Cotas do PIS: Saques podem ser feitos a partir do dia 26

Nesta segunda-feira (19), foi liberado o pagamento das cotas do PIS. Para os que possuem mais de 60 anos, os saques podem ser feitos a partir do dia 26.

A Caixa Econômica Federal, iniciou os pagamentos das cotas do PIS nesta segunda-feira, 19. Possui  direito ao saque os que trabalharam de carteira assinada entre 1971 e 1988. Quem é correntista ou poupador da Caixa, recebe o dinheiro automaticamente.

Os que possuem mais de 60 anos e nenhum vínculo com a Caixa, podem sacar a partir da próxima segunda (26). Já os que possuem até 59 anos, sacam a partir do dia 2 de setembro. Desta vez, não existe prazo determinado para a retirada.

Essa medida de estímulo à economia, também envolve a liberação do saques do FGTS. Para os que dispõem de contas ativas e inativas no fundo, será possível sacar até R$500 reais por conta. Os que não são clientes do banco, podem sacar o mesmo valor, mas somente em outubro.

Montante

A Caixa e o governo federal preveem que os saques do FGTS e PIS deste ano, resultarão em uma liberação de cerca de R$30 milhões para a economia. R$28 milhões do FGTS e R$2 milhões do PIS.

Para 2020, o valor adicional previsto para o FGTS estima-se em R$12 milhões de reais. Esse valor se totaliza em R$ 42 bilhões em saques. Isso deve beneficiar mais de 100 milhões de trabalhadores do país.

Liberação

A Caixa e o Banco do Brasil, a partir desta segunda, começam a pagar as cotas do PIS/Pasep para os trabalhadores de qualquer idade. Depois de ter feito o pagamento para os correntistas e poupadores do banco, os saques serão abertos para clientes de outros bancos.

Lembrando que a Caixa é responsável pelo pagamento do PIS, para os trabalhadores privados e o Banco do Brasil pelo pagamento do Pasep para os servidores públicos.

Calendário de liberação

Caixa

  • 19/08/2019 – Crédito em conta. Todas as idades;
  • 26/08/2019 – A partir de 60 anos;
  • 02/09/2019 – Até 59 anos.

Banco do Brasil

  • 19/08/2019 (à noite) – Crédito em conta. Todas as idades;
  • 20/08/2019 – Cotas, até R$5.000 (TED);
  • 22//08/2018 – Atendimento nas agências.

Principais dúvidas

Algumas das principais dúvidas sobre o saque são:

Quem pode sacar? 

Os clientes da Caixa e do Banco do Brasil recebem o valor dia 19. Mas, o saque só pode ser realizado a partir do dia 26.

Qual o prazo?

Não existe um prazo estabelecido para resgatar os valores.

Quem tem direito à cota? 

Possui direito à cota os profissionais de qualquer idade que trabalharam formalmente ou foram servidores públicos entre 1971 e 4 de outubro de 1988.

Qual a diferença entre cota e abono?

Cota é diferente de abono. Essas diferenças são:

Cota

Só possui direito à cota os trabalhadores entre 1971 e 1988. Isso porque os patrões faziam depósitos individuais no fundo PIS/Pasep, até 1988. Até que a Constituição Federal alterou as regras e o valor passou a ser do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e abono do PIS/Pasep.

Abono

O abono é pago anualmente para quem trabalhou com carteira assinada, com o valor de até dois salários mínimos. Esse valor é correspondente aos meses de trabalho e é limitado a um ano de saque. Para o benefício, é necessário que esteja inscrito no PIS/Pasep há, no mínimo, cinco anos.

Voltar ao topo

Deixe um comentário