É possível fazer um cartão de crédito com nome sujo no SPC e Serasa? Confira aqui!

Saiba que é possível ter um cartão de crédito mesmo com o nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. As melhores opções são os consignados e pré-pagos.

Não teve como pagar as contas e por isso está com o Cadastro de Pessoa Física (CPF) negativado durante essa crise causada pelo novo Coronavírus? Então, se você precisa de um cartão de crédito para uso no dia a dia, deve estar com dificuldade em ser aprovado para um, ou as taxas de juros ofertadas estão fora de questão.

Saiba que é possível ter um cartão de crédito mesmo com o nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. As melhores opções nesse sentido são os consignados e pré-pagos.

Porém, é importante destacar que quem já está na lista de inadimplentes deve tomar cuidado com os novos gastos, para não acabar adquirindo mais dívidas e assim piorar a situação financeira.

Confira, a seguir, as melhores opções de cartões de crédito consignado e pré-pago:

Cartão de crédito consignado

É uma boa opção para aposentados ou pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), funcionários públicos, militares, e também há tipos para trabalhadores de empresas privadas que estão com o nome sujo no SPC ou Serasa.

Isso porque, para que o cliente não corra o risco de cair na inadimplência novamente, o cartão consignado desconta até 5 % da fatura diretamente da folha de pagamento ou benefício.

Ainda, se houver atraso no pagamento da fatura, ele desconta o valor total automaticamente. Por essa razão pode ser emitido para quem está negativado, já que não há risco do usuário não pagar a fatura. Dentre as opções mais populares estão:

Cartão de crédito pré-pago

Já os cartões de crédito pré-pagos podem ser a saída para aqueles tem dificuldade em controlar os gastos, se organizar financeiramente ainda está negativado e precisa de um cartão nesta crise.

Da mesma forma que com os cartões consignados, com eles, é impossível acumular dívidas, pois o usuário deve pagar o limite antes da compra recarregando o cartão com a quantia que precisa usar.

Somente após recarregar o cartão, ele pode ser usado para fazer compras pela internet e presencialmente em estabelecimentos físicos, como funciona qualquer outro cartão de crédito. Mas, ao encerrar com a quantia carregada, o cartão é bloqueado.

Entre as opções mais comuns de pré-pago estão os disponibilizados pelas empresas:

  • Recarga Pay, que oferece cashback (quando parte do dinheiro usado nas compras é devolvido);
  •  Pagseguro;
  •  Mastercard;
  • Visa; e
  • Mercado Pago.

Veja também: Oportunidade para negativados: Cartão Caixa aprova sem consulta ao SPC/Serasa

Voltar ao topo

Deixe um comentário