O que é Crowdfunding?

É o financiamento financeiro online, o qual arrecada dinheiro por meio de sites para determinados projetos. Para que possa funcionar, o método precisa fazer um ampla divulgação. Entenda como ele funciona e quais são seus formatos.

Nos dias atuais, o financiamento coletivo é conhecido como crowdfunding. Ele acontece quando alguém, ou um grupo, tem o intuito de arrecadar uma quantia em dinheiro de pessoas que querem colaborar com algum projeto.

Desse modo, esse formato de arrecadação usa métodos de divulgação amplos para que, assim, pessoas interessadas possam ficar sabendo e façam doações ao projeto. Portanto, para um maior alcance, são utilizados meios como a televisão, rádio, concertos de música, e o que possui maior popularidade atualmente, a internet.

Assim sendo,o financiamento coletivo via online passou a ser chamado de crowdfunding. Na expressão popular, o método é chamado também de “Vaquinha Online“.

Portanto, os sites de crowdfunding  funcionam da seguinte maneira: quem tem algum projeto precisa criar uma campanha de arrecadação de fundos, a qual indique a quantia que será necessária e o período em que ficará ativa. Por fim, caso seja aprovada, as doações começam a ser recebidas.

Logo, para que as doações sejam recebidas,o projeto precisa ser bem apresentado. Para isso, os objetivos têm que estar bem definidos e a divulgação deve acontecer de forma ampla.

Site de crowdfunding mais utilizados

Os sites de financiamento coletivo são diversos e, cada vez mais, os utilizadores são atraídos pelos mais distintos projetos. Veja o exemplo de alguns que são os mais conhecidos no mundo:

Crowdfunding: Tipos de campanhas existentes

Atualmente, há quatro tipos de campanhas para crowdfunding. São elas: doação, recompensa, equity crowdfunding e debt crowdfunding.

Doação (campanha sem recompensa)

Conhecida por ser sem recompensa, a campanha por doação é realizada, na maioria das vezes, por instituições de caridade e outros grupos que são apoiadores de causas assistencialistas.

Recompensa 

Este é o formato mais comum do crowdfunding. Nele os criadores oferecem alguma recompensa à quem doa.

Equity Crowdfunding

Neste, o dinheiro é investido com o objetivo de obtenção de lucro. Dessa forma, os contribuintes são vistos como investidores. Método muito utilizado, principalmente, em Startups.

Debt Crowdfunding

No Debt Crowdfunding,, após um período, o valor da doação é devolvido à quem doou, com adição de juros. Por isso, ele é visto como um formato de “empréstimo”.

Crowdfunding: Modalidades

Há duas modalidades de Crowdfunding que podem ser escolhidas. Elas são conhecidas como Tudo ou Nada e a Flexível.

Pela primeira, o criador do projeto é quem escolhe a quantia mínima que é necessário para o seu projeto. Portanto, caso aquela quantia não seja alcançada no tempo em que ele estipulou, o dinheiro é devolvido a todos os doadores.

Neste caso, não há a cobrança de nenhuma taxa. Dessa forma, esta campanha é recomendada para aqueles que realmente precisam de uma quantia mínima para o investimento de determinado projeto.

A campanha Flexível, por sua vez, já segue o caminho inverso. Nela, mesmo que o mínimo não seja arrecadado, quando o prazo acaba, o dinheiro que foi doado é entregue a quem criou o site. Além disso, ainda são cobradas taxas de cada site.

Assim sendo, esta campanha é recomendada para aqueles projetos que precisam de qualquer quantia para que possam funcionar.

Crowdfunding de sucesso: Exemplos

A empresa americana Oculus VR  foi um dos maiores exemplos de sucesso por meio de arrecadações de fundos. No ano de 2012, ela arrecadou mais de 2 milhões de dólares para poder investir no projeto de óculos de realidade virtual.

Além deste, outro exemplo, é a empresa M3D. A qual, e 2014, arrecadou mais de 3 milhões de dólares para o projeto de uma impressora 3D portátil e que tinha baixo custo.

As duas empresas realizaram suas campanhas pelo site americano Kickstarter. Ele é conhecido como o maior site do mundo de crowdfunding.

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário