PIS/Pasep e FGTS: Governo libera até R$ 2.090 nos próximos dias; Confira quem receberá!

Pagamentos dos benefícios tiveram datas de início anunciadas. Limite de saque para cada modalidade é de até R$ 1.045,00.

Trabalhadores com direito ao abono salarial PIS/Pasep e ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem comemorar. Em 2020, o governo federal anunciou o repasse de até R$ 1.045,00 em ambos os benefícios. Juntos, os valores podem chegar a R$ 2.090,00.

As datas de início dos repasses também já foram anunciadas, sendo o próximo dia 15 de junho para o FGTS e o dia 16 de julho para o PIS/Pasep. O prazo de encerramento previsto é o dia 31 de dezembro de 2020 e 30 de junho de 2021, respectivamente.

Para ambos benefícios, a ordem de pagamento leva em consideração o mês de nascimento; com exceção do Pasep, que utiliza o número final de inscrição do servidor.

Calendário abono salarial PIS/Pasep 2020-2021

Destinado a quem trabalha ou trabalhou de carteira assinada, o abono salarial é pago a funcionários de empresa privada (PIS) e da iniciativa pública (Pasep). Os critérios de concessão para receber o benefício, incluem: ter trabalhado, no mínimo 30 dias (um mês) em 2019 e recebido até dois salários mínimos como média mensal.

Também é preciso estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Confira abaixo o calendário referente ao PIS:

calendário pagamento PIS

E do Pasep:

calendário pagamento Pasep

Os valores dos saques em 2020 variam de R$ 88,00, para quem trabalhou um mês e de R$ 1.045,00, para aqueles que exerceram atividade formal pelo período de doze meses.

Novo saque emergencial do FGTS

De acordo com a Medida Provisória (MP) 946/2020, do Ministério da Economia, parte dos recursos do extinto Fundo PIS/Pasep será utilizado para o pagamento do novo FGTS.

Foram transferidos R$ 21,5 bilhões não sacados de contas inativas. Poderão participar da nova rodada do FGTS qualquer pessoa que tiver conta ativa (emprego atual) ou inativa (emprego antigo) no Fundo, com saldo positivo.

A medida prevê que 60,8 milhões de trabalhadores brasileiros sejam beneficiados com o saque. O total a ser liberado é de até R$ 1.045,00 por pessoa.

Sobre o calendário de saques, a Caixa informou que a divulgação deve ocorrer nos próximos dias.

Leia ainda: Coronavírus avança e governo divulga mudanças no FGTS, PIS e INSS; Confira!

Voltar ao topo

Deixe um comentário