Saque imediato FGTS: Novo lote será liberado na próxima sexta, 8

A nova etapa do saque é destinada aos nascidos entre abril e maio. Vale lembrar que a data limite de retirada é 31 de junho de 2020.

A Caixa Econômica Federal libera nesta próxima sexta-feira (8) o saque imediato do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). A partir de agora, o saque é destinado aos nascidos entre abril e maio. A próxima etapa, para os nascidos entre junho e julho, inicia no dia 22 de novembro deste ano.

A princípio, o calendário previa que os saques seriam feitos até março, de acordo com o mês de aniversário do cidadão. Porém, neste caso, os trabalhadores sem poupança na Caixa e nascidos a partir de julho, só receberiam em 2020.

Agora, com o novo cronograma, os saques poderão ser realizados até o dia 18 de dezembro. No caso, ainda é levado em consideração a data de nascimento do trabalhador.

Primordialmente, o Governo esperava que houvesse a liberação de R$ 28 bilhões 2019 e outros R$ 12 bilhões em 2020. Com isso, seria totalizado um valor de R$ 40 bilhões.

Calendário de saque FGTS

O saque de até R$ 500 do FGTS segue o seguinte calendário:

  • Nascidos em fevereiro ou março – Início do saque em 25 de outubro ( já liberado);
  • Nascidos em abril e maio – Início do saque em 8 de novembro;
  • Nascidos em junho e julho – Início do saque em 22 de novembro;
  • Nascidos em agosto – Início do saque em 29 de novembro;
  • Nascidos em setembro e outubro – Início do saque em 6 de dezembro;
  • Nascidos em novembro e dezembro – Início do saque em 18 de dezembro de 2019.

É importante lembrar que mesmo com essa mudança no calendário, o cidadão poderá sacar o valor até a data-limite, que é o dia 31 de junho de 2020.

Leia também: FGTS para quem pedir demissão? Confira projeto em andamento

Voltar ao topo

Deixe um comentário