Centrais públicas ofertam 10.765 vagas de emprego; Chances de primeiro emprego e recolocação no mercado

Governo de São Paulo abre oportunidades em diversos cargos para quem já tem experiência e também para quem nunca trabalhou. Veja como se inscrever!

Ótima notícia para quem busca por uma recolocação no mercado ou até mesmo pelo primeiro emprego. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de São Paulo e também a Secretaria Estadual estão ofertando 10.765 vagas de emprego.

Somente na capital paulista, o Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) oferta 4.696 oportunidades. Para o cargo de guarda-vidas, por exemplo, com experiência de no mínimo seis meses, e ensino médio completo, são 10 vagas ofertadas. A remuneração será de R$ 1.967.

Já quem não tem experiência, mas possui ensino médio completo, poderá se candidatar a uma das 18 vagas para operador de telemarketing ativo com salário de R$ 1.150.

Para a função de vendedor, com experiência de seis meses comprovada e também nível médio completo são 30 oportunidades. Neste caso o salário oferecido será de R$ 1.688.

Os interessados em se inscrever para essas e outras vagas pelo CATe, da prefeitura, é preciso levar RG, CPF, PIS e carteira de trabalho a uma das unidades de atendimento na cidade.

Vagas do Posto de Atendimento ao Trabalhador

O programa do governo do estado por meio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) abriu 6.069 chances de emprego. No município de São Vicente, a 74 Km de SP, há 80 vagas para cozinheiros e outras 60 para auxiliares de serviços de alimentação.

Já em Santana da Parnaíba, na grande São Paulo, são ofertados 300 postos de trabalho para corretores de imóveis e 5 para motociclistas de transporte de documentos. As exigência e os salários não foram divulgados.

Para se inscrever para qualquer vaga, os interessados devem fazer cadastro pelo site do Emprega São Paulo ou ir a uma unidade do PAT de sua cidade levando também RG, CPF, PIS e carteira de trabalho.

Veja também: Assaí Atacadista oferece 280 oportunidades de emprego

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário