FGTS emergencial será pago para quem optou pelo saque-aniversário?

O calendário do FGTS emergencial deve ser anunciado pela Caixa nos próximos dias, enquanto isso não acontece veja o que já foi anunciado sobre a modalidade.

A Caixa Econômica Federal deve anunciar o calendário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) emergencial nos próximos dias. Segundo o governo federal, o saque de até R$ 1.045,00 (salário mínimo vigente) terá início em 15 de junho. Os trabalhadores poderão resgatar tanto de conta ativa como de conta inativa.

O dinheiro poderá ser sacado, ou transferido do aplicativo do FGTS para qualquer conta bancária, sem nenhum custo para o trabalhador, até dia 31 de dezembro de 2020. Mas, para que a medida emergencial entre em vigor, ainda é necessário que seja votada no Congresso Nacional, por isso o que já foi anunciado sobre a nova modalidade pode mudar.

De acordo com a medida provisória do governo, poderão receber o dinheiro todos os trabalhadores que possuem contas no FGTS, sendo que o valor de R$ 1.045,00 será o total que poderá ser sacado, não por cada conta.

Quem está recebendo o saque-aniversário poderá sacar o FGTS emergencial?

O FGTS emergencial não tem relação com o saque-aniversário, por isso, e também porque o governo anunciou que todos os trabalhadores que possuem conta no fundo poderão sacar, a resposta é sim. A não ser que o voto do Congresso e no decorrer da liberação seja modificada alguma regra quanto ao saque.

O saque-aniversário possui calendário em andamento, ele teve início em abril e vai até junho para os aniversariantes de janeiro e fevereiro. A modalidade permite que seja retirada anualmente uma parcela do FGTS ,que varia de 5% a 50% de acordo com a quantia que o trabalhador tem na conta.

Veja o calendário abaixo:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro – saques de abril a junho de 2020;
  • Nascidos em março e abril – saques de maio a julho de 2020;
  • Nascidos em maio e junho – saques de junho a agosto de 2020;
  • Nascidos em julho – saques de julho a setembro de 2020;
  • Nascidos em agosto – saques de agosto a outubro de 2020;
  • Nascidos em setembro – saques de setembro a novembro de 2020;
  • Nascidos em outubro – saques de outubro a dezembro de 2020;
  • Nascidos em novembro – saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • Nascidos em dezembro – saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

Veja também: PIS/Pasep: Bolsonaro libera saques de até R$ 2.090,00 para quem trabalhou em 2018 e 2019

Voltar ao topo

Deixe um comentário