais, cognição e consciência. Sendo assim, o neurologista é um profissional essencial, já que ele pode acompanhar e tratar esses problemas, oferecendo uma melhor qualidade de vida ao paciente.

O neurologista pode tratar doenças como enxaqueca, esclerose múltipla, tumor cerebral, epilepsia, perda de memória, AVC, insônia, aneurisma, infecções do sistema nervoso, trombose cerebral, paralisia cerebral, formigamentos, sensibilidade, traumatismo craniano, Alzheimer, Parkinson, entre outras. Ele também pode atuar em conjunto com a psiquiatria para tratar casos de depressão, ansiedade e pânico, por exemplo.

O médico neurologista poderá pesquisar novos medicamentos e desenvolver equipamentos, fazer o acompanhamento de pacientes que apresentem distúrbios, realizar exames específicos como eletroencefalograma, eletrocardiograma, eletroneuromiografia, doppler transcraniano e outros, fazer cirurgias e participar de programas de saúde coletiva, visando a prevenção de doenças.

Atuação

O neurologista poderá atuar em clínicas neurológicas, hospitais, pronto-socorro, centros de saúde e consultórios, sejam públicos ou privados. Um médico especialista em neurologia pode optar por áreas específicas dessa ciência, como:

  • Medicina de traumas cerebrais
  • Medicina do sono
  • Medicina neuromuscular
  • Neurologia vascular
  • Neurologia infantil
  • Neurocirurgia
  • Neurofisiologia clínica
  • Neurogenética
  • Neuroimunologia
  • Cefaléia
  • Doenças degenerativas

Formação

Para se tornar um neurologista, primeiro é necessário concluir o curso de Medicina, que tem duração de 6 anos, e obter o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM). Depois, o profissional precisa fazer uma especialização em Neurologia, cuja duração é de 3 anos, para adquirir formação científica, teórica e prática e poder atuar nesta profissão.

Ao longo da especialização, serão cursadas disciplinas como:

  • Neuroanatomia
  • Estudo dos movimentos
  • Doenças cerebrovasculares
  • Doenças desmielinizantes do sistema nervoso central e neuroendocrinologia
  • Neuropatias periféricas e dor
  • Neuroinfecção
  • Neuro-oncologia
  • Miopatias e doenças da junção neuromuscular
  • Mielopatias e doenças do cerebelo
  • Parkinson e outros transtornos do movimento
  • Demência
  • Epilepsia e síncope
  • Cefaleias
  • Psiquiatria e interface com neurologia
  • Distúrbio do sono
  • Urgências neurológicas

Durante a especialização, o estudante passará por avaliações periódicas e deve apresentar uma monografia no fim do curso. Após ser aprovado como residente, ele poderá obter o título de especialista depois de passar por uma prova prática e teórica de proficiência.

Quanto ganha um neurologista?

Segundo estimativa do site Love Mondays, um neurologista recebe em média R$ 11.242,00 por mês. Esse valor pode variar de acordo com a experiência, área de atuação do neurologista e o setor em que atua (público ou privado), sendo que os ganhos podem passar de R$ 26 mil mensais.

O que faz um Neurologista?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário