Concurso Receita Federal tem 400 vagas em análise! Ganhos de até R$ 20 mil

Certames do órgão exigem Ensino Superior completo e oferecem remuneração inicial de até R$ 20,1 mil. Autorização depende do Ministério da Economia.

Os concurseiros devem ficar atentos com as novidades sobre o Concurso da Receita Federal. O órgão passa por uma situação alarmante com relação ao seu quadro de pessoal. Até o momento, segundo dados no Portal da Transparência, existem mais de 21.000 cargos vagos no país.

A Receita informou que o órgão têm 21.741‬ cargos vagos. O órgão vai passar por um processo de reestruturação para melhorar a administração e ações da Receita. Após esse período, a expectativa é que a solicitação seja aprovada no Ministério da Economia e que até 2020 as provas sejam aplicadas.

A Receita Federal solicitou neste ano um concurso público com 400 vagas. O processo de solicitação do certame fica sob responsabilidade do Ministério da Economia. Se aprovado, o órgão pode abrir vagas em todo o Brasil com este concurso. Todo o processo depende da análise da área econômica do governo federal.

Caso o certame ocorra, as etapas serão realizadas em diversas cidades do país. O último concurso, realizado em 2014, teve quatro etapas que serviram para selecionar 278 candidatos para ocupar o cargo efetivo de Auditor Fiscal.

Concurso Receita Federal Solicitação

De acordo com informações da Receita Federal, foram solicitadas vagas para as funções de Analisa e Auditor Fiscal. As funções, que exigem nível superior, possuem remuneração inicial de R$ 11.181,24 e R$ 20.123,53, respectivamente.

Concurso Anterior

O concurso anterior, como dissemos, foi realizado em 2014. A banca examinadora que coordenou o processo foi a Esaf. Na época, foram aplicadas provas objetivas, de conhecimentos específicos e uma prova discursiva.

O conteúdo programático da avaliação objetiva variou dependendo da função pretendida. Entre as matérias cobradas estavam Raciocínio Lógico Quantitativo, Língua Portuguesa, Espanhol e Inglês, Legislação Aduaneira, Legislação Tributaria, Comércio Internacional, Contabilidade Geral e Avançada, Administração Geral e Pública, Direito Tributário, Auditoria, Direito Constitucional e Direito Administrativo.

Voltar ao topo

Deixe um comentário