Como saber se o CPF está sujo? Serasa abre consulta rápida e gratuita

Novo site da Serasa Experian abriu serviços totalmente gratuitos que permitem além de saber sobre a sua reputação financeira, também consultar se o CPF está sujo e quais medidas tomar.

Tem curiosidade para saber qual é a sua imagem perante as empresas e qual é a possibilidade de você conseguir crédito no mercado? O novo site da Serasa Experian abriu serviços totalmente gratuitos que permitem além de saber sobre a sua reputação financeira, também consultar quais são os motivos que levam a ela e se você está com o nome sujo por causa de dívida pendente.

Consultar é muito simples, caso já tenha cadastro no site da Serasa, apenas clique em “Consultar CPF grátis” no botão rosa, digite seu CPF e confirme. Mas se for seu primeiro acesso, é necessário se cadastrar na página. Crie login e senha.

Após entrar, você poderá conferir já na página inicial, o seu Serasa Score e ao lado do “Ver meu CPF” é informada qual é a situação do seu CPF na Receita Federal. Se constar alguma pendência que cause o nome sujo, é possível ainda limpar o nome por meio da campanha Serasa Limpa Nome.

Campanha Serasa Limpa Nome

Acessando outra página, a da Serasa Limpa Nome, o cidadão pode negociar suas dívidas e quitá-las por um valor muito mais em conta. Empresas como Itaú, Banco do Brasil, Recovery, Net, Claro, Embrater, Santander, Oi, Avon, Sky, dentre muitas outras fizeram parceria com a Serasa e permitem descontos de até 90% para negociar contas atrasadas e dívidas negativadas.

O acordo pode ser feito em poucos minutos de forma totalmente segura. Ainda há a praticidade de ver o status do seu parcelamento, emitir 2ª vias e acompanhar o andamento dos seus acordos. Para negociar, faça assim:

  • Acesse o site da Serasa Limpa Nome
  • Consulte grátis seu CPF
  • Escolha as opções e conclua o acordo
  • Pronto! Agora gere o boleto e faça o pagamento
  • É possível acessar o histórico de pagamentos e 2ª via de boletos sempre que você quiser

Veja também: Cartão Caixa sem consulta ao SPC e Serasa; Saiba como funciona

Voltar ao topo

Deixe um comentário