Exército recebe inscrições em seletivo com ganhos de até R$ 10 mil

As vagas são para atuação em Brasília e fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. Inscrições até esta quinta-feira,17.

O Departamento de Engenharia e Construção (DEC) vinculado ao Exército Brasileiro, com sede em Brasília (DF), está realizando processo seletivo com o objetivo de contratar 16 profissionais de nível superior. Os aprovados vão receber salários que variam de R$ 3.201,38 a R$ 10.048,57.

As vagas são por tempo determinado sendo que são destinadas à realização de serviços de obras de engenharia referentes ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal,  na implantação de Projetos Estratégicos e Ações de Cooperação do Exército com outros órgãos.

Cargos ofertados

As oportunidades serão distribuídas entre os cargos de Engenheiro Civil (Avaliador), Geólogo, Programador (PHP), Analista Ambiental, Contador, Engenheiro Eletricista Master, Projetista, Desenhista, Engenheiro Civil (Estrutural) e Técnico de Nível Superior (JAVA).

Também há vagas para Técnico de Nível Superior (Administrador de Rede TCP/IP), Técnico de Nível Superior (DBA), Analista de Sistemas Sênior (Programação), Analista de Sistemas Sênior (Web Designer) e Analista de Sistemas Sênior (Requisitos/Teste).

Inscrições

O período de inscrições está quase no fim, sendo que interessados poderão realizar cadastro até dia 17 de outubro pelo site www.dec.eb.mil.br.

Após realizada a inscrição via internet, por meio de preenchimento da ficha de inscrição eletrônica, será necessário enviar a documentação comprobatória exigida para o endereço disponibilizado em edital.

A documentação poderá ser entregue em mãos ou via Correios, por sedex. Taxa de inscrição no valor de R$ 45,00 será cobrada.

Análise curricular

Os candidatos serão classificados de acordo com análise curricular. Haverá somatório de pontuação por cursos realizados, certificações e experiência profissional.

Este processo seletivo terá prazo de validade de até dois anos, ou até a data de vigência da Portaria Interministerial que o autorizou, a contar da data de publicação dos nomes dos aprovados.

Para mais informações, acesse:

Veja também: MRV está contratando mais de 600 profissionais!

Voltar ao topo

Deixe um comentário