A partir deste mês, WhatsApp deixa de funcionar em alguns celulares antigos

Versões ultrapassadas do Android e iOS não são mais compatíveis com nova atualização do aplicativo.

Alerta! Desde do último dia 1º, alguns celulares deixaram de aceitar a mais recente atualização do aplicativo de mensagens instantâneas, Whatsapp, tornando-o inutilizável. Isso porque smartphones com versões mais antigas dos softwares Android e iOS passaram a ser incompatíveis com o novo sistema. 

Segundo informações do Whatsapp, usuários de aparelhos com Android que tiveram os serviços interrompidos, precisarão atualizar a plataforma para uma versão superior a 2.3.7.Quem utiliza dispositivos Apple, no caso do iPhone, o sistema operacional mínimo exigido para o funcionamento é o iOS 8 ou acima. 

Justificativa

Em reportagem divulgada pela BBC, a companhia disse que a decisão de certa forma foi difícil, mas acima de tudo, necessária. Para que novos recursos fossem adicionados à plataforma, versões antigas de sistemas operacionais precisariam ficar de fora para melhor adequação das novidades. 

Como divulgado pela BBC, usuários do iPhone 4S, lançado em 2011, por exemplo, serão um dos grupos impactados pela atualização. Para esse modelo, utiliza-se ainda o iOS 7, sistema que há muito tempo não conta com updates da poderosa Apple.

Golpe de Whatsapp utiliza Bolsa Família como isca

Recentemente, um novo golpe tem sido aplicado aos usuários do Whatsapp. Foi o que identificou o dfnr lab, da empresa de segurança digital PSafe, ao identificar a propagação de mensagens no aplicativo que promete a oferta de material escolar a R$ 350 para quem é beneficiário do Programa Bolsa Família

Com mais de 1 milhão de compartilhamentos e acessos dentro de 15 dias, a notícia não passa de fake news. O golpe funciona da seguinte forma: ao receber a mensagem, o usuário é induzido a responder três perguntas sobre a participação no programa. O próximo passo consiste no compartilhamento do recado com os contatos da vítima no aplicativo. 

O método serve como ponte de acesso entre golpistas e usuários, que passam a receber links falsos provindos dos ideais criminosos para acesso a senhas, dados e informações pessoais. Para esses casos, recomenda-se cuidado ao receber mensagens desse tipo, desconfiando sempre de ofertas “milagrosas” e de caráter duvidoso. 

Leia ainda: Em 2020, WhatsApp deixará de funcionar em alguns celulares; Veja se o seu está na lista!

Voltar ao topo

Deixe um comentário