Autorizadas 450 nomeações para investigador de polícia em MG

Nomeações se referem ao certame que foi realizado em 2014, pelo qual já foram convocadas outras três turmas de candidatos aprovados, somando 1.058 novos profissionais.

O Governo de Minas Gerais, por meio da Câmara de Orçamento e Finanças da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Segplag), autorizou 450 nomeações para o cargo de investigadores da Polícia Civil. As convocações se referem ao concurso realizado em agosto de 2014 e encaminham os aprovados para a realização do curso de formação profissional.

Esta é a quarta turma convocada para o referido certame. Em setembro, 106 excedentes foram nomeados e já estão matriculados no curso de formação. No ano passado, outras duas turmas foram convocadas somando, portanto, 1058 novos profissionais. Os candidatos aprovados nesta última etapa serão lotados em delegacias da Polícia Civil, observando a demanda de cada unidade.

O delegado-geral, João Otacílio Silva Neto, chefe da corporação, comemora mais essa leva de nomeações, afirmando se tratar de esforço para a ampliação do quadro de pessoal, no intuito de aprimorar as ações realizadas na segurança pública. O Concurso PC-MG 2014 ofertou mil oportunidades para investigadores, contando com 51.698 inscrições.

Para participar, os candidatos deveriam ter concluído nível superior em qualquer área de formação e passaram por provas objetivas, avaliações biomédicas, psicológicas e biofísicas, além de provas de títulos e investigação social, antes de chegar ao curso de formação. Nas provas objetivas, foram abordados conteúdos referentes à Língua Portuguesa, Noções de Direito, Direitos Humanos, dentre outros.

Voltar ao topo

Deixe um comentário