scorecardresearch ghost pixel

Auxílio emergencial: Beneficiários poderão sacar até R$ 4.800 de uma só vez

Quem teve o cadastro aprovado em outubro terá direito a quatro parcelas de R$ 600. No caso de mães chefes de família, o pagamento será de R$ 1.200.

O auxílio emergencial foi prorrogado em mais quatro parcelas de R$ 300. Como a Caixa Econômica Federal só pode depositar o benefício até o dia 31 de dezembro, algumas cotas serão pagas em conjunto. Desta forma, os beneficiários poderão sacar até quatro parcelas de uma vez, totalizando um valor de até R$ 4.800.

Isso porque, no final de outubro, o governo anunciou 95 mil novos aprovados no auxílio emergencial. Esses beneficiários têm direito às parcelas de R$ 600, já as mães chefes de família recebem a cota em dobro. Ou seja, R$ 1.200. Desta forma, poderão sacar até quatro parcelas de uma vez, que equivale a R$ 2.400 ou R$ 4.800.

Vale lembrar que o auxílio emergencial, a princípio, só seria pago em três parcelas no valor de R$ 600, mas foi ampliado por mais dois meses. Assim, totalizando cinco cotas no valor de R$ 600. Já em setembro, o governo anunciou uma nova prorrogação. Seriam concedidas mais quatro parcelas no valor de R$ 300.

Entretanto, nem todos os beneficiários receberão todas as cotas adicionais, mesmo que se enquadrem aos novos critérios. Apenas quem recebeu a primeira parcela em abril terá direito a todas as cotas de R$ 300. Entenda!

Quantas parcelas vou receber?

O número total de cotas que o cidadão terá direito vai depender de quando ele começou a receber o auxílio. O máximo são nove parcelas, sendo as cinco primeiras de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300.

  • Quem recebeu a primeira parcela em abril: vai receber 9 parcelas, sendo cinco de R$ 600 e quatro de R$ 300;
  • Quem recebeu a primeira parcela em maio: vai receber 8 parcelas, sendo cinco de R$ 600 e três de R$ 300;
  • Quem recebeu a primeira parcela em junho: vai receber 7 parcelas, sendo cinco de R$ 600 e duas de R$ 300;
  • Quem recebeu a primeira parcela em julho: vai receber 6 parcelas, sendo cinco de R$ 600 e apenas uma de R$ 300.

Além disso, de acordo com o Governo, quem contestou o benefício via canais digitais entre 20 de julho e 25 de agosto, e foi aprovado, receberá ao todo quatro parcelas de R$ 600. Ou seja, não terá direito a nenhuma das parcelas adicionais.

Ciclos de pagamento

O governo manteve o pagamento por meio de ciclos foi mantido, mas as datas foram reorganizadas a partir do ciclo 3. Todos os beneficiários inscritos via aplicativo, site e CadÚnico recebem uma nova parcela conforme o mês de aniversário, independente se é de R$ 600 ou R$ 300.

Ciclo 3 – com alterações

Depósitos

  • 30 de setembro – nascidos em janeiro;
  • 5 de outubro – nascidos em fevereiro;
  • 7 de outubro – nascidos em março;
  • 9 de outubro – nascidos em abril;
  • 11 de outubro – nascidos em maio;
  • 14 de outubro – nascidos em junho;
  • 16 de outubro – nascidos em julho;
  • 21 de outubro – nascidos em agosto;
  • 25 de outubro – nascidos em setembro;
  • 28 de outubro – nascidos em outubro;
  • 29 de outubro – nascidos em novembro;
  • 1º de novembro – nascidos em dezembro.

Saques e transferências:

  • 7 de novembro – nascidos em janeiro;
  • 7 de novembro – nascidos em fevereiro;
  • 14 de novembro – nascidos em março;
  • 21 de novembro – nascidos em abril;
  • 21 de novembro – nascidos maio;
  • 24 de novembro – nascidos junho;
  • 26 de novembro – nascidos em julho;
  • 28 de novembro – nascidos em agosto;
  • 28 de novembro – nascidos em setembro;
  • 1º de dezembro – nascidos em outubro;
  • 5 de dezembro – nascidos em novembro;
  • 5 de dezembro – nascidos em dezembro.

Ciclo 4 – com alterações

Depósitos

  • 30 de outubro – nascidos em janeiro;
  • 4 de novembro – nascidos em fevereiro;
  • 5 de novembro – nascidos em março;
  • 6 de novembro – nascidos em abril;
  • 8 de novembro – nascidos em maio;
  • 11 de novembro – nascidos em junho;
  • 12 de novembro – nascidos em julho;
  • 13 de novembro – nascidos em agosto;
  • 15 de novembro – nascidos em setembro;
  • 16 de novembro – nascidos em outubro;
  • 18 de novembro – nascidos em novembro;
  • 20 de novembro – nascidos em dezembro.

Saques e transferências

  • 7 de novembro – nascidos em janeiro;
  • 7 de novembro – nascidos em fevereiro;
  • 14 de novembro – nascidos em março;
  • 21 de novembro – nascidos em abril;
  • 21 de novembro – nascidos maio;
  • 24 de novembro – nascidos junho;
  • 26 de novembro – nascidos julho;
  • 28 de novembro – nascidos agosto;
  • 28 de novembro – nascidos em setembro;
  • 1º de dezembro – nascidos em outubro;
  • 5 de dezembro – nascidos em novembro;
  • 5 de dezembro – nascidos em dezembro.

Ciclo 5

Depósitos

  • 22 de novembro: nascidos em janeiro;
  • 23 de novembro: nascidos em fevereiro;
  • 25 de novembro: nascidos em março;
  • 27 de novembro: nascidos em abril;
  • 29 de novembro: nascidos em maio;
  • 30 de novembro: nascidos em junho;
  • 2 de dezembro: nascidos em julho;
  • 4 de dezembro: nascidos em agosto;
  • 6 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 9 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 11 de dezembro: nascidos em novembro;
  • 12 de dezembro: nascidos em dezembro.

Saques e transferências

  • 19 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 19 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 4 de janeiro de 2021: nascidos em março;
  • 6 de janeiro de 2021: nascidos em abril;
  • 11 de janeiro de 2021: nascidos em maio;
  • 13 de janeiro de 2021: nascidos em junho;
  • 15 de janeiro de 2021: nascidos em julho;
  • 18 de janeiro de 2021: nascidos em agosto;
  • 20 de janeiro de 2021: nascidos em setembro;
  • 22 de janeiro de 2021: nascidos em outubro;
  • 25 de janeiro de 2021: nascidos em novembro;
  • 27 de janeiro de 2021: nascidos em dezembro.

Ciclo 6

Depósitos

  • 13 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 13 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 14 de dezembro: nascidos em março;
  • 16 de dezembro: nascidos em abril;
  • 17 de dezembro: nascidos em maio;
  • 18 de dezembro: nascidos em junho;
  • 20 de dezembro: nascidos em julho;
  • 20 de dezembro: nascidos em agosto;
  • 21 de dezembro: nascidos em setembro;
  • 23 de dezembro: nascidos em outubro;
  • 28 de dezembro: nascidos em novembro;
  • 29 de dezembro: nascidos em dezembro.

Saques e transferências

  • 19 de dezembro: nascidos em janeiro;
  • 19 de dezembro: nascidos em fevereiro;
  • 4 de janeiro de 2021: nascidos em março;
  • 6 de janeiro de 2021: nascidos em abril;
  • 11 de janeiro de 2021: nascidos em maio;
  • 13 de janeiro de 2021: nascidos em junho;
  • 15 de janeiro de 2021: nascidos em julho;
  • 18 de janeiro de 2021: nascidos em agosto;
  • 20 de janeiro de 2021: nascidos em setembro;
  • 22 de janeiro de 2021: nascidos em outubro;
  • 25 de janeiro de 2021: nascidos em novembro;
  • 27 de janeiro de 2021: nascidos em dezembro.

Leia também: Auxílio emergencial de R$ 1.000; Proposta está no Congresso


Voltar ao topo

Deixe um comentário