Último dia de inscrições do concurso TJ AM com 160 vagas! Até R$ 8,9 mil!

Concurso para contratação de servidores para o Tribunal de Justiça do Amazonas traz oportunidades para nível médio e superior. Ganhos de até R$ 9 mil mais benefícios!

As inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ AM) encerram já nesta quarta-feira, 21. O certame oferta 160 vagas imediatas mais formação de cadastro de reserva para os cargos de assistente judiciário (nível médio) e analista judiciário (nível superior).

O quantitativo total de vagas está distribuído entre as comarcas de Manaus, capital do estado, e também entre as de cidades do do interior. No último caso, todas as chances são para assistente judiciário.

Serão sete vagas para a Sub-Região do Alto Solimões (comarcas de Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Tabatinga e Amaturá). Outra seis vagas serão destinadas à Sub-Região do Baixo Amazonas (comarcas de Parintins, Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Nhamundá, São Sebastião do Uatumã e Urucará).

Concurso TJ AM 2019: Distribuição das vagas

Boa parte das oportunidades, 140, são para assistente. A escolaridade mínima exigida é ensino médio completo. Aprovados farão jus a remuneração inicial de R$ 4.588,34.

As outras 20 vagas restantes são para analista. Estes devem ter graduação de nível superior de acordo com a área de interesse. O vencimento inicial será de R$ 8.936,96.

Além dos ganhos básicos, os aprovados no concurso terão direito a auxílio-alimentação no valor de R$ 1.669,38 e auxílio-saúde de R$ 390,85.

Confira as áreas contempladas pelo concurso TJ AM 2019:

  • Assistente judiciário
  • Sem especialidade (100 vagas para a capital);
  • Programador (dez vagas para a capital);
  • Suporte ao usuário de informática (15 vagas para a capital);
  • Técnico de segurança do trabalho (duas vagas para a capital);
  • Assistente judiciário geral (11 vagas para o interior);
  • Suporte ao usuário de informática (duas vagas para o interior).
  • Analista judiciário
  • Analista de sistemas (cinco vagas);
  • Arquivologia (uma vaga);
  • Biblioteconomia (uma vaga);
  • Contabilidade (três vagas);
  • Direito (duas vagas);
  • Engenharia Civil (duas vagas);
  • Estatística (uma vaga);
  • Médico do trabalho (uma vaga);
  • Psicologia (duas vagas);
  • Serviço Social (duas vagas).

Inscrições concurso TJ AM 2019

Os interessados em participar do novo concurso do Tribunal de Justiça do Amazonas poderão se inscrever na seleção até às 18h desta quarta-feira, 21, por meio do site do Cebraspe, banca organizadora do certame.

Será cobrada taxa de inscrição de R$ 90,00 para nível médio e R$ 150,00 para nível superior.

Os exames serão realizados em turnos opostos para cargos de assistente e analista. Por isso, os candidatos poderão se inscrever para as duas carreiras.

Concurso TJ AM 2019 avaliará os candidatos por meio de duas etapas

De acordo com as determinações do edital, a seleção para servidores do TJ AM constará de duas etapas:

  • Prova objetiva;
  • Prova de títulos.

A primeira, de caráter eliminatório e classificatório, será aplicada para todos os participantes do certame. O exame será realizado na data provável de 13 de outubro de 2019. No turno matutino será a vez dos inscritos para analista. Já no período vespertino, para assistente.

Concorrentes às vagas voltadas para a Sub-Região do Alto Solimões realizarão as provas no município de Tabatinga. Já os inscritos para a Sub-Região do Baixo Amazonas farão prova em Parintins. Os demais farão prova na capital, Manaus.

Candidatos de nível médio responderão a 100 questões, enquanto analistas terão 120 itens, conforme distribuição a seguir:

Os exames de conhecimentos básicos versarão a respeito dos seguintes itens:

  • Língua Portuguesa;
  • Geografia do Amazonas;
  • Legislação Institucional e do Poder Judiciário;
  • Acessibilidade;
  • Noções de Informática e Processo Digital (exceto para analista na especialidade de Analista de Sistemas e assistente nas áreas de programador e suporte ao usuário de Informática).
    Inscritos para o cargo de analista que forem habilitados na primeira passarão, ainda, por avaliação de títulos, de caráter unicamente classificatório.

A validade do certame será de 24 meses a contar da data de homologação do resultado final, admitindo prorrogação por igual período.

Para mais informações, acesse o edital do concurso:

Voltar ao topo

Deixe um comentário