Concurso PC AM tem edital confirmado com 424 vagas

Certame foi anunciado em 2014 e já conta com comissão interna constituída para oferta nas carreiras de delegado, escrivão, investigador, perito, auxiliar e padioleiro.

Confirmado concurso para provimento de vagas na Polícia Civil do Amazonas (Concurso PC AM 2018)! O certame foi anunciado em 2014 e tem comissão interna constituída. A expectativa é de que o certame contemple as carreiras de investigador, delegado, perito, escrivão, padioleiro e auxiliar perito.

A previsão inicial era de que o certame ofertasse 2.394, porém, como pode ser visto, o número foi reduzido de forma substancial. As oportunidades serão distribuídas da seguinte forma:

No dia 16 de maio, decreto nomeou a comissão organizadora do certame, além do grupo geral de acompanhamento das seleções voltadas para a Segurança Pública. Nisso, estão incluídos Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Administração Penitenciária.

Mediante a constituição da comissão, seus membros poderão proceder com trâmites como a escolha da banca organizadora.

Uma notícia que anima os concurseiros é o recente reajuste de 11% aprovado pelo governo do estado. Em vigor desde o mês passado, o acréscimo visa à valorização das carreiras de escrivão e investigador.

Dessa forma, os futuros ingressantes terão remuneração de R$ 7.946,22, contando com as gratificações. Como os reajustes são escalonados, até 2021, os servidores da Classe IV terão direito a vencimento de R$ 14.614,06.

As carreiras de perito, delegado, escrivão e investigador exigem formação de nível superior, enquanto as demais demandam nível médio de formação.

Concurso PC AM 2009

A PC AM realizou seu último certame há nove anos, tendo o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (CETAM) como banca organizadora.

Na ocasião, foram disponibilizadas 1.010 vagas, sendo cinco para perito odontolegista, 35 para perito legista, 80 para perito, 100 para delegado, 290 para escrivão e 500 para investigador.

As remunerações, a época, variaram entre R$ 2.514,24 e R$ 6.104,16.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, além de exames médicos, prova de capacidade física, avaliação psicológica e avaliação de títulos. Candidatos aos cargos de investigador e escrivão passaram, também, por prova prática de digitação.

Mais detalhes pelo edital: EDITAL N° 001/2009-PCAM

Voltar ao topo

Deixe um comentário