Marinha publica edital com 1.000 vagas de nível médio

O certame visa o preenchimento no Curso de Formação de Aprendizes-Marinheiros. Salário de até R$ 1.856,00, ao término da formação.

Saiu! A Marinha do Brasil lançou o primeiro edital de concurso público em 2019. As oportunidades abertas visam o preenchimento de turmas para ingresso no Curso de Formação de Aprendizes-Marinheiros.

O ingresso dos candidatos aprovados no curso ocorrerá no primeiro semestre de 2020.

De acordo com o edital, a oferta é de, nada menos, que 1.000 vagas. Há reserva de 20% das oportunidades para candidatos autodeclarados negros.

Comece a estudar: Apostila preparatória para o Concurso Marinha do Brasil 2019

Para concorrer a uma das vagas é necessário obedecer aos seguintes requisitos:

  • Ser do sexo masculino;
  • Ter ensino médio completo;
  • Não ser casado ou ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver na Escola de Aprendizes;
  • Ter altura entre 1,54m e 2,00m;
  • Ter idade entre 18 e 21 anos no primeiro dia do mês de janeiro 2020.

Conforme as previsões da Lei de Remuneração dos Militares, durante o período de formação o aprendiz-marinheiro terá remuneração fixada em R$ 981,00. Ao término da formação, no posto de grumete, o soldo será elevado a R$ 1.044,00.

Na função de marinheiro, os vencimentos serão de R$ 1.560,00, sem especialização e se especializados e engajados, de R$ 1.856,00.

Além disso, os militares terão direito a alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Inscrições concurso Marinha 2019

O período de inscrições já está aberto! Interessados em concorrer a uma das vagas têm até as 23h29 do dia 13 de fevereiro de 2019 para se inscrever. As inscrições devem ser encaminhadas pelo site oficial da Marinha (www.ingressonamarinha.mar.mil.br).

Será cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 42,00. A quantia deverá ser paga até 20 de fevereiro.

Membros do CadÚnico do governo federal, cuja renda familiar mensal per capita seja inferior ou igual a meio salário-mínimo nacional, bem como doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde poderão solicitar isenção do valor.

Etapas de seleção e provas concurso Marinha 2019

Segundo as determinações expressas em edital, inscritos no concurso Marinha 2019 serão avaliados por meio de sete etapas, a saber:

  • Prova escrita objetiva única, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Verificação de dados biográficos (VDB);
  • Inspeção de saúde (IS);
  • Teste de aptidão física (TAF);
  • Avaliação psicológica (AP);
  • Verificação de documentos (VD);
  • Curso de formação (Período de Adaptação e Curso de Formação).

A prova escrita será realizada na data provável de 12 de abril de 2019, no período matutino.

Haverá locais de prova nas cidades de Brasília – DF, São Paulo – SP, Belém – PA, Santana – AP, Parnaíba – PI, Santarém – PA, Angra dos Reis – RJ, Nova Friburgo – RJ, Salvador – BA, Natal – RN, Rio de Janeiro – RJ, São Pedro da Aldeia – RJ, Santos – SP, São Luis – MA, Rio Grande – RS, Porto Alegre – RS, Olinda – PE, Paranaguá – PR, Fortaleza – CE,   Vila Velha – ES, Florianópolis – SC, Ladário – MS e Manaus – AM.

O exame escrito constará de 50 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais. A avaliação versará sobre as disciplinas de Português (15 questões),  Inglês (cinco questões) Matemática (15 questões) e Ciências – Física e Química (15 questões).

Confira todos os detalhes no Edital concurso Marinha 2019 – Aprendizes-Marinheiros.

Sobre o Curso de Formação de Aprendizes-Marinheiros.

O Curso de Formação de Marinheiros para a Ativa (C-FMN) tem duração de um ano letivo e será conduzido nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM), sob regime de internato. Os aprendizes terão disciplinas de Ensino Básico e do Ensino Militar-Naval.

Atualmente existem quatro escolas: Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE), em Fortaleza, Escola de Aprendizes Marinheiros de Pernambuco (EAMPE), em Recife, Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES), em Vila Velha e Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC), em Florianópolis.

Voltar ao topo

Deixe um comentário