Concurso PC DF para 300 vagas de escrivão tem novas movimentações

Autorizado, certame está na fase de escolha da banca organizadora. Aprovados terão salário inicial de R$ 8.698,78.

O processo para escolha da banca organizadora do concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (PC DF) registrou novas movimentações na última semana, chegando ao Departamento de Administração Geral (DAG). Os trâmites são referentes à carreira de escrivão, cujo certame já está autorizado.

A informação foi confirmada pela Divisão de Comunicação da PC DF, por meio da Escola Superior. Segundo informações do setor, o DAG é legalmente responsável pela escolha da banca e detalhes sobre a forma de fazê-la.

Ainda de acordo com o departamento de comunicação, o DAG é o único que pode dar possíveis previsões sobre a escolha da banca. Contudo, o mesmo ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A expectativa é que o processo seja concluído em meados de junho. Dessa forma, os trâmites seguintes, como oficialização do contrato, ajustes no regulamento e elaboração poderão ser concluídos até julho, prazo estimado para liberação do edital.

Em relação ao edital para agente, este ainda carece de aval. Segundo o Departamento, o processo ainda não tramitou pela Divisão de Gestão de Concursos responsável que pode conceder mais informações. Assim sendo, o edital segue em fase de autorização. Somente após a autorização será possível iniciar o processo de escolha da banca organizadora.

No último mês de março, o diretor-geral da corporação, Robson Cândido, informou que o edital será publicado até julho. O prazo é referente aos cargos de agente e escrivão. Apesar de o primeiro ainda não ter sido autorizado, não está descartada a possibilidade de uma publicação simultânea.

Segundo Cândido, o edital será liberado apenas em julho pois está sob análise da Procuradoria. Apesar da previsão, a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Distrito Federal informou que a data ainda não está definida.

Concursos PC DF terão mais de 1,8 mil vagas

Juntos, os editais do concurso PC DF 2019 terão oferta de 1.800 vagas, sendo 300 para escrivão e 1.500 para agente. O quantitativo é levemente inferior ao inicialmente previsto, 2.100 vagas.

Embora a quantidade de vagas seja expressiva, não será suficiente para suprir o atual déficit da corporação, que atualmente é de 3.568 cargos, de acordo com o Portal da Transparência.

Interessados em concorrer às vagas de agente e escrivão devem ter ensino superior em qualquer área de formação. Aprovados adentrarão na PC DF na terceira classe, com ganhos de R$ 8.698,78. Contudo, na classe especial, topo da carreira, os vencimentos são de R$ 13.751,51.

No último concurso, cujo edital foi publicado em 2013 os participantes foram classificados por meio de sete etapas:

  • Provas objetivas (conhecimentos básicos e específicos);
  • Prova discursiva;
  • Prova de capacidade física;
  • Exames biométricos e avaliação médica;
  • Avaliação psicológica;
  • Sindicância de vida pregressa e investigação social;
  • Avaliação de títulos.

Na prova objetiva, os candidatos tiveram que resolver questões das seguintes matérias:

Escrivão: Língua Portuguesa, Atualidades, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Noções de Administração e Noções de Estatística.

Agente: Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Atualidades, Língua Portuguesa, Noções de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal, Legislação Específica e Legislação Penal Extravagante.

Voltar ao topo

Deixe um comentário